Joseph Fielding Smith: Vida Pré-Mortal

A sua conduta pessoal durante a vida pré-mortal influencia a sua vida mortal?

Mórmons acreditam que todos nós vivemos numa existência espiritual antes nascer na Terra como mortais. A este período chamam de “vida pré-mortal” ou “primeiro estado”. De acordo com a doutrina mórmon, durante a vida pré-mortal, todos tivemos o livre arbítrio para obedecer ou desobedecer Deus, assim como o têm aqui na vida mortal, ou nesse “segundo estado”.

Como impactariam as nossas decisões lá no que nos ocorre aqui?

Joseph Fielding Smith foi o 10o Presidente d'A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias (1970-1972). Filho do 6o Presidente, Joseph F. Smith (1901-1918), também serviu como Apóstolo (1910-1970).

Joseph Fielding Smith foi o 10o Presidente d’A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias (1970-1972). Filho do 6o Presidente, Joseph F. Smith (1901-1918), também serviu como Apóstolo (1910-1970).

O Presidente Joseph Fielding Smith explicou a questão com bastante clareza em seu livro ‘Doutrinas de Salvação’, publicado por décadas pela Igreja SUD aqui no Brasil¹:

Há uma razão para um homem nascer preto e com outras desvantagens enquanto outro nasce branco com grandes vantagens. A razão é que nós tínhamos um outro estado antes de virmos para cá, e fomos obedientes, mais ou menos, às leis que lá nos foram dadas. Aqueles que lá foram fiéis em todas as coisas receberam bênçãos maiores aqui, e aqueles que não foram fiéis receberam menos.

Para que não houvesse dúvidas ou ambiguidade, Smith elaborou no assunto com ainda mais certeza²:

Não houve neutros no céu. Não houve neutros na guerra no céu. Todos tomaram partido, fosse com Cristo ou com Satanás. Cada homem tinha o seu livre arbítrio lá, e os homens recebem recompensas aqui com base em suas ações lá, exatamente como eles receberão recompensas no mundo vindouro pelos atos feitos no corpo. O Negro, evidentemente, está recebendo a recompensa que ele merece.”

Além das publicações curriculares, como manuais e guias oficiais da Igreja, poucas são aquelas incluídas entre os livros publicados pela Igreja SUD em tradução para o português. Esse livro de Joseph Fielding Smith foi escolhido para ser um desses, e até hoje ainda é publicado e vendido pela Igreja, inclusive em formato eletrônico, com considerável entusiasmo e aprovação³:

Doutrinas de Salvação… uma obra autorizada, escrita pelo mais notável estudioso do Evangelho na Igreja, contém uma riqueza de explicações sobre muitos assuntos do Evangelho, explicações essas que não podem ser encontradas em outras fontes. É uma obra que vem de encontro à necessidade de material abalizado sobre questões freqüentemente debatidas… Em Doutrinas de Salvação… o Presidente Joseph Fielding Smith responde abalizadamente a uma multidão de importantes perguntas sobre o evangelho

Como refletem essa citações de Fielding Smith nas crenças de membros da Igreja hoje?

Quão representativas são esses ensinamentos de Smith do que a Igreja prega hoje?

Qual significância pode-se atribuir ao fato da Igreja ainda publicar esses ensinamentos, até mesmo na língua portuguesa?


REFERÊNCIAS
[1] Smith, Joseph Fielding, Doutrinas de Salvação Vol. 1, A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, 1994, p. 67 (Impresso no Brasil, ênfases no original).
[2] Smith, Joseph Fielding, Doutrinas de Salvação Vol. 1, A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, 1994, p. 73 (Impresso no Brasil, ênfases no original).
[3] Propaganda no site da editora da Igreja SUD ‘Deseret Book‘ (ênfases nossas).

 

34 comentários sobre “Joseph Fielding Smith: Vida Pré-Mortal

  1. Referindo-se ao comentário da Magnólia, onde sempre tem comentários sem fundamentos e não apresenta argumento nenhum, ao contrário de muitos do site, principalmente os moderadores, esse “calorsinho no peito”, independente de qualquer opinião e crença, merece todo o nosso respeito, pois se refere em diversas crenças sobre o Espírito Santo, manifestada de diversas formas e não se limita a essa paz grandiosa e acredito que o ser humano pode senti-lo de diversas formas. Acredito que antes de ficar destilando opiniões de ódio, mesmo uma opinião contrária pode vir cheia de sabedoria e respeito.

  2. Que coisa absurda é impedir alguém de entrar no templo se não estiver com o dízimo em dia. Isto mostra claramente que a igreja Mórmon não é cristã, pois da demasiada ênfase ao dinheiro. parece o mandamento mais importante, o discurso mais repetido. Até em D&C o “Senhor” diz que aqueles que não pagam o dízimo serão queimados. Pura manipulação das mentes.
    Paulo no novo testamento fala que cada um deve contribuir com seu coração, mas a igreja sud teima em querer cobrar o dízimo que era cobrado
    da tribo de Levi, está mais do que claro em Malaquias. Se pelo menos cobrasse e fizesse algo com esse dinheiro seria muito louvável. Mas os coitados dos membros pagam seu suado dinheirinho e ainda tem que limpar capela, limpa templo, dá almoço para missionário, é realmente muito sacrifício e quando o coitado precisa de ajuda, primeiro tem que procurar parentes, entidades, o raio que o parta é muito humilhante fazer parte dessa igreja. Ela faz bem apenas para o ego de alguns, que acham que estão realmente servindo a Deus, mas na verdade estão servindo a um bando de americanos espertos, que criaram essa religião. Que nada tem de verdadeiro, talvez a única coisa que existe de verdadeiro é a enxurrada de dinheiro que eles faturam.

    • Esse monte de acusações são todas sem fundamentos mesmo, ou foi só preguiça de fundamentar?
      Tens provas, evidências ou ao menos indícios que nas suas palavras “Que nada tem de verdadeiro, talvez a única coisa que existe de verdadeiro é a enxurrada de dinheiro que eles faturam.”?

      Mas concordo com você: é muito sacrifício. Esse é o preço do disciplinado, seguir esse Jesus Cristo e tal como ele, sacrificar TUDO que for requerido.
      Acho um falta de respeito fazer acusações sem fundamentos.

      • Carlos, o Miguel têm razão.

        Por favor, revise as nossas regras para comentaristas. Há artigos publicados onde esses assuntos que você levanta podem ser mais relevantes. Certamente há críticas pontuais que podem ser levantadas sem impugnar toda a religião a priori ou todos os seus adeptos indiscriminadamente.

        E não há nenhuma necessidade para ironizar ou ridicularizar as crenças dos outros.

        Agradecemos a ajuda para manter esse fórum viável, onde todos possam discutir ideias mesmo que divergentes, e não regurgitar insultos.

Deixe um comentário abaixo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.