Mais Mórmons Aceitam Gays

Estudo recém-publicado pelo prestigioso centro de pesquisas demográficas Pew Research Center demonstra que Mórmons estão mudando de opinião e cada vez mais aceitando a homossexualidade como uma expressão normal da sexualidade humana.

Beijo Templo Lago Salgado

O estudo demonstra crescimento nas taxas de aceitação de gays e lésbicas entre Mórmons de 24% em 2007 para 36% em 2014. [1]

Embora 36% ainda seja um número relativamente baixo, significando que 64% dos Mórmons ainda crê que homossexualidade deva ser considerada como uma aberração não natural e/ou deva ser discriminada pela sociedade em geral, a

Porcentagem de religiosos que crêem que homossexualidade deva ser aceita pela sociedade

Porcentagem dos que crêem que homossexualidade deva ser aceita pela sociedade; diferença entre 2007 e 2014 por grupos religiosos

questão que realmente surpreende é que houve um crescimento na taxa de aceitação de 50% em apenas 7 anos. Nenhum outro grupo religioso apresentou tamanha diferença de opinião nesses mesmos 7 anos.

A título de comparação, a taxa de aceitação de homossexualidade entre Testemunhas de Jeová cresceu apenas 33%, o segundo grupo que mais mudou nesse período, atrás apenas dos Mórmons. A estes, seguiram-se Protestantes “negros” com 30% de mudança, Evangélicos com 28%, Ortodoxos com 23%, e Católicos com 21%.

O crescimento na aceitação a homossexuais entre Mórmons, apesar de mais intenso e marcante que nos demais grupos religiosos, acompanha uma tendência geral para todas as religiões norte-americanas.

Não obstante esse enorme salto na aceitação da identidade e do estilo-de-vida não heteronormativo, Mórmons ainda se opõe à legalização do casamento homossexual, sendo 68% contra e apenas 26% a favor. [2]

Afora a evidência demonstrando que Mórmons estão cada vez mais à vontade com homossexualidade, outros dados sobre Mórmons se sobressaíram como interessantes:

  • Aborto

27% dos Mórmons crê que aborto deve ser legalizado para “todos ou a maioria dos casos” (mesma taxa que 2007).

  • Assiduidade

77% dos Mórmons frequentam reuniões semanalmente (85% das Testemunhas de Jeová).

  • Compreensão de Ciência

Apenas 42% dos Mórmons aceita a amplamante comprovada evolução humana (66% de Católicos e 65% de Protestantes).

  • Crença no Inferno

Apenas 62% dos Mórmons crê na existência do inferno (59% criam em 2007).

  • Devoção Institucional

97% dos Mórmons disseram que instituições religiosas e igrejas “unem pessoas e fortalecem laços de comunidade”, 94% que “desempenham um papel importante em ajudar os pobres e necessitados”, e 92% que “protegem e fortalecem a moralidade na sociedade”.

  • Diversidade Religiosa

40% dos Mórmons crê que “muitas religiões levam à vida eterna” (10% das Testemunhas de Jeová).

  • Espiritualidade

80% dos Mórmons diz sentir “uma profunda sensação de paz espiritual ao menos uma vez por semana (75% de Evangélicos).

  • Filhos Fora do Matrimônio

82% dos Mórmons crê que “a tendência histórica para criar filhos fora do paradigma do casamento é uma mudança negativa” ( 58% de Protestantes, 53% de Católicos, 49% dos sem-religião).

  • Imigração

37% dos Mórmons acham que imigrantes mudam os EUA para pior, enquanto 23% acham que eles são uma influência positiva.

  • Preferência Política

70% dos Mórmons são Republicanos (i.e., conservadores ou “de direita”) e apenas 19% Democratas (i.e., progressistas, ou “de centro”). Em 2007 a diferença era de 65-22. Em 2014, Mórmons formam, de longe, o grupo religioso mais conservador dos EUA.

RESUMO DOS ACHADOS

Mórmons estão ficando política e ideologicamente mais conservadores, ao se comparar os dados entre 2007 e 2014. Isso é demonstravelmente óbvio em questões políticas, sociais, econômicas, e legais, como legalização do aborto, imigração, identidade partidária rígida, crenças e práticas religiosas, estabilidade familiar, e rejeição de ciência.

inveja santa (2)

Não obstante, Mórmons estão ficando menos conservadores na questão LGBT! Aceitando mais e mais a normalidade da homossexualidade, Mórmons acompanham o resto da sociedade numa tendência histórica para uma maior tolerância a minorias sexuais, a despeito da sua própria idiossincrática propensão à posições ultra-conservadoras.



[1] É importante notar que a maioria das pessoas que a Igreja SUD contabiliza como membros da Igreja já não se considera Mórmons ou mesmo membros da Igreja SUD. O estudo só entrevista pessoas que se auto-referenciam como Mórmons.
[2] É importante notar que, apesar de haver suavizado em suas campanhas anti-gay, a Igreja SUD ainda mantém-se ativamente engajada em pregar e incitar discriminação contra LGBT.

7 comentários sobre “Mais Mórmons Aceitam Gays

  1. Eu nao acho que a homossexualismo seja uma aberracao e nem discrimino quem deseja viver esse estilo de vida. O que eu defendo eh o respeito que deve haver entre as diferencas. Um exemplo de desrrespeito para com os SUD’s eh esta foto. Infelizmente existem muitos casais homossexuais que nao respeitam as opinioes e os locais considerados sagrados por aqueles que nao compartilham de seus estilos de vidas e de suas opinioes.
    Eu conheco, tenho amizades, confio, me associo com homens e mulheres gays que sao contra esse tipo de procedimento. Infelizmente em ambos os lados tem aqueles que nao sao evoluidos o suficiente para viver como uma sociedade civilizada. Isso explica a dificuldade de aceitacao e convivencia.

Deixe um comentário abaixo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.