Autoridades Gerais São Pagas, Admite Igreja SUD

Após a publicação de contracheques de um Apóstolo e de um memorando sobre as finanças de suas Autoridades Gerais, a Igreja Mórmon confirmou publicamente sua prática de dar “ajudas de custos” a seus líderes mundiais.

Primeira presidência sud

A foto de capa comum aos perfis dos membros da Primeira Presidência

O site Mormon Leaks publicou ontem os documentos confidenciais d’A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.

Aumento salarial

O site publicou um memorando interno, de janeiro de 2014, escrito por Gary B. Porter, secretário do Bispado Presidente, para Bruce D. Porter, do Primeiro Quórum dos Setenta (falecido recentemente). O documento afirma que a “ajuda de custo” das Autoridades Gerais aumentaria de USD 116.400 para USD 120 mil por ano (R$ 383.340, ao câmbio de hoje, desconsiderada a inflação). O memorando ainda relembra que detalhes sobre benefícios médicos e outros haviam sido tratados em correspondência anterior.

Contracheques

Foram também publicadas cópias de contracheques quinzenais do Apóstolo Henry B. Eyring (e atual membro da Primeira Presidência), do ano de 2000. De acordo com os documentos, o então membro do Quórum dos Doze recebeu USD 83.132,75 do início daquele ano até a primeira semana de dezembro. Dois outros pagamentos de USD 3.096,15 brutos cada, os ganhos anuais do Apóstolo somariam USD 89.325,05 em 2000 (R$ 284.473,49 ao câmbio de hoje, desconsiderada a inflação).

apóstolo sud contracheque

Contracheque de Henry Eyring (25/11 – 02/12/2000). Número da previdência apagado. Fonte: Mormon Leaks

Os contracheques do Apóstolo discriminam três itens:

  • abono familiar;
  • ajuda de custo;
  • auxílio-moradia.

De acordo com seu perfil no site oficial da Igreja, Eyring e sua esposa têm seis filhos. O abono familiar de USD 76,92 provavelmente é relativo a algum filho menor à época.

Os valores podem até parecer modestos para norte-americanos com a formação acadêmica de Henry B. Eyring. Há que se considerar, no entanto, os diversos benefícios oferecidos pela Igreja (veja aqui, por ex., benefícios oferecidos a Presidentes de Missão) e, especialmente, as diferentes fontes de renda das Autoridades Gerais, que não constam na “ajuda de custo” vazada esta semana.

Apóstolos recebem remunerações por servir em Conselhos Diretores das inúmeras empresas com fins lucrativos de propriedade da Igreja (veja aqui exemplos de algumas empresas). Tais posições, especula-se, devem garantir rendimentos bem maiores, compatíveis com a realidade corporativa.

Admissão pública

O porta-voz da Igreja SUD Eric Hawkins não confirmou ou negou a autenticidade dos documentos vazados, preferindo defender o pagamento às Autoridades Gerais. De acordo com a reportagem do jornal The Salt Lake Tribune, Hawkins afirmou:

“As autoridades gerais deixam suas carreiras quando são chamados ao serviço religioso em tempo integral”, disse Hawkins em comunicado. “Quando fazem isso, eles concentram todo o seu tempo em servir a igreja e recebem uma ajuda de custo. A ajuda de custo é uniforme para todas as autoridades gerais [incluindo a Primeira Presidência, o Quórum dos Doze Apóstolos, o Primeiro e o Segundo Quóruns dos Setenta e Bispado Presidente].”

A afirmação do porta-voz da Igreja, publicada ontem, provavelmente constitui a primeira admissão pública oficial de que as Autoridades Gerais são remuneradas. Hawkins ainda disse, segundo o jornal, que o pagamento da “ajuda de custo” não vem “do dízimo dos membros da igreja, mas, em vez disso, do rendimento dos investimentos financeiros da igreja”.

A Igreja, desde a década de 1950, não divulga nenhum dado financeiro. A estimativa é de que sua renda de dízimos e ofertas seja de USD 7 bilhões anuais. Como outras organizações religiosas nos EUA, a Igreja SUD tem isenções de impostos em relação ao seu patrimônio imobiliário e doações. A Igreja SUD é considerada a segunda igreja mais rica do mundo, com ativos estimados em mais de USD 30 bilhões.


Nota

O site Mormon Leaks foi lançado sob o nome “Mormon WikiLeaks”. Seu nome foi recentemente alterado para Mormon Leaks a pedido da organização WikiLeaks. Mormon Leaks possui uma conta no Twitter e uma página no Facebook.

48 comentários sobre “Autoridades Gerais São Pagas, Admite Igreja SUD

  1. A media de renda familiar no estado de Utah e de 60 mil dolares por ano, essas ajudas de custos estao bem acima da renda familiar no estado de Utah, sem contar que eles recebem muitos outros beneficios que nao estao incluido nessa ajuda de custo. O Livro de Mormon classifica isso como artimanhas sacerdotais cuja definicao e justamente pessoas receberem ganhos e se tornarem populares no oficio de ensinar o evangelho. O Livro de Mormon ensina que os lideres e mestres deveriam trabalhar com suas proprias maos para seu sustento e que deveriam ensinar o evangelho depois do trabalho e nao viver as custas da igreja. Qualquer religiao que nao segue seu proprio ensinamento esta em apostasia e isso e claramente o caso da Igreja SUD.

  2. Até que enfim confirmaram tudo que os não cegos e iludidos já sabiam. Jesus andava com uma mão na frente e a outra atrás diferente desses líderes “chamados por deus”.

  3. Tenho pena daqueles que pagam dízimo,mesmo não fechando suas contas,pagam pra não passar vergonha de serem cobrados.enquanto isso quem não precisa , tem por fora 3 ajuda de custo!Ai é fácil!

    • E ainda tem quem defenda esses homens, conheci muitos que pagam o dízimo e no mesmo mês pedem a igreja, a mesma hipocrisia de todas as outras.

    • Recentemente presenciei membros que dão uma fortuna de dizimo mas não deram 1 real pra um necessitado que tava pedindo esmola.

  4. O problema não são os líderes receberem ajuda de custo, mas sim a falsa pregação que perdurou durante décadas. Sempre ouvimos discursos e mais discurso pedindo sacrifício, desapego aos bens materiais, total dedicação ao evangelho. A igreja trabalha às escuras, escondendo dos membros assuntos desnecessários. Todo lidere eclesiástico de outras denominações recebem salário para pregar o evangelho. Nao há oroblema nisso. Asumem sem vergonha nenhuma. A igreja quer ensinar os membros a seres diferentes. Qual o problema se um bispo ou presidente dd estaca recebesse uma ajuda dd custo pelo tempo dedicado ao evangelho? Sabemos o quanto nossos bispos trabalham para o crescimento do reino d nao recebem nada. Bem, eu acho que nao recebem. Eles ficam 24 horas disponíveis para a igreja e ainda tem que dar conta da família, do emprego. Muitas reuniões. Gastos com gasolina, passagens dd onibus, roupas e as vezes ainda sao criticados. A igreja deveria ter um portal da transparencia, assim poderíamos saber para onde realmente vão nossas doações (dízimos e ofertas). Com certeza existem outros temas polémicos que a igreja esconde. Só que agora nós temos as redes sociais. Temos a internet. NÃO EISTE ADA OCULTO QUENAO SEJA REVELADO.

    • Que bom que esse site mórmon leaks agora existe, ( para desgraça de muitos que chamam de site de fofocas) será uma grande pedra no sapato deles, se tudo que o site revelar eles no outro dia forem se justificar já tá de bom tamanho. Quero ver a quantidade de lixo saindo de debaixo desse tapete.

  5. O pior que ser um mercenário explorador da fé, e fazer isso de modo tão burro. Receber 90 mil de uma igreja que arrecada 7 bi. Talvez alguns apóstolos se enganem com essa falsa modéstia enquanto outros recebem a bolada por fora. Pena que só vazou de 1 deles.

    Parabéns pelo furo jornalístico. Ladrão não tem direito a sigilo nenhum!

  6. JRSilva, mesmo ao nível de presidente de ramo, sim que têm ajudas de custo . Isso de ” . Gastos com gasolina, passagens dd onibus ” são pagos pela igreja . Se a esse nível já é assim , imagina só a nível de presidente de missão, de autoridade geral, Bispado ou quórum dos 12 apóstolos.
    Pessoalmente não fui enganado. Já o sabia há muito, exerci essas funções .
    Lamento no entanto tanta ” confidencialidade ” que bem ditas a coisas , são piedosas mentiras . E mais ” piedosas ” que sejam , são mentiras mesmo .

    • Bom eu trabalhei no Bispado , inclusive como bispo e reforço que o bispo não recebe salário, nem ajuda de custo. Ele é responsável por administrar os fundos locais da igreja para atividades dos membros , existe um fundo de orçamento específico pra isso.

  7. Fernando Mutella
    Pois é meu amigo, particularmente eu não sabia que os bispos e presidentes de estaca recebiam ajuda de custo, mesmo tendo trabalhado por mais de quatro anos como conselheiro do bispado e mais algum tempo como membro do sumo conselho da estaca. São assuntos tão confidenciais que nem eles tem coragem de dizer para os membros e até mesmo os mais chegados, como nós do bispado. Por quê será que não falam? Será que tem medo de perder a ajuda ou será que se começarem a expor essa ajuda de custo, vão ficar impossibilitado de pregar sobre amor, servir, desapego, ajudar sem receber nada em troca. Fico triste, pois eu gosto de frequentar a igreja, gosto dos ensinamentos, gosto do convívio com os membros, das amizades, mas essa política de hipocrisia, não engulo.
    Para vcs terem uma ideia, assisti o testemunho de um bispo que ele reclamava dos membros por darem apenas um real de oferta de jejum, por não se esforçarem para doar mais. Até falou em tom de ironia, que se o presidente do quórum de élderes recebesse para fazer visitas, não ficava ninguém sem visitas.
    A igreja, está se tornando uma universal, teologia da prosperidade. infelizmente.
    Enquanto os discursos cobram cada vez mais dos membros para serem fieis nos dízimos e nas ofertas, vemos essas notícias que os líderes maiores recebem salários (ajuda de custo), e o pior, não querem admitir. Vamos ver se de agora pra frente, a igreja abre mais as gavetas. Não é vergonha, não vai perder membros ou deixar de ser a IJCSUD.

    • Não recebem, podem receber sim reembolso de combustível, devido as muitas reuniões que precisam participar, e apenas quanto tem essa despesa e somente aqueles que solicitam tal ressarcimento, pois e todos os Bispos que conheço, nenhum o faz, gasta do próprio bolso, até porque com as facilidades da internete deslocamentos mais longos cada vez são menos necessários.

  8. Para quem não sabe existe um príncipio chamado lei da consagração e as autoridades gerais vivem ela. Estudem mais profundamente sobre essa lei e entenderão por que eles recebem a ajuda de custo.

    • Dennys, a Igreja abandonou a lei da consagracao em 1857 quando o governo federal ameacou nao permitir o Estado de Utah a unir se a uniao dos EUA. A lei da consagracao foi revelada ao Profeta Joseph Smith e ele tentou implementar essa lei com o proposito de ajudar os pobres e estabelecer igualdade entre os membros, apos a morte do Profeta ela foi abandonada e so em 1952 que ela foi novamente implementada por Brigham Young e depois abandonada novamente em 1857. Ou seja a igreja nao ensina e nem vive essa lei ha mais de 150 anos e voce vem aqui falar besteira sobre um assunto que voce nao sabe. Por favor ne?

    • Segundo alguns historiadores da religião o mormonismo pode se dizer que foi a primeira religião estadunidense (apesar de outros movimentos contemporâneos). Há de se notar que desde seus primórdios os EUA era o local de coligação tanto que, os conversos fiéis saíam da Europa para seguir o grupo. Até mesmo a Constituição Federal deles é tida como um documento divino em preparação para a restauração (ainda que ele não tenha impedido todas as mazelas e até mesmo uma ordem de extermínio aos pioneiros). Algumas citações que demonstram isso:

      “Essa nação é diferente de qualquer outra. Ela nasceu de forma única. Teve seu início quando cinquenta e seis homens assinaram a Declaração de Independência. Sei que há alguns que veem essa declaração apenas como um documento político. Ela é muito mais do que isso. Ela constitui um manifesto espiritual, declarando não apenas para essa nação, mas para todas as nações, a fonte dos direitos dos homens”. (Ezra Taft Benson, “This Nation Shall Endure”, publicado em 1977.)

      “E o que poderia ser mais americano do que A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, largamente conhecida por seus recém-escovados, ingênuos, missionários de dezenove anos de idade, nativos em sua maioria do oeste americano?” (Daniel Peterson, “Reflections on Secular Anti-Mormonism)

      “Ajude as pessoas a reconhecerem que a Igreja não é simplesmente mais uma religião, e também não é uma igreja americana”. (Manual “Pregar Meu Evangelho”, p. 07.)

      “Em alguns países poderá ser necessário evitar locais ou instituições associadas aos Estados Unidos da América. Missionários dos Estados Unidos da América devem evitar áreas onde grandes grupos de pessoas têm sentimentos antiamericano”.(Manual Missionário, p. 55.)

  9. Igreja admite pagamento a autoridades gerais? Gostaria de saber quando foi que a Igreja negou…
    Sou membro ha 17 anos e sempre soube que as autoridades gerais, uma vez que vivem a lei da consagraçao, tem suas despesas custeadas pela Igreja.
    Da mesma forma as autoridades locais quando tem uma despesa diretamente relacionada a alguma atividade da Igreja tem direito a ser reembolsado.

    • Augusto, a Igreja abandonou a lei da consagracao em 1857 quando o governo federal ameacou nao permitir o Estado de Utah a unir se a uniao dos EUA. A lei da consagracao foi revelada ao Profeta Joseph Smith e ele tentou implementar essa lei com o proposito de ajudar os pobres e estabelecer igualdade entre os membros, apos a morte do Profeta ela foi abandonada e so em 1952 que ela foi novamente implementada por Brigham Young e depois abandonada novamente em 1857. Ou seja a igreja nao ensina e nem vive essa lei ha mais de 150 anos! Nos 17 anos de igreja voce nunca procurou estudar sobre a historia da igreja?

    • Augusto , parece que só leu parte da lei da consagração e a interpretou à sua maneira .
      E quem diz, Augusto, diz Dennis Rioa.
      Vejamos e sem nenhuma animosidade nem ânimo de réplica, o que dizem os manuais sobre a referida Lei da Consagração
      A definição da igreja para a lei de consagração diz ser ” um princípio divino pelo qual os homens e mulheres dedicam voluntariamente seu tempo, talentos e bens materiais para o estabelecimento e edificação do reino de Deus.”
      Vamos repetir esta parte: “dedicam voluntariamente seu tempo, talentos e bens materiais”.
      DEDICAM, o quê?
      Resposta : ” dedicam voluntariamente seu tempo, talentos e bens materiais “.
      Não diz aí que lhe são retribuídas avultadas verbas em dólares americanos, por se dedicarem ” voluntariamente o seu tempo “.
      De outra parte, desconhecemos, se os seus( das ditas autoridades ) bens materiais foram entregues à igreja, em conformidade com a aplicação da Lei.
      Se não foram deveriam ter sido , pois também faz parte dessa ” lei de consagração.”
      Mas de igreja escrevemos?
      Qual o contexto em que esta lei era aplicada na igreja primitiva e era obedecida como principio divino? Seria o mesmo que o actual contexto?
      Não, não o era. Porquê?
      Não invento, só me limitarei a copiar dos manuais:
      – Os que criam tinham todas as coisas em comum: At. 2:44–45.
      Temos nós os membros ” todas as coisas em comum “?
      -E tinham todas as coisas em comum; portanto, não havia ricos nem pobres: 4 Né. 1:3.
      Não há pobres na igreja , ou todos somos ricos a recebemos um cheque com muitos zeros no final de cada ano segundo as necessidades da nossa família e em contrapartida vivemos plenamente tal lei ?
      -Um homem não devia possuir mais do que o outro: D&C 49:20.
      De facto na igreja o que mais existe a nível de autoridade geral, é que uma minoria possui a riqueza e desfruta os bens da corporação SUD, e a maioria de remediados e pobres, não só dedicam ” tempo e talentos “, como pagam o dízimo, religiosamente.
      Mas continuemos a deslindar essa sagrada lei.
      -Todo homem recebia uma porção igual de acordo com sua família: D&C 51:3
      Pessoalmente, nunca tive conhecimento da aplicação desta determinação, em nenhuma Estaca, Ala ou Ramo.
      -Foi estabelecida uma ordem para que os santos pudessem ser iguais nos vínculos das coisas celestiais e terrenas: D&C 78:4–5.
      Deveria ter sido, mas no século XX e já no XXI tal é desconhecido na nossa igreja.
      -Todo homem devia ter os mesmos direitos de acordo com seus anseios e necessidades: D&C 82:17–19.
      Oxalá ,tal principio fosse aplicado hoje em dia na nossa igreja, mas não é.
      Longe disso está.
      -Sião não pode ser edificada a não ser pelos princípios da lei celestial: D&C 105:5.
      Duas frases chave: “Sião não pode ser edificado ” e ” a não ser pelos princípios da lei celestial”
      Nem por oportunos investimentos financeiros nesta e outra área, nem aquisições milionárias. Só mesmo ” pelos princípios da lei celestial “.
      Consoante esta Lei, e estes Princípios.
      Finalmente,
      -O povo de Evoque era uno de coração e vontade e vivia em rectidão; e não havia pobres entre eles: Mois. 7:18.
      Tal como esse Povo, acaso vivemos em rectidão, a começar pela obediência e respectiva aplicação da Lei da Consagração?
      Porque essa Lei, nos permitimos relembrar , não se destina, nem se aplica exclusivamente às autoridades gerais, como altos funcionários da corporação SUD, mas a todo o ” povo de Enoque ” e a razão pela qual não havia pobres nem ricos, era porque era vivida por todo o Povo. Sem excepção .
      Que interessante, ou talvez não tanto, um pormenor .
      Há tão só uma actividade na igreja onde tal ditame é aplicado. Nas vestes sagradas nos Templos.
      Vestimos igual, para adorar um Pai Celestial que abraça por igual a todos os seus filhos na Casa da Consagrada Revelação. Aí cruzamos com qualquer autoridade geral trajado de igual. Só a recomendação que apresenta na portaria do Templo é diferente .
      Esta Lei, como todas as Leis Divinas, não está sujeita a pareceres humanos, nem assessores – conselheiros, em conformidade com o interesse de uma casta, supostamente superior e ” esclarecida “, dentro da igreja. E porque não deveria estar, não se pode invocar uma Lei, quando dita lei foi tacitamente derrogada, ou é simplesmente considerada letra morta, naqueles termos que não convém relembrar e aplicar.
      Ou teria havido uma posterior “ revelação ” sobre o tema que desconheço ?
      Conclusão simples: está suspensa na Corporação da Igreja dos Santos dos Últimos Dias a Lei da Consagração por falta de cumprimento dos seus princípios gerais, não podendo em consequência ser mencionada inadequadamente como argumento para o cobro de quantias avultadas por altos executivos da igreja – demos-lhe o nome que queiramos a esses tais executivos – que por regra geral , são muito superiores à media dos salários pagos a executivos com semelhantes formação, funções e responsabilidades, na mesma área geográfica onde operam.
      Sejamos HONESTOS.
      Podemos argumentar cegamente e mesmo mentir aos homens, entre homens e para os homens.
      Não ao Pai e Sua Corte Celestial.
      Não se atrevam!

      • Muito bem explicado! Faco minha suas palavras e vale acrescentar que se nao temos Siao estabelecida, justamente pelos motivos que voce mencionou, consequentemente nao temos os dons, as revelacoes, as visoes, as profecias e os milagres que de acordo com o Livro de Mormon deveriam acompanhar todo o povo de Deus e seus Profetas. O Sal da terra que tanto somos instruidos a sermos, nao podemos dizer que somos. Hoje a igreja se limita a discursos repetitivos que ja foram citados varias vezes nas conferencias, se limita a um proselitismo infeficaz principalmente nas areas onde as pessoas tem maior conhecimento sobre os assuntos da igreja, se limita a investimentos exagerados e quase que desesperados em publicidade a fim de criar e manter a imagem da igreja ao invez de realizar o verdadeiro trabalho que Cristo ordenou.

    • Não fale bobagem, ninguém vive a lei da consagração pois nenhuma autoridade geral deu TODOS SEUS BENS para a Igreja, como preconiza a lei de consagração.

      • Muito bom joão. Realmente as autoridades gerais não vivem essa lei e pedem que os membros a vivam. Eles recebem muito bem por esse trabalho na igreja. Um discurso do presidente Hinckley ele falava da casa que possuía. Se ele vivesse a lei da consagração teria dito que hoje não possui nada porque tudo foi consagrado a igreja. Vai entender a pregação sem viver o mandamento.

Deixe um comentário abaixo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s