Joseph Smith: Ano da Segunda Vinda de Cristo

Joseph Smith profetizou, em fevereiro de 1835, o ano quando ocorreria a Segunda Vinda de Cristo, anunciando-o durante a reunião em que o Quórum dos Doze Apóstolos foi formado.

Jesus Mórmon

Eis as anotações desta reunião, como documentada na história oficial da Igreja por Oliver Cowdery sob a direção do Profeta Joseph Smith,  e publicadas pela Igreja em 1902 (ênfases nossas):

“Kirtland, 14 de fevereiro de 1835 – Neste dia, foi convocada uma reunião dos que viajaram na última temporada à Sião com a finalidade de estabelecer a base para sua redenção, juntamente com muitos outros dos irmãos e irmãs que estavam dispostos a participar.

O Presidente Joseph Smith Jr, que preside, leu o capítulo 15 de João, e disse: Vamos esforçar-nos por solenizar nossas mentes para que possamos receber uma bênção, invocando o Senhor. Depois de uma oração apropriada e inspiradora, os irmãos que foram para Sião [no acampamento de Sião] foram solicitados a tomar os seus lugares juntos em uma parte da casa separados dos demais.

O Presidente Smith, em seguida, afirmou que a reunião havia sido convocada, porque Deus tinha assim ordenado; e foi lhe dado a conhecer por visão e pelo Espírito Santo. Ele então deu um relato de algumas das circunstâncias que rodearam-nos, enquanto caminhamos para Sião – nossas provações, sofrimentos; e disse que Deus não tinha desenhado tudo isso para nada, mas Ele tinha tudo em lembrança ainda; e era a vontade de Deus que aqueles que foram para Sião, com a determinação de dar a vida se necessário, devessem ser ordenados para o ministério, e ir adiante para podar a vinha pela última vez, ou [para] a vinda do Senhor, que estava próxima – e que cinquenta e seis anos devem encerrar toda a cena.

O Presidente também disse muitas coisas; tais como quanto as coisas fracas, mesmo o menor e mais fraco entre nós, deverá ser forte e poderoso, e grandes coisas devem ser realizadas por vocês a partir desta hora; e vocês devem começar a sentir os sussurros do Espírito de Deus; e a obra de Deus deve começar a irromper a partir deste momento; e sereis dotados com poder do alto.

O Presidente, em seguida, chamou todos aqueles que foram para Sião, se eles estavam de acordo com ele na declaração que tinha feito, a levantarem-se; e todos eles se levantaram e se puseram em pé.

Ele então chamou o restante da congregação, para saber se eles também sancionavam a moção, e todos eles levantaram a mão direita.

Os nomes daqueles que foram para o acampamento de Sião são os seguintes:

[Listas de nomes]

O Presidente Joseph Smith Jun, depois de fazer muitas observações sobre o assunto de escolher os Doze, queria uma expressão dos irmãos, se eles ficariam satisfeitos de deixar o Espírito do Senhor ditar na escolha dos Élderes a serem Apóstolos; Em seguida, todos os Élderes presentes expressaram seu desejo ansioso para fazê-lo assim.

Um hino foi então cantado, “Ouçam as trombetas.” O Presidente Hyrum Smith orou, e a reunião foi encerrada por uma hora. Retomada em conformidade com o combinado, e recomeçada com uma oração. O Presidente Joseph Smith Jun disse que o primeiro negócio da reunião era, para as Três Testemunhas do Livro de Mórmon, para orar, cada um, e, em seguida, proceder à escolha de doze homens da Igreja, como Apóstolos, para ir a todas as nações, tribos, línguas e povos.

As Três Testemunhas foram então abençoadas pela imposição das mãos da Presidência.

As Testemunhas então, em seguida, de acordo com um mandamento anterior, passaram a fazer a escolha dos Doze. Os seus nomes são os seguintes:

1. Lyman E. Johnson,
2. Brigham Young,
3. Heber C. Kimball,
4. Orson Hyde,
5. David W. Patten,
6. Lucas S. Johnson,
7. William E. M’Lellin,
8. John f. Boynton,
9. Orson Pratt,
10. William Smith,
11. Thomas P. Marsh,
12. Parley P. Pratt,

Lyman E. Johnson, Brigham Young e Heber C. Kimball vieram adiante; e as Três Testemunhas impuseram as mãos sobre a cabeça de cada um deles e oraram, separadamente.

A bênção de Lyman E. Johnson foi, em nome de Jesus Cristo, que ele deveria levar as novas de salvação para as nações, línguas e povos, até que os cantos extremos da terra ouçam as notícias; e que ele deveria ser uma testemunha das coisas de Deus para as nações e línguas, e que santos anjos deveriam visitá-lo ocasionalmente; e que nenhum poder do inimigo deveria impedi-lo de ir adiante e fazer a obra do Senhor; e que ele viveria até que a coligação estivesse completa, de acordo com os santos profetas; e ele será como Enoque; e sua fé será semelhante à sua; e ele será chamado grande entre todos os seres vivos; e Satanás tremerá diante dele; e ele verá o Salvador retornar e andar sobre a terra, com poder e grande glória.

A bênção de Brigham Young era que ele deveria ser forte no corpo, para que pudesse ir adiante e reunir os eleitos, em preparação para o grande dia da vinda do Senhor; e que ele pudesse ser forte e poderoso, declarando as boas novas para nações que não conhecem a Deus; que ele pudesse acrescentar dez talentos; que ele pudesse vir à Sião com grande colheita. Ele irá de terra em terra e de mar a mar; e veria mensageiros celestes indo adiante de si; e sua vida será prolongada; e o Sacerdócio Santo é conferido a ele, que ele possa fazer maravilhas em nome de Jesus; que ele possa expulsar demônios, curar os doentes, ressuscitar os mortos, abrir os olhos dos cegos, e ir de terra em terra e de mar a mar; e que as nações pagãs devessem mesmo chamá-lo de Deus, se ele não repreendê-los.

A bênção de Heber C. Kimball foi, em essência, que ele deveria ser feito semelhante a aqueles que foram abençoados diante dele; e ser favorecido com a mesma bênção. Que ele pudesse receber visões; o ministério dos anjos, e ouvir as suas vozes; e até mesmo entrar na presença de Deus; que muitos milhões pudessem ser convertidos por seu intermédio; que os anjos pudessem soprá-lo de um lugar para outro, e que ele poderia ficar até a vinda de nosso Senhor, e receber uma coroa no Reino do nosso Deus; que ele estaria familiarizado com o dia em que Cristo virá; que ele deveria ser aperfeiçoado na fé; e que os surdos ouvirão, os coxos andarão, os cegos verão, e coisas maiores do que estas ele fará; que ele terá a ousadia de expressão perante as nações, e de grande poder.

Um hino foi cantado, “Coisas gloriosas de ti são faladas”, etc .; e a congregação foi dispensada pelo Presidente Joseph Smith Jun.”


Referência:
Smith, Joseph e Roberts, BH (ed.), History of the Church, Vol. 2, p. 181, The Church of Jesus Christ of Latter-day Saints, 1902

9 comentários sobre “Joseph Smith: Ano da Segunda Vinda de Cristo

  1. Eu sempre acreditei que um profeta de Deus deve acertar todas as profecias, afinal se vem de Deus não tem como errar. Nesse caso, Joseph errou. Será que posso concluir que ele é um falso profeta? Meu testemunho diz que não, mas fatos como esse parecem querer dizer o contrário. Eu gostaria de continuar na Igreja com a certeza de que Joseph foi um profeta de Deus, mas fatos como esse me deixam confuso. Eu gostaria que algum irmão fiel na Igreja me dissesse como encara o fato de Joseph ter errado uma profecia. Eu agradeceria muito. Obrigado.

    • Marcos,

      Se você conseguir separar fé de fatos, vai conseguir se dar bem em qualquer religião. Mas já que está conosco, seria interessante aproveitar todo tempo e energia já investidos e começar se inocular para sobreviver aos fatos e ainda manter sua espiritualidade (talvez mais madura, mas ainda produtiva).

      Sou membro ativo por mais de 20 anos, se quiser falar mais sobre isso, eventualmente, pode me add no Facebook. Mesmo nome aqui do perfil.

    • Marcos, não há necessidade de se preocupar com profecias não cumpridas. Um Profeta pode cometer erros. No Velho Testamento erros de Profetas eram comum.

      Apenas não havia uma idolatria de Profetas e líderes como há hoje.

      Em Deuteronômio 18:21-22 o Senhor explica como lidar com esse assunto:

      “E se disseres no teu coração: Como conheceremos a palavra que o Senhor não falou? Quando o tal profeta falar em nome do Senhor, e tal palavra não se cumprir, nem suceder assim, esta é a palavra que o Senhor não falou; com soberba a falou o tal profeta; não tenhas temor dele.”

      O fato de um Profeta errar em profecias não somente é possível como acontece, tanto que o Senhor explica isso nesses versos e em outros encontrados nas escritura. O Senhor avisa para não ter medo de tal Profeta, afinal Profetas são seres humanos como qualquer outro.

      No seu caso você já adquiriu um testemunho do Profeta Joseph Smith. Continue estudando as escrituras, a Bíblia, o Livro de Mórmon e outras revelações. O Senhor disse que “pelos frutos o conhecereis”. Joseph Smith deixou muitos frutos, como o Livro de Mórmon e outras revelações importantes para a nossa época. Se vamos ter dúvidas e temor, que tenhamos daqueles que não apresentaram nenhum fruto! Minha preocupação maior é com aqueles que se dizem Profetas e Reveladores mas não proveram nenhuma profecia ou revelação, como os líderes atuais.

    • Marcos,

      Profetas são seres humanos como qualquer outro e estão sujeito às fraquezas da carne.

      Devemos ouvir e seguir a mensagem que eles ensinam somente quando eles falam aquilo que Deus revelou para eles. Joseph Smith recebeu várias revelações, mas também falou muitas coisas que o Senhor não disse.

      A igreja atual carece de revelações, já há muito tempo que Deus não tem revelado nada para a igreja, isso é um sinal de que alguma coisa está faltando dentro da igreja. Sua fé tem que ser independente da igreja e das pessoas, somente Cristo pode nos levar de volta à presença de Deus e é nele que devemos confiar, as escrituras testificam disso.

      Qualquer líder que ensine ou promova qualquer outra coisa não vem de Deus.

  2. DeC130:14-17
    14 Certa vez eu estava orando fervorosamente para saber o tempo da vinda do Filho do Homem, quando ouvi uma voz dizer o seguinte:
    15 Joseph, meu filho, se viveres até a idade de oitenta e cinco anos, verás a face do Filho do Homem; portanto, que isto seja suficiente e não me importunes mais com esse assunto.
    16 Assim fiquei sem poder decidir se essa vinda se referia ao início do milênio ou a alguma aparição prévia, ou ainda, se eu haveria de morrer e assim ver-lhe a face.
    17 Creio que a vinda do Filho do Homem não será antes desse tempo.

Deixe um comentário abaixo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s