Brigham Young: Médicos

O Presidente Brigham Young fez os seguintes comentários sobre médicos e a prática da medicina, no famoso Tabernáculo, em agosto de 1869:

Brigham Young

… [E]sses dons que Deus colocou na sua Igreja – o dom da cura, o dom do discernimento de espíritos, de línguas, de interpretação de línguas, de profecia, etc., etc. Eles [esses dons] estão aqui? Sim, aqui mesmo, em abundância, a ponto de transbordar. Se os Santos forem fiéis em cultivar esses dons, todo médico poderia ser removido do nosso meio. Deixe as mães, para não dizer nada dos élderes em Israel, exercerem a fé que é seu direito exercer, e estou convencido de que nove em cada dez crianças que morrem agora podem ser salvas. Médicos, e seus medicamentos, eu considero como uma maldição mortal para qualquer comunidade. Dê aos seus filhos, quando doentes, um pouco de bebida simples de ervas; e se comeram demais, deixem-nos sem comida por algum tempo até que seus estômagos estejam limpos e purificados, e tenham fé no nome de Jesus e nas ordenanças de sua Igreja, e eles viverão. Essa é a minha fé no que diz respeito a isso. Eu não sou muito a favor de médicos e advogados. Não vejo qualquer utilidade para eles, a menos que seja para cultivar grãos ou para fazer trabalho mecânico.” — Brigham Young (Journal of Discourses 14:109)

 


Leia mais sobre o que Brigham Young ensinou sobre Adão

Leia mais sobre o que Brigham Young ensinou sobre negros

Leia mais sobre o que Brigham Young ensinou sobre poligamia e expiação

Leia mais sobre o que Brigham Young ensinou sobre a palavra de sabedoria

Leia mais sobre a proibição de ordenação de negros ao Sacerdócio

Leia mais sobre o que Brigham Young ensinou sobre honestidade

 

8 comentários sobre “Brigham Young: Médicos

  1. Prefiro a visão atual do que essa bem antiga:

    “Os santos dos últimos dias acreditam em aplicar as melhores técnicas e conhecimentos científicos disponíveis. Usamos a nutrição, os exercícios e outras práticas para preservar a saúde e recrutar a ajuda de profissionais da saúde, como médicos e cirurgiões, para restaurá-la.

    A utilização das ciências médicas não está em desacordo com nossas orações de fé e nossa confiança nas bênçãos do sacerdócio(…)”.-Elder Dallin H. Oaks, “Curar os Enfermos”, Sessão do Sacerdócio da Conferência Geral de abril de 2010.

  2. Sensational! Quando penso em todas os medicamentos prescritos para criancas com qq probleminha na escola de atencao, concordo com que Brigham Young disse. Mas se utilizarmos a medicina ponderadamente ai tudo bem…

Deixe um comentário abaixo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.