Orson Hyde: Joseph Smith, Redentor do Mundo

O Presidente Orson Hyde, membro original do Quórum dos Doze Apóstolos, fez os seguintes comentários sobre Joseph Smith no histórico Tabernáculo Mórmon em janeiro de 1858, celebrando e descrevendo Smith de maneira teologicamente muito similar ao posto canônico de “Santo” para os Católicos (ênfases nossas):

Orson Hyde Photograph, Marsena Cannon, circa 1852. (Church History Library, Salt Lake City.)

Orson Hyde (1805-1878), Apóstolo (1835-1878) e Presidente do Quórum dos Doze (1847-1875) da Igreja SUD, em foto circa 1852 (Church History Library, Salt Lake City)

Eu lhes digo, Joseph possui as chaves, e nenhum de nós pode entrar no reino celestial sem passar por ele. Nós ainda não nos livramos dele, mas ele está lá como o sentinela, segurando as chaves do reino de Deus; e há muitos deles ao seu lado. Eu lhes digo, se nós passarmos por aqueles que se misturaram com a gente, e nos conhecem melhor, e têm o direito a conhecer-nos melhor, provavelmente, podemos passar por todos os outros sentinelas, tanto quanto sejam necessários, ou tão longe quanto possamos desejar . Mas eu lhes digo, a pressão estará com aqueles que se misturaram com a gente, estavam ao nosso lado, julgaram o nosso espírito, provaram-nos, e testaram-nos: haverá uma pressão, na minha opinião, para poder passar por eles. Outros, talvez, dirão, se o irmão Joseph está satisfeito com você, você pode passar. Se está tudo bem com ele, está tudo bem comigo. Então, se Joseph disser a um homem, ou se o irmão Brigham disser a um homem, eu te perdôo os seus pecados: “Àqueles a quem perdoardes os pecados, lhes são perdoados;” se você que sofreu e sentiu o peso da transgressão – se você tiver generosidade suficiente para perdoar o pecador, eu vou perdoá-lo: você não pode ter mais generosidade do que eu. Dei-vos o poder de perdoar os pecados, e quando o Senhor dá um presente, Ele não o leva de volta. Quando Ele dá um poder, ele não o reduz, a menos que seja por meio de transgressão do indivíduo a quem esta autoridade é dada; mas se ele aumenta em justiça, o Senhor irá adicionar a ele, em vez de subtrair. Vemos a posição na qual o irmão Joseph está; vemos que ele tem sobrepujado, e que ele tem poder sobre a nação. Agora, irmãos e irmãs, vocês não acham que o irmão Joseph sente por este povo – sente um interesse por nós? Ele sobrepujou, não? Nós todos dizemos que sim, ele o fez, pela palavra do Senhor, pela verdade do céu, e pela palavra do seu testemunho. Ele deu a sua vida por seus irmãos; e ninguém tem maior amor do que este, de dar a sua vida pelos seus amigos. Ele venceu? Sim. Então, ele tem poder sobre a nação? Sim. Então, ele ama este povo, não é? Sim. Ele ama as pessoas que o mataram? Não: ele se sente em relação a eles como o Senhor sente, que está irado com os iníquos todos os dias, mas ele não peca. O que ele deve fazer com eles? Quebrá-los em pedaços como um vaso de oleiro. Então, o amor que ele tem por este povo e a raiva que ele sente em relação ao iníquo será visto e sentido por todas as classes; e se ele tem poder sobre a nação, será que ele não irá exercê-lo? Ele está armado com esse poder, que é razão suficiente para que ele deva exercer-lo em favor de seus amigos. Então não temos razão para temer nada.

— Orson Hyde (Journal of Discourses 6:154)

O Presidente Brigham Young ensinou a mesma doutrina sobre Joseph Smith na Conferência Geral de Outubro de 1859 [leia aqui].

Na tradição Católica, um “santo” é uma pessoa de reconhecida divindade e cuja exaltação para o Céu e a presença de Deus é certa, e a quem, pela natureza desta posição exaltada, se espera intercessão entre nós e Deus.

Como Mórmons na atualidade veem a canonização especial para “santo” de Joseph Smith por Brigham Young e Orson Hyde?


Leia mais sobre a crença de que Joseph Smith seria o Espírito Santo

Leia mais sobre o que Joseph Smith ensinou sobre negros

Leia mais sobre o que Joseph Fielding Smith ensinou sobre negros

Leia mais sobre a proibição de ordenação de negros ao Sacerdócio

Leia mais sobre o que Joseph Smith ensinou sobre escravidão negra

Leia mais sobre o que Brigham Young ensinou sobre a semente de Cã

Leia mais sobre o que Brigham Young ensinou sobre escravidão negra

Leia mais sobre o que Brigham Young e John Taylor ensinaram sobre negros

3 comentários sobre “Orson Hyde: Joseph Smith, Redentor do Mundo

  1. Muitas vezes vejo esses líderes daquele tempo dos pioneiros como pessoas bitoladas falando coisas sem sentido algum. Tem muita gente na Igreja SUD que vive dando maior elogio ao Brigham Young o chamando de rígido e homem de coragem, mas será que só eu que vejo ele como um louco? Um homem chegar a ponto de excomungar membros em público realmente não tem cabimento, pelo menos penso assim.

  2. Isso tem haver com o papel de NOÉ, ABRAÃO e outros profetas que as chaves de sua dispensação? Seria interessante debater o papel destes homens na vida pós mortal O QUE FAZ UM PROFETA QUE ABRE UMA DISPENSACÃO? não necessariamente precisamos debater especificamente de Joseph Smith….Quem tiver mais informações agradeço as postagens.Falar de outros profetas antigos depuraríamos mais essa doutrina.Não sou contra JS sei que ele é um profeta de Deus.Mas sou um estudioso que penso além do véu aparente.

Deixe um comentário abaixo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s