Sociedade de Socorro: A Caridade Falha?

O lema, copiado de um trecho do Novo Testamento, da Sociedade de Socorro, organização de mulheres apoiada por Joseph Smith em sua fundação em 1842, é “a caridade nunca falha”.

'Cristo Curando o Doente em Betesda' por Carl Heinrich Bloch (1883)

‘Cristo Curando o Doente em Betesda’ por Carl Heinrich Bloch (1883)

Uma membro da Igreja que recentemente serviu como presidente voluntária da Sociedade de Socorro em sua ala oferece pungente e inteligente introspeção sobre como essa lema norteia o dia-a-dia da organização em suas raízes locais.

Eis seu texto, anônimo por sua solicitação expressa.

∼¤∼

Certa vez, como presidente da Sociedade de Socorro, em uma reunião com a presidência da estaca, fui questionada quanto às ações para autossuficiência. Disse que acabara de ser chamada, mas que tinha vários projetos em mente para auxílio ao próximo.

Recebi a seguinte resposta:

“A Igreja não é casa de caridade, para esses casos deve-se procurar os órgãos públicos.”

Me controlei, pois não argumento com quem já está decidido a ter a palavra final independente do que eu possa vir a dizer, então nem perdi meu tempo. Mas fiquei indignada, pois o lema da Sociedade de Socorro literalmente é “a caridade nunca falha”, porém talvez nos tenha faltado o complemento “desde que não seja feita pela Igreja verdadeira”.

Sarcasmo à parte, durante todo o tempo que servi na presidência da Sociedade de Socorro, todos os meus projetos foram refutados, em asilos, bolsas maternidades, hortas comunitárias, integração igreja-sociedade, etc. Consequentemente, pedi desobrigação do cargo pois as reuniões de comitê eram apenas sobre festas juninas, festas de natal, festas de aniversariantes do mês, etc.,  e eu me senti muito mal com isto, e era frequentemente interpretada como recalcada e como uma mulher querendo tomar a frente do sacerdócio, etc.

Estou lendo a edição de A Liahona de setembro que recebi hoje, vejo o artigo “Praticar a Religião Pura”, onde é citada a passagem de Alma 34:28, que diz:

“[S]e negardes ajuda aos necessitados e aos nus e não visitardes os doentes e aflitos nem repartirdes o vosso sustento, se o tendes, com os que necessitam — digo-vos, se não fizerdes qualquer destas coisas, eis que vossa oração é vã e de nada vos vale e sois como os hipócritas que negam a fé.”

Ponderei essas palavras, pois estou inativa há cerca de 1 mês e meio, e amo muito a Igreja, mas me dói ir e não ver as boas obras. Por exemplo, qual programa a cúpula da igreja instituiu para o auxílio aos órfãos? No máximo lemos um discurso, mas cadê a implementação de um programa como o da caravana ao templo, ou os acampamentos para jovens, etc., ou algo que mova os líderes locais a focarem em projetos do tipo? Sinceramente desconheço.

Auxílio às viúvas? Bom, a Igreja Católica aqui na minha cidade vai a cada 15 dias realizar atividades nos asilos. Enquanto isso, a Igreja Verdadeira… CRICRICRI

Auxílio aos necessitados? Uma outra igreja aqui no final do ano arrecadou alimentos para a ceia de natal dos moradores de rua no dia 23/12. Enquanto isso, a Igreja Verdadeira… CRICRICRI

A igreja doou 3 milhões de dólares para a construção de uma área para rodeio e a mesma quantia para os refugiados. Só na Jordânia há mais de 1,5 milhão de refugiados, e assim isso daria menos de 3 dólares por pessoa. Isso considerando se o dinheiro fosse realmente para eles.

Vejo na Igreja uma espécie de “falsa caridade”, atividades que “integram” as pessoas mas efetivamente não edificam a alma com o auxílio ao próximo como a pura religião. O que mais me dói é que não consigo visualizar Cristo em uma reunião com Seus Apóstolos destinando rios de dinheiro para construção de prédios comerciais, ou shoppings de luxo, ou arenas de rodeio, limpando o tempo para realizar o “devocional das Olimpíadas” e ainda classificar isto como um “milagre”¹!

Não, não consigo ver o Salvador, o Homem que literalmente disse “vai, vende tudo o que tens, dá o dinheiro aos pobres e… vem e segue­me”, juntando ações na bolsa de valores e propriedades imobiliárias, e realizando eventos custosos, enquanto milhões sofrem.

Quem sabe se Ele não viu que não deu muito certo para igreja o voto de pobreza e decidiu mudar de estratégia, evitando a morte de apóstolos e mais uma grande apostasia?

Eu detesto polêmicas e discussões agressivas sobre política e religião e sempre leio seus artigos, então por gentileza caso queiram fazer um artigo sobre isto, não mencionem meu nome.

Obrigada pelo trabalho de vocês, que colocam em debate para esclarecer e levar ao conhecimento informações às quais nem todos têm acesso, e que erroneamente são interpretadas como apostadas por pessoas que, a meu ver, estão apenas condicionadas e acostumadas a uma resposta padrão, onde pensar fora da caixa é simplesmente rebelião e questionar é insubordinação.


Leia também

Comentários de Chieko Okazaki, da Presidência Geral da Sociedade de Socorro, sobre os  bastidores de sua liderança

NOTA
[1] Referindo-se ao milagre mencionado no dia da devocional dos jovens sobre as Olimpíadas, onde eles falam que foi um milagre o Senhor ter limpado o tempo para que pudesse filmar o devocional.

7 comentários sobre “Sociedade de Socorro: A Caridade Falha?

  1. Belo texto, a igreja sud é boa em ensinar, mas colocar em prática é outra coisa.

    Sim, falta caridade, falta amor ao próximo, falta respeito pela diversidade e diferenças.

    Me lembro de ter participado de reuniões com bispado quando fui líder e ouvir atrocidades. Entre elas:

    O Bispo falando mal de alguns meninos que viviam na favela e que ele não queria aquelas crianças piolhentas na igreja.

    Ouvi presidente da soc-soc pedindo auxilio para uma irmã carente e o bispo negando e a irmã chorar na reunião.

    Vi fofoca e risada de membros tirando sarro de outros.

    Vi mentiras sendo contadas, coisas pessoais sendo ditas nessa reunião que deveria ser mantido em sigilo.

    Uma coisa é pregar a caridade outra é fazer caridade. Conheço alguns membros maravilhosos que ajudam por conta própria. Mas a grande maioria só pensa em si mesmo.

  2. Todo mundo manda e desmanda e parece que o dono não manda em nada. Ou seja, será mesmo que a Igreja tem um dono chamado Jesus Cristo?

    Aqui na minha cidade também vi coisas horrendas, com relação às constantes reformas de capelas e templos. Sempre exageros. Aí vinha um coitado pedir para meu líder na época pagar uma fatura de energia elétrica, era um sofrimento às vezes. Eles até podem fazer o pagamento, mas devido as restrições da igreja, de burocracia, às vezes não pagava.

    Enquanto isso, algum esperto Presidente de Missão, Área, Setentas, viajavam pelo mundo de avião, hospedavam-se em hotéis 5 estrelas com o mesmo dinheiro dos trouxas que pagavam o dízimo.

  3. Sem duvida falhamos em cumprir o mandamento mais importante como amar o proximo e ter caridade.
    Ao ver nossos dias e encerrar o registro Nefita, Moroni fez algumas declaracoes e avisou sobre o estado corrupto da igreja entre os gentios nos ultimos dias:

    36 E sei que andais segundo o orgulho de vosso coração; e poucos há que não se exaltam no orgulho de seu coração, a ponto de vestirem-se com trajes finos, entregarem-se a inveja e contendas e malícia e perseguições e a toda sorte de iniquidades; e vossas igrejas, sim, todas elas se tornaram corruptas por causa do orgulho de vosso coração.

    37 Pois eis que amais o dinheiro e vossos bens e vossos trajes finos e o adorno de vossas igrejas mais do que amais os pobres e os necessitados, os doentes e os aflitos.

    Muitos membros e lideres acham que as profecias e avisos no Livro de Mormon sao direcionados aos gentios fora da igreja mas esse nao e o caso, todos Profetas no LM deixaram bem claro que eles falam primeiro aos gentios que tem o registro Nefita (Aqueles que pertencem a igreja de Cristo) e depois aos remanescentes de Lehi e aos Judeus. Se aplicarmos as escrituras a nos membros da igreja, veremos que estamos num estado alarmante e que as calamidades cairam primeiro sobre nos membros e lideres que professam o nome do Senhor mas nao cumpre os mandamentos.

    “24 Eis que a vingança cairá rapidamente sobre os habitantes da Terra, um dia de ira, um dia de queima, um dia de desolação, de pranto, de luto e de lamentação; e, como uma tormenta, cairá sobre toda a face da Terra, diz o Senhor.

    25 E sobre minha casa principiará e de minha casa espalhar-se-á, diz o Senhor;

    26 Primeiro entre os de vós, diz o Senhor, que professaram conhecer meu nome e não me conheceram; e blasfemaram contra mim no meio da minha casa, diz o Senhor.

    Quando essa profecia se cumprir Salt Lake sofrera grande destruicao e dela se espalhara para outras partes.

    Creio que vivemos num estado de ilusao, achamos que porque pertencemos a igreja de Cristo e por termos uma recomendacao para o templo estamos no caminho certo, esse e o mesmo engano que os Judeus tinham na epoca de Cristo, eles estavam contaminados com o manto de religiao mas falhavam na caridade, na inclusao, no amor ao proximo.

  4. As pessoas ficam repetindo feito uns papagaios que “a caridade é o mais puro amor de Cristo” sem nem saber o que estão dizendo.
    Também já passei por essa fase da repetição e com certeza, ainda escorregue algumas vezes.
    Acho que o exemplo acima mostra, além de falta de caridade, arrogância e uma certa soberba por tentar indicar quem conhece ou não o puro amor de Cristo. Não temos como medir quem conhece ou não conhece, tampouco cabe a nós essa tarefa. Cada um tem a sua própria noção desse amor. Querer adivinhar nos nossos irmãos é demais. Por essa razão, afirmo que todos os dias escorregamos aqui ou ali, às vezes, mesmo sem querer. Caridade é quando mesmo atrasados e com pressa, paramos para ouvir o nosso vizinho. Quando dispensamos ao porteiro o mesmo tratamento que ao meu colega de trabalho. Quando tratamos a todos de igual para igual sem distinção de classe, raça, cor, opção sexual. Quando ouvimos uma enorme besteira e silenciamos, não só para evitar contendas, mas para deixar que o outro aprenda por si, no devido momento que estiver preparado. Praticamos a caridade quando não tentamos impor a nossa vontade, o nosso saber aos irmãos, pois cada um possui o seu tempo. Entender isso é um grande ato de caridade. Não classificar, não julgar, não impor, não exercer poder qualquer que seja. E se for preciso aconselhar, ensinar ou puxar a orelha que seja de forma serena, calma, bonita e amorosa. Sem tom impositivo, ameaçador citando Satanás, por favor.

  5. Sempre tentei promover visitas para instituições de caridade por 12 anos e sempre foi negado. Falavam somente que era complicado. Só não é complicado organizar as pessoas pra fazer festas e acampamentos

  6. Concordo que a igreja seja sim, o local para exercitarmos esse tipo de ajuda, promovendo todo o tipo de assistência necessária àqueles que precisam. Que maravilha seria se todo o dinheiro investido na construção do suntuoso conjunto de lojas, entre outras aplicações dispendiosas fossem investidos de maneira bem mais proveitosa como mencionados no texto.

  7. Eu tive uma experiência sobre caridade na igreja, quando fui líder na sociedade de socorro. Mas, ao contrário da irmã do texto, eu frequentava um ramo e nem sabia que precisava de autorização de alguém para visitar os doentes. Na época , apenas convidei as irmãs e fomos para o asilo e hospital. Certa vez, incluí os missionários também , e foi quando o presidente do ramo soube das visitas. Os missionários amavam visitar os velhinhos no asilo, cantar hinos para eles, foi uma época maravilhosa ! Por incrível que pareça , os missionários tinham nascido na igreja, mas, nunca tinham feito nada parecido. Foi uma oportunidade linda de viver o que aprendíamos aos domingos. Acho que a caridade está dentro de cada um de nós , e ninguém pode proibir que a coloquemos em pratica, independente de sermos membros da igreja ou não.

Deixe um comentário abaixo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s