Wikipédia: Mórmons Fundamentalistas

Se você está lendo este texto online, provavelmente já usou a Wikipédia, seja por necessidade profissional, acadêmica ou simples curiosidade. Apesar de certo preconceito contra seu uso, ela é simplesmente a sucessora das enciclopédias que adornavam as estantes do século passado, um ótimo ponto de partida para a descoberta de um novo assunto. “A visão da Wikipédia”, diz o cofundador Jimmy Wales, ” é baseada nesse conceito simples, porém revolucionário, de permitir acesso livre e sem limites ao conhecimento humano em sua plenitude”.

Mórmons fundamentalistas

Jovens da Igreja FSUD. (Imagem: Stephanie Sinclair/NYT)

Sendo um projeto colaborativo e de licença livre, a qualidade das informações que a Wikipédia oferece sempre varia de acordo com o verbete e o idioma. A edição dos verbetes – que pode ser proposta por qualquer leitor – é tanto um dos atrativos do projeto quanto um de seus pontos mais complexos, dando oportunidade também ao que a Wikipédia classifica como vandalismo, assim como a difamação de personalidades públicas.

Não há só más intenções no inferno da Wikipédia. Um problema frequente em relação à edição é que, muitas vezes, verbetes acabam sendo de quem chegar primeiro ou for mais perseverante, independentemente da exatidão das informações providas. Dessa forma, correções sugeridas são ignoradas e erros, perpetuados. O verbete a seguir na Wikipédia em português, Mórmons fundamentalistas, é um desses casos. O verbete não apresenta nenhuma fonte, citação ou referência externa.

É possível ver aqui o histórico das edições feitas no verbete. O mais curioso é o fato de que a versão em português de julho de 2009 foi traduzida para o verbete em mirandês (idioma minoritário falado em Portugal) em setembro daquele ano. Informação errada Made in Brazil.

Que erros você consegue detectar nele?

Mórmons Fundamentalistas São membros da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias Fundamentalista. Seus descendentes foram excomungados daIgreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias por praticarem a poligamia, doutrina deixada por Joseph Smith e abolida por Wilford Woodruff posteriormente.

Atualmente, os Fundamentalistas vivem em comunidades isoladas (Estado de Utah e estados vizinhos). Eles temem represálias de leis americanas, principalmente da que proíbe o casamento plural no país.

Os fundamentalistas acreditam na lei bígama deixada pelo profeta Joseph Smith, primeiro profeta da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, lei essa que dizia que um homem podia casar-se com mais que uma esposa.

A igreja permitiu o casamento plural visando mulheres que se encontravam desamparadas e que pudessem ter famílias e viverem em segurança, pois haviam perdido seus maridos e familiares nas constantes perseguições sofridas e nas guerras que os Estados Unidos enfrentavam na época. Logo após este período, a prática foi abolida pelo profeta Wilford Woodruff, sendo que a partir da presidência dele, a prática da poligamia foi extinta na Igreja.

Após a poligamia ser abolida, milhares de seguidores de Wilford Woodruff foram excomungados da igreja por não concordarem com o fim da prática. Assim, tornaram-se dissidentes da igreja primária e fundaram a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias Fundamentalista, na década de 1930.

Não há relação com a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, sendo denominações distintas e separadas. No Brasil e em Portugal não há registro de membros da Igreja Fundamentalista.


 

Leia também

Livros para mórmons

Podcast Mórmon: Poligamia

Como lidar com a história da Igreja?

A didática escolar e a didática SUD

Haverá vida inteligente na internet SUD?

 

 

8 comentários sobre “Wikipédia: Mórmons Fundamentalistas

  1. Nossa, quantos erros históricos.
    O grande problema é que muitos membros que desconhecem o assunto utilizam essas fontes de pesquisa e acabam acreditando e repassando.

  2. Segundo erro clássico, já que o primeiro é não conter fontes:

    – Não tem tom imparcial. Nota-se claramente que é um verbete criado a partir de alguém que tenta desvincular a ideia de um grupo em relação ao outro (do qual parece, pelo modo como foi escrito, defensor).

  3. “A igreja permitiu o casamento plural visando mulheres que se encontravam desamparadas e que pudessem ter famílias e viverem em segurança, pois haviam perdido seus maridos e familiares nas constantes perseguições sofridas e nas guerras que os Estados Unidos enfrentavam na época”.

    What? Ainda esse mito? 😮

    1-Desde quando a Igreja permitiu se foi uma revelação ou digamos ideia de Joseph?
    2- Muitas mulheres que selaram a Joseph eram adolescentes ou eram até mesmo já casadas.

  4. “Após a poligamia ser abolida, milhares de seguidores de Wilford Woodruff foram excomungados da igreja por não concordarem com o fim da prática. Assim, tornaram-se dissidentes da igreja primária e fundaram a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias Fundamentalista, na década de 1930”.

    Apesar do período de fundação da denominação fundamentalista, não foram membros excomungados desse período e sim próprios SUDs que acreditavam e queriam de volta esse mandamento.

    • Os próprios SUDs, incluindo Wilford Woodruff e outras autoridades gerais. Woodruff não excomungou ninguém por rejeitar ou desconsiderar o Manifesto. Tampouco havia uma “Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias Fundamentalista” (sic) em 1930.

Deixe um comentário abaixo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s