Nova Vitória Política, Financeira para Igreja Mórmon

A Igreja Mórmon ganhou importante vitória política para um de seus ambiciosos planos imobiliários no Condado de Salt Lake quando o conselho municipal da cidade de Riverton votou unanimamente pela autorização dos planos da Igreja.

Igreja Mórmon foca em centros comerciais e residenciais para afluentes em Utah

Entenda o caso

O que fora em décadas passadas uma fazenda destinada ao Projeto de Bem Estar d’A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias será, então, transformada em imponente investimento comercial imobiliário na cidade de Riverton, Utah, incluindo shopping center de luxo e condomínios para famílias de classe média alta, além de torres comerciais para escritórios e restaurantes de grife. Ao invés de produzir alimentos para os pobres nessa propriedade, a Igreja Mórmon construirá centros comerciais e residenciais para os ricos.

A empresa com fins lucrativos ‘Reserva de Terrenos Suburbanos’ (‘Suburban Land Reserve’ ou SLR) de propriedade da Igreja SUD está se preparando para desenvolver uma faixa de 540 acres de terras agrícolas de propriedade da própria Igreja no lado oeste de Riverton a tornarem-se bairros residenciais e de uso misto comercial e residencial.

O empreendimento está sendo muito bem visto por líderes políticos locais, e tanto prefeito como vereadores cooperaram para conseguir as aprovações legais e técnicas. Os planos da subsidiária da Igreja, a SLR, incluem 3,500 residências de classe média alta divididas em unidades variáveis de casas de pequeno, médio e grande porte, a complexos de prédios pequenos interconectados por parques e áreas de lazer abertas. Além disso, planos para construção futura de veículo leve sobre trilhos cruzando essa cidade dentro da cidade serão considerados aparte do projeto inicial.

Esse empreendimento imobiliário da Igreja Mórmon coincide com a recente autorização para a construção de um shopping center de céu aberto de 85 acres, o Mountain View Place, cedido para a empresa californiana CenterCal, em terreno comprado diretamente da SLR, que intermediou o negócio para o shopping em conjunto com a Property Reserve Inc. (PRI), outra subsidiária com fins lucrativos da Igreja SUD.

Fazendas de Bem-Estar

A compra de terras por parte da Igreja SUD começou no final da década de 1930. A intenção era dar às pessoas desempregadas a oportunidade de trabalhar e produzir mercadorias para ajudar pobres e necessitados. Na década de 1940, estacas e grupos de estacas começaram a comprar fazendas como projetos de bem-estar aprovados. Às vezes, a Igreja comprava uma fazenda, e a unidade local reembolsava o empréstimo à Igreja com as receitas agrícolas. Na década de 1970, as fazendas foram adquiridas em uma base compartilhada, com metade dos fundos provenientes da unidade local e metade da sede da Igreja. Todos os novos terrenos agrícolas são adquiridos exclusivamente pela Igreja desde os anos 1990. A Igreja é dona e opera centenas de fazendas de bem-estar localizadas através de mão-de-obra voluntária, gerando muitos tipos de mercadorias para o seu Programa de Bem-Estar. Além disso, ela vem adquirindo extensas propriedades agrícolas no seu sistema de reserva de Bem-Estar e em suas carteiras de investimento imobiliário e agrícola.

Projetos agrícolas variam de acordo com a localidade, necessidade, clima e condições do solo. Fazendas de bem-estar produzem grãos, frutas e legumes. Há também carne bovina, suína, e aves, bem como tais projetos especializados como a produção de mel, e também como a reservas de caça esportiva e reservas florestais.

Empresas com Fins Lucrativos

Deseret Ranches, administrada pela Deseret Cattle and Citrus, é uma das muitas empresas com fins lucrativos de propriedade da Igreja SUD. Seu foco principal é a pecuária de corte. Segundo o site da empresa, a fazenda possui mais de 42 mil vacas, que produzem 36 mil novilhos por ano. A produção anual de carne passa de 8 mil toneladas, o que lhe dá a reputação de maior fazenda de gado de corte do mundo. Na agricultura, há destaque para citros, com 200 mil pés de laranjeiras. A fazenda ainda tem outras culturas, como a batata.

O interesse da Deseret Ranches em um projeto de urbanização na Flórida foi noticiado pela primeira vez em 1991, em reportagem do jornal The Arizona Republic e reproduzida em parte no Deseret News, de propriedade da Igreja SUD. Tal como a SLR em Utah, a Deseret Ranches está migrando de fazendas de bem-estar e fazendas com fins lucrativos para investimentos imobiliários comerciais para maximizar o retorno financeiro para a Igreja.

Agronegócio

Silos da AgroReservas Argentinas S.A.

Silos da AgroReservas Argentinas S.A.

A Igreja SUD é considerada uma das maiores proprietárias de terras para agropecuária nos Estados Unidos. De acordo com reportagem da revista Bloomberg Businessweek, outras empresas de agronegócio da Igreja SUD incluem a Sooner Cattle Co., em Oklahoma, com vendas anuais estimadas em US$ 760 mil; a Agrinorthwest, com vendas estimadas em US$ 68 milhões anuais, sediada no estado de Washington; a Deseret Land and Livestock, que atua em Utah e Wyoming, possuindo cerca de 8.500 cabeças de gado, além de uma reserva de caça e pesca; e a AgReserves, com fazendas no Canadá, Austrália, Grã-Bretanha, Argentina, Chile e Brasil.

Brasil

A AgReserves atua discretamente no país como AgroReservas do Brasil Ltda. O escritório da empresa está localizado na cidade de Formosa, em Goiás. Em 2005, sua fazenda em Unaí, noroeste de Minas Gerais, foi invadida por integrantes do MST, depois condenados a indenizar a empresa. Estima-se que a empresa “possui cerca de 4,3 mil hectares de pastagem para 7,6 mil cabeças de gado e que ainda produz nos outros 100 mil hectares, cerca de 170 mil toneladas de laranja a cada ano”. Perfis de funcionários da AgroReserva no site LinkedIn também mencionam plantações de soja, feijão, sorgo, milho e batata.


Leia mais sobre empreendimentos imobiliários da Igreja

Leia mais sobre empreendimentos imobiliários da Igreja (2)

Leia mais sobre empreendimentos imobiliários da Igreja (3)

Leia mais sobre empreendimentos financeiros da Igreja

Leia mais sobre remunerações para os executivos da Igreja

26 comentários sobre “Nova Vitória Política, Financeira para Igreja Mórmon

  1. Será minha impressão, ou a Igreja parece estar mais focada em si próprio do que aqueles países que mais necessita de ajuda. Por que EUA recebe todo benefício e o restante do mundo recebe só migalhas dos lideres Mormons?

  2. Para mim nada surpreendente já que eles tentam a todo custo garantir o sustento (da cúpula, especialmente) e custos de alguns prédios milionários em todo mundo para o futuro. Acredito que a folha de pagamento, especialmente para cargos de alto escalão, deve ter aumentado com os anos. Afinal, a cada dia deve nascer um novo herdeiro.

    Se tem uma coisa que a igreja aprendeu e sabe fazer muito bem é conseguir e ganhar dinheiro. Mesmo com perdas parece que saem ganhando. Coisa de louco. Se os membros em geral soubessem fazer o mesmo…

    Eu percebo a igreja como uma família que cresce e busca atender seus interesses de ‘sustento’ (padrão de vida) em primeiro lugar, e o que sobrar é dividido conforme as prioridades dos ‘adotados’.

    Certo ou errado é difícil de dizer, mas o que parece ser claro é que o dinheiro hoje não tem mais finalidade exclusiva, se algum dia teve, para apenas proclamar o evangelho ou ajudar os necessitados.

Deixe um comentário abaixo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.