Mórmons Mais Conservadores

Mórmons constituem o grupo religioso mais conservador nos EUA, de acordo com pesquisa do prestigioso centro de pesquisas demográficas Pew Research Center.

Mórmon Mitt Romney foi o candidato à presidência dos EUA em 2012 pelo Partido Republicano

Mórmon Mitt Romney foi o candidato à presidência dos EUA em 2012 pelo Partido Republicano

Nos Estados Unidos, há apenas dois partidos majoritários relevantes: O Republicano, considerado conservador (ou ultra-conservador, por parâmetros brasileiros ou europeus) e o Democrata, considerado liberal (ou moderado, por parâmetros brasileiros ou europeus).

A pesquisa de opinião pública em questão isolou por grupos religiosos a preferência política predominante de cada grupo, e os Mórmons demonstram maior preferência pelo Partido Republicano do que qualquer outra religião:

The political preferences of U.S. political groups

Esses padrões refletem bem pesquisas de boca de urna nas eleições presidenciais de 2012, quando 78% dos Mórmons afirmaram ter votado pelo presidenciável Mórmon Mitt Romney.

Mórmons se distinguem da média norte-americana por quase um fator de 2, enquanto 70% de Mórmons se identificam com Republicanos contra 37% da média nacional. Em contraste, grupos mais seculares, como Judeus, Budistas, Agnósticos, Ateus, e Universalistas demonstram os menores níveis de aceitação de ideologias conservadoras ou ultra-conservadoras. Testemunhas de Jeová, fiéis a sua teologia de neutralidade política, negam apoio ao tom de 75% a qualquer dos partidos.

Apenas 19% dos Mórmons apóiam o Partido Democrata, e 11% negam apoio a quaisquer dos dois partidos. Anecdotalmente, supõe-se que boa parte desses 11% de “independentes” são libertarianos de extrema-direita, como se viu recentemente em grupos populares Mórmons entrando em conflito armado contra o governo federal. Essas ideologias extremistas são populares entre Mórmons no Oeste Americano, especialmente por causa da militância de Ezra Taft Benson a seu favor.

Recentemente, essa ideologia de “extrema direita”, com seus ideais xenofóbicos, racistas, e misóginos vem ganhando ainda mais expressividade e popularidade no Partido Republicano, personalizado na figura do candidato Republicano favorito à presidência dos EUA Donald Trump, que já vem angariando apoio entre Mórmons, inclusive de Autoridades Gerais.

Contudo, universitários SUD quebraram com essa tendência tradicional e, em recente pesquisa de opinião, demonstraram repugnância por Trump e sua versão de ultra-conservadorismo, optando pelo apoio ao candidato socialista Bernie Sanders. Será interessante acompanhar nos próximos anos para averiguar se essa filiação partidária majoritária entre membros da Igreja SUD mudará para a “esquerda” com o crescimento dessa nova geração de mileniais.

Um comentário sobre “Mórmons Mais Conservadores

  1. É interessante notar como as religiões (de modo geral) absorvem rapidamente a politica e depois são devoradas pela mesma.

Deixe um comentário abaixo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s