Igreja Mórmon Responde à Islamofobia de Candidato

Decreto de Nauvoo garantindo liberdade a muçulmanos é citado

A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias publicou hoje uma declaração em defesa da liberdade religiosa, em que cita o profeta fundador Joseph Smith. A declaração foi motivada pelas afirmações feitas na semana passada pelo pré-candidato presidencial Donald Trump sobre impedir a entrada de muçulmanos nos Estados Unidos. O republicano já havia proposto no final do mês passado criar um cadastro para norte-americanos muçulmanos.

Donal Trump. Muçukmanos. Mórmons. Liberdade religiosa. Migração.

Donald Trump (Imagem: Reuters)

Traduzimos a seguir a  declaração publicada hoje pela Igreja SUD.

A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias é neutra com relação à política partidária e a campanhas eleitorais. No entanto, não é neutra com relação à liberdade religiosa. As seguintes afirmações de Joseph Smith em 1841 e 1843 são consistentes com a posição da Igreja hoje: 

Se tiver sido demonstrado que estou disposto a morrer por um “mórmon,” ouso declarar diante do Céu que estou tão pronto para morrer em defesa dos direitos de um presbiteriano, batista, ou um bom homem de qualquer denominação; pois o mesmo princípio que destruiria os direitos dos Santos dos Últimos Dias destruiria os direitos dos católicos romanos, ou de qualquer outra denominação que pode ser impopular e fraca demais para se defender. É um amor pela liberdade que inspira minha alma – liberdade civil e religiosa para toda a raça humana

—Joseph Smith, 1843

Seja decretado pelo Conselho Municipal da Cidade de Nauvoo que os católicos, presbiterianos, metodistas, batistas, Santos dos Últimos Dias, quacres, episcopalistas, universalistas, unitários, maometanos [muçulmanos] e todas as outras seitas e denominações religiosas, sejam quais forem, terão livre tolerância e privilégios iguais nesta cidade …

—Decreto em Relação a Sociedades religiosas, Cidade de Nauvoo, [Illinois] sede d’A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, 01 de março de 1841.

A declaração em inglês pode ser encontrada aqui.


 

Leia também

Mórmons que se candidataram à presidência

Apóstolo critica tabeliã homofóbica

Mórmons e a Palestina

Mórmons contra o PT?

 

 

 

 

Deixe um comentário abaixo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s