Dallin Oaks: Jesus Era Contra Justiça Social

O Apóstolo Dallin Oaks, em sua mensagem de Natal para ex-alunos da Faculdade de Administração da Universidade de Brigham Young, teceu interessantes comentários sobre a missão e os ensinamentos de Jesus.

Considerando a época natalina, Oaks pondera se não existe uma preocupação exagerada na mente das pessoas sobre justiça social, acesso à educação ou carreiras profissionais, liberdades pessoais e saúde ou cuidados médicos que estaria roubando o foco dos membros da Igreja das verdadeiras mensagens de Jesus Cristo.Em primeiro lugar, a mensagem de Jesus não era, e nem deve ser, lutar contra injustiças sociais, contra guerras, governos autoritários, ou mesmo mortalidade infantil.

“O Natal é um momento para celebrar o nascimento do Filho de Deus e também para lembrar os Seus ensinamentos … O que Jesus ensinou às pessoas do Seu tempo? E o que Ele não ensinou? Reflita sobre esse contraste. O que Jesus ensinou às pessoas do seu tempo? As pessoas que Ele ensinou viviam escravidão à Roma. No entanto, Ele não ensinou-lhes as artes militares ou atividades que poderiam usar para libertar-se do jugo de Roma. Ele nem sequer ensinou-lhes os princípios de governo civil … A mortalidade infantil era alta na sociedade em que Ele viveu e a expectativa de vida era baixa por causa de uma infinidade de doenças. Será que Ele ensinou-lhes princípios de saúde? Havia muita fome naquele tempo. Será que Ele ensinou-lhes maneiras de melhorar a agricultura ou a nutrição?”

Em segundo lugar, a mensagem de Jesus era em si discriminatória e xenofóbica.

“O mundo inteiro precisava Sua mensagem, mas Ele disse que só fora enviado às ovelhas perdidas da casa de Israel.

Em terceiro lugar, a mensagem de Jesus era individualista, e cada um cuida do seu.

Talvez possamos entender em uma pequena medida a importância dessas coisas que Jesus ensinou, comparando-as com as coisas que Ele não ensinou. Pense em quão importante seria para Ele ter abordado as questões sociais de Sua época, como as questões de liberdade e de saúde e de governo. Nós não temos nenhum registro de que Ele abordou qualquer um desses assuntos. Isso não era Sua missão. Em vez disso, Ele ensinou às pessoas como aperfeiçoar suas vidas pessoais. “Sede vós pois perfeitos”, Ele ensinou, “como o vosso Pai que está nos céus é perfeito”.

Em quarto lugar, educação ou carreiras nunca foram ou deveriam ser prioridade para Jesus, mas Sua igreja, sim!

“Nesta vida temos de escolher entre o caminho de Jesus e maneira do mundo. Claro que sabemos que temos de cumprir as exigências do mundo de muitas maneiras, incluindo a necessidade de ganhar o nosso pão de cada dia e correr atrás de uma educação e outras atividades que irá permitir-nos fazê-lo. Mas nós nunca devemos negligenciar nossa prioridade absoluta sobre as coisas da eternidade – o pão da vida – que o Salvador e Sua Igreja nos fornecem. Não podemos esquecer a nossa adoração e testemunho do Salvador de toda a humanidade.

E, finalmente, Jesus não queria fundar uma igreja para ajudar as pessoas, mas para que as pessoas servissem a Sua igreja. As bençãos, a ajuda, só virão depois da morte.

Nós às vezes lemos sobre pessoas que pediram para ter seus nomes removidos dos registros da Igreja. Alguns dizem que a Igreja não está suprindo suas necessidades, não os ajuda com seus problemas ou necessidades diárias. Isso faz com que eu pense sobre os ensinamentos registrados no sexto capítulo do livro de João. Nós lá lemos de Jesus expandindo cinco pães e dois peixes para alimentar uma multidão de cerca de 5.000 … Aqueles que deixaram Jesus não estavam dispostos a partilhar do pão e da água espirituais que Ele lhes deu. Da mesma forma, existem aqueles que deixam a Igreja de Jesus Cristo, porque esta Igreja, como os ensinamentos de Jesus, se concentram no que vai dar a vida eterna em vez do que irá suprir as suas necessidades e desejos hoje.

Você concorda com o Apóstolo Oaks? Preocupações com justiça social, educação, liberdades pessoais e saúde estariam roubando o foco dos membros da Igreja das verdadeiras mensagens de Jesus? Seria a mensagem central  dos ensinamentos de Jesus individualista ou comunitário?

17 comentários sobre “Dallin Oaks: Jesus Era Contra Justiça Social

  1. Gostei de seu comentario irmão Gerson,isso que vc disse, é olhar pro próprio umbigo, boa reflexão!
    Existe um paradoxo de olharmos demais além de nossa esfera.O apego exagerado ao julgamento
    de atuações pertencentes ao administrativo da igreja de forma a abalar nosso caráter e testemunho
    que alcançamos com muita fé e trabalho, é entrar num terreno perigoso em nossa relação com Deus
    .Podemos ver nossa caridade diminuida com o tempo e nossa espiritualidade decair.Que possamos
    desabafar nossa justiça de modo manso e com aprovação do Espírito.Esperemos pacientemente que o Senhor nos conceda poder e autoridade para mudar o ambiente onde está nossa atuação.Eu tinha o desejo de mudar minha ala e vivi debates polêmicos em tornos dos ideais que eu achava justo.Agora o Senhor me chamou para servir na Estaca numa esfera com mais atuação e ampliação, penso eu que de alguma forma eu e o Senhor estamos sintonizados.Assim é o evangelho.Se andarmos ao lado do espírito o Senhor no chama para trabalho maiores e aumenta nossa esfera.Se estivermos equivocados, nos afastamos da Luz e ficamos a nossa própria sorte.Quem sabe um irmão que participa do Vozes Mormons pode ser chamado para ser uma grande autoridade na igreja(Setenta pra cima) e debater essas idéias numa esfera superior?

  2. Impressionante como alguem que supostamente deveria justamente estar liderando contra injusticas sociais, discriminacao e outros problemas afetando milhoes de pessoas, fala exatamente o oposto. Ele diz que devemos escolher “entre o caminho de Jesus e a maneira do mundo” Sera que ele e a igreja incorporada pretende tambem fazer essa escolha? se olharmos para a igreja hoje, sera que ela segue o caminho de Jesus ou o caminho do mundo? Entendo que devemos primeiro buscar as coisas espirituais mas nao tem como adorar no templo sem primeiro ajudar as pessoas que estao sofrendo, nao tem como estudar as palavras do Senhor e nao ter o desejo de servir o proximo e quando falo em servir nao se trata de passar horas dentro da igreja em cargos administrativos ou chamados dentro das paredes da igreja, o verdadeiro servico ao proximo esta nas ruas, nas esquinas, nos asilos, nos orfanatos, entreo os pobres, entre os presos, entre os drogados, entre as viuvas.O verdadeiro servico ao proximo se encontra fora das paredes da igreja e do templo. Os Santos dos ultimos dias passam maior parte do tempo em servicos irrelevantes dentro da igreja e em reunioes desnecessarias.

Deixe um comentário abaixo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.