Thomas Monson Intimado em Processo de Abuso Sexual

Thomas S. Monson, Profeta Mórmon e 16º Presidente d’A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, foi intimado a depor em processo contra a Igreja por abuso sexual infantil.

Thomas Monson demonstra a saudação do Escoteiro. 16o Presidente da Igreja SUD, Monson sempre enfatizou a importância do escotismo para os jovens (rapazes) Mórmons, como todos os outros profetas desde 1910.

Thomas S. Monson, 16º Presidente da Igreja SUD, saúda os escoteiros.

Advogados de quatro nativos americanos solicitaram a intimação de Monson na semana passada como parte de um processo contra a Igreja por falhar em protegê-los de, e após os fatos acobertar, casos de estupros e abuso sexual de crianças sob tutela dela.

Entenda o caso.

Entre 1947 e 2000, a Igreja SUD manteve um programa de assimilação cultural denominado “Programa de Colocação de Alunos Índios”, ou popularmente conhecido como “Programa de Colocação de Lamanitas”, através do qual retirou milhares de crianças ameríndias de seus lares, transferindo-os para lares mórmons brancos adotivos num esforço para assimilar e aculturar essas crianças pobres. As crianças eram prontamente batizadas na Igreja e endoutrinadas na fé mórmon, além de receber educação formal ocidental.

O então Apóstolo Spencer W. Kimball mencionou esse programa em seus comentários durante a Conferência Geral semi-anual de 1960:

“Eu tenho visto um impressionante contraste no progresso do povo indígena hoje em dia… O dia dos Lamanitas está chegando. Por anos eles vêm se tornando deleitosos, e agora estão ficando brancos e deleitosos, como prometido. Nesta foto de 20 missionários Lamanitas, 15 dos 20 eram tão brancos quanto os Anglos; 5 eram mais escuros, mas igualmente deleitosos. As crianças adotadas em lares de Utah são geralmente mais claras que seus irmãos e irmãs nas reservas indígenas. Em uma reunião, um pai e mãe estavam presentes com sua filha de 16 anos, e a jovem moça membro da Igreja — de 16 anos — sentada entre os pais escuros, e era evidente que ela já tinha tons mais claros que seus pais — na mesma reserva, na mesma casa, exposta ao mesmo sol e vento e clima. Havia um médico numa cidade de Utah que por dois anos alojou um jovem índio em sua casa que testemunhou que o rapaz já estava vários tons mais claro que seu irmão recém-chegado da reserva ao programa de adoção. Estes jovens membros da Igreja estão mudando para brancos e deleitosos. Um jovem élder jocosamente disse que ele e seu companheiro estavam doando sangue regularmente no hospital com a esperança de acelerar o processo.” — Spencer Kimball (Conferência Geral Outubro 1960ênfases nossas)

Em março deste ano, um casal de irmãos da tribo Navajo abriu um processo contra a Igreja, alegando que eles sofreram abusos sexuais e estupro aos 10 e 11 anos de idade, respectivamente, mesmo após haverem sido relocados de famílias várias vezes, justamente por causa desse problema, sofrendo abusos similares em múltiplos lares. Em seu processo, acusavam a Igreja não apenas de saber dos ocorridos, de retornar crianças para lares onde abuso sexual havia sido cometido, mas também de acobertá-los e proteger os culpados sob a guisa de não embaraçar o programa e a Igreja, instruindo líderes locais e membros a não cooperarem com oficiais da lei ou denunciarem os crimes.

No mês seguinte, outra membro da tribo Navajo, encorajado pelo casal de irmãos, abordou os mesmos advogados e juntou-se ao processo, também alegando ter sofrido abuso sexual na sua infância e acobertamento por parte da Igreja. A Igreja imediatamente contestou a jurisdição da Corte da Nação Navajo, independente por tratados com o governo federal dos EUA, solicitando transferência para o judicial federal, onde ela mantém contatos próximos, especialmente com juízes distritais mórmons.

Não obstante, no mês seguinte ainda um quarto membro da tribo veio adiante denunciando abusos físicos e mentais sofridos em seu lar mórmon adotivo enquanto criança e a mesma resposta displiscente por parte de oficiais da Igreja. Novamente, a Igreja respondeu solicitando a transferência para jurisprudência fora do controle de ameríndios para tribunais controlados por anglo-europeus e/ou influenciados pela Igreja e, especialmente, onde leis para tais crimes prescrevem.

Na semana passada, os advogados desses quatro ameríndios Navajo entraram com uma ação para intimar o depoimento de Thomas Monson no dia 4 de agosto, p.f., para explicar e elucidar os pormenores desse programa de assimilação cultural e comentar as falhas na salva-guarda e proteção dessas crianças. A Igreja prontamente solicitou uma medida cautelar para proteger e impedir que Monson tenha que depor.

Os advogados das supostas vítimas alegam que o testemunho de Monson, sob pena de perjúrio, é crucial para desvendar e tornar público os segredos da alta cúpula da liderança da Igreja concernente a esses temas sensitivos (i.e., o programa de cunho racista e o acobertamento eclesiástico de abusos sexuais e infantis) e diretamente pertinentes aos casos dos quatro acusadores. Enquanto isso, advogados da Igreja alegam que Monson não possuiria conhecimento pessoal específico ou direto melhor ou maior que burocratas da Corporação da Igreja, que poderiam testemunhar com propriedade sem indevidamente incomodar o idoso profeta.

 

34 comentários sobre “Thomas Monson Intimado em Processo de Abuso Sexual

  1. Espero que como líder máximo, ele possa sim comparecer e se desculpar com essas pessoas pelo ocorrido, como já tratado aqui em outro post, abuso de crianças e adolescente é um caso grave pouco discutido e a igreja usa seu padrão de esconder e tentar resolver entre as partes (envolve o Bispo e o presidente da Estaca e ninguém mais). Crime é crime e merece punição.

  2. Lembro que ele tbm já foi chamado para depor numa corte de Londres e nem foi é claro, e acho que dessa vez tbm não vai, acho que eles temem escândalos maiores ainda, coitados!

  3. Isso é um absurdo estar falando de alguém que nem conhecem ,e eu presto meu testemunho de que tudo isso é mentira!
    Peço que assim como respeito os princípios das religiões,possam respeitar os princípios que eu sigo !

    • Michael, que testemunho você presta?
      Você presenciou algum fato e pode provar?
      Se não presenciou você esta prestando falso testemunho ou desconhece totalmente o significado da palavra testemunhar.
      Agora posso dizer casos como esse acontecem sim, e digo como testemunha.Pois ja presenciei e a igreja encobriu, a ação foi a excomunhão do Bispo, porém nao deixaram chamar as autoridades.
      o Bispo em questão continua na igreja e continua a levar jovens para as atividades.
      Isso que é amar o pecador de um crime hediondo não?
      Agora pergunta o auxilio que a igreja deu a vitima, nenhum.
      Então não preste falso testemunho.

      • Eu presto MEU TESTEMUNHO, como verdadeira testemunha direta de uma dessas ocasiões: Tudo foi resolvido da maneira que deveria ter sido feita! Ocorreu excomungo, a pessoa que violou não frequenta mais a igreja, a vítima de abuso recebeu todo auxílio e proteção necessários para superar o trauma do que aconteceu! Mas há casos e casos! O testemunho que presto é de que minha fé é em CRISTO, porque sei que ELE é o evangelho!!! Os homens (liderança, tanto homens como mulheres) são extremamente falhos e cometem erros. O evangelho/a doutrina são Cristo e seus atributos, os homens cometem erros! Mas Deus? O que me conforta é saber que ainda sim, Deus é responsável por nosso julgamento, e sim: Ele é perfeito! Ele saberá como julgar de maneira justa, sou grata por viver essa fé em minha vida. E não importa o que venham a me responder: eu digo e repito: Sei que A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias contém a plenitude do Evangelho que é Cristo. E sou imensamente grata por esse testemunho crescer a cada dia dentro de mim.

      • Luanna, no caso citado, o acusado foi preso ou entregue às autoridades (por exemplo, à polícia, fez um B.O., foi processado, etc.)?

    • Presta testemunho sobre o que? Estava lá no dia? O que é mentira? Um processo real que foi notificado pela midia americana? Um projeto da Igreja citado em conferência geral? O que exatamente é mentira? Ou vc veio aqui falar bobagens e nem se deu o trabalho de ler a matéria?

      • Quando um comentário começa com “eu sei” nem me dou ao trabalho de terminar de ler, essa aí é outra que sofre de dissonância e nem percebe,não tem argumentos para nada e só diz a mesma coisa repetida.

  4. Monson não comparecerá, até porque há várias justificativas para que não o faça.
    Independentemente disso, esse processo pode render bastante dor de cabeça para a Igreja Mórmon.
    Quanto a esse pessoalzinho que está prestando testemunho, sugiro ao site que indique seus nomes aos advogados da Igreja para que possam depor no processo judicial, prestando seus “testemunhos”.

  5. Eu realmente não estou entendendo tamanha discussão aqui,cada um acredite no que quiser…se aconteceu ou não um dia iremos saber.Mais não vem ao caso falar mal da crença dos outros,ate porque vocês não iriam querer que falassem das suas.Pessoas mentem o tempo inteiro,e não é justo que tudo que aconteça coloque a culpa na religião alheia.Assim como vocês estão dizendo que o Michel está errado quem poderá dizer que são vcs os errados???Ngm estava lah ou estou errada???E ele pode prestar o testemunho que ele quiser pois todos nós temos liberdade de expressão é existe algo chamado respeito.Se tudo que as pessoas falassem fosse realmente verdade o mundo seria um lugar melhor.

    • Kassia e Michael precisam aprender a lerem textos, se voces voltarem no texto e lerem com atencao voces perceberao que ha links coloridos que voces podem clicar e verao que isso foi noticias publicadas em jornais de Utah e registrados nas cortes do estado. O site aqui nao esta inventando estorias ou atacando a igreja, a maioria se nao todos sao membros da igreja. Nos somente queremos a verdade mesmo que a verdade nao agrade.

    • Kássia, ninguém está falando mal, aqui estamos apenas argumentando um post que é diferente de falar mal ou criticar uma pessoa ou religião.

      Agora prestar falso testemunho é crime (art 342 do código penal).

      Vamos ao significado da palavra testemunhar: Ver, presenciar, declarar ter visto, ouvido.

      Bom, crença e fé é muito diferente de testemunhar alguma coisa.

      Então, antes de colocar sua crença e fé, precisamos ter cuidado ao dizer se a coisa é mentira “prestando um testemunho”.

      Como já relatei, eu presenciei um crime de abuso infantil por parte de um bispo da igreja.

      E como citei, o mesmo foi excomungado, a igreja não prestou socorro à vítima e sugeriu não chamar as autoridades. O Bispo em questão continuou a frequentar a igreja e levar membros jovens a atividades.

      Anos depois a igreja solicitou da vítima uma carta pedindo o perdão para o Bispo ser rebatizado.

      Legal encobrir crimes, e perdoar o pecador de crime hediondo sem prestar socorro a vitima, não é mesmo? Quero ver se fosse com seu parente, filho, ou alguém próximo você teria essa mesma postura. E digo mais posso provar cada coisa que digo.

      Diferente dos falsos testemunhos para proteger a religião. Então a igreja precisa cuidar melhor das crianças e adolescentes. E crime é crime. Isso não ocorre apenas na religião Sud, vejo que várias outras religiões tem esse mesmo problema, e para defender a fé, a crença e a religião, varios lideres preferem esconder.

      Agora o que me indigna é pessoas tentar defender esse tipo de atitude.

  6. Verdade ou não, eu sei que a Igreja encobre os erros, sim!

    Ao invés de fazer as pessoas pagarem, já conheci irmão que abusava da sua enteada e abençoava o sacramento. Será que o Espírito Santo não tocava o coração do bispo que aquele irmão não era digno?

    Já vi bispo roubando dízimos da igreja e vendo pornografia no computador da capela, e quando meu amigo descobriu e contou para o Presidente de Estaca, ele o mandou guardar segredo. Quando voltei da missão e vi tantos podres. O Presidente de Estaca me fez prometer que jamais espalharia o que eu vi.

    O meu Presidente de Missão, um velho caindo aos pedaços, deu em cima da minha companheira, e esta também foi proibida de espalhar isso.

    Meu ex-marido foi embora com um mormonzinha 17 anos mais nova que vivia dando em cima dele, e me chamando de louca e paranóica, e abafaram o caso também. Ela tem até cargo na Igreja, como se nada tivesse acontecido!

    Já fui expulsa não sei de quantas páginas mórmons porque não querem que eu fale nada!

    A única coisa que aprendi nestes 26 anos de membro: A Igreja é perfeita, mas os piores homens estão lá dentro! Lembro muito bem como a pornografia era tratada como algo sujo, imundo, um escândalo, mas são tantos casos feios que a igreja quer amenizar agora falando que é doença. Aff. O Estado de Utah mesmo é o Estado que tem mais acesso a pornografia aqui nos Estados Unidos, depois vão de domingo se fazer de santo engravatado. O santo do meu ex-marido que nunca fez eu desconfiar de nada, assistia só desenho em casa, e depois descobri que era um viciado em pornografia e saiu com 2 prostitutas.

    Minha amiga se divorciou de 2 que tinham o mesmo problema com pornografia. Outra vizinha era estuprada pelo próprio marido. Eu acredito nestas histórias, sim. E não coloco minha mão no fogo por nenhum portador do sacerdócio. É como uma autoridade me disse: Irmã, tenha cuidado. Tem muita muita gente doente na Igreja!

    O grande problema de tudo isto é que a igreja abafa tudo e sabemos disto, até o dia que de expectadores viramos vítimas!

    • Selma, também já vi quase tudo isso que você citou acima, quando me batizei em 2009, tinha um homem que era o líder e TODA a missão na época sabia que ele batia na esposa, ela chegava na igreja toda roxa e todo ano ficava grávida, mas dizia que tinha caído da escada, queria saber onde está o espírito que não mostrava a ninguém esse “homem digno”. E até hoje mesmo depois de ter saído da igreja sei de muitas que sofrem nas mãos do marido e o pior é eles CONTINUAREM como líderes sendo que todos sabem dessas coisas e ainda levantam as mãos, pobre dessas mulheres.

      • Bom uma coisa que eu aprendi nesses 2 anos de membro é que a igreja é perfeita mas os homens não, Judas traiu Jesus e era um apostolo e por que nossos lideres não vão trair? Mas uma coisa que temos que ter é um testemunho muito forte, porque quando nós nos depararmos com essas situações temos que lembrar sempre que o evangelho é verdadeiro mas que infelizmente vão ter pessoas dentro da igreja que vão fazer coisas ruins para que nosso testemunho seja destruído!

  7. O que fazer quando um acontecimento é um crime de fato. Ainda acredito na justiça, temos que procurar a polícia, a justiça pra resolver problemas como esse. Como igreja há fatos que penso eu que não são encobertos, mas são de cunho privado, em que a própria vítima deseja o seu devido resguardo. E me desculpe, mas crimes devem ser tratados na esfera criminal é não na igreja, uma vez que o que um bispo pode fazer? Se o que precisa ser feito não é de sua competência. E sim o presidente deveria ir depor, precisamos ter sempre uma postura de buscar e apoiar a justiça, pq se um crime ocorreu que o culpado pague pelos seus atos.

    • A página não é ridícula, você que se surpreendeu com os fatos! Eu sou membro e sei que a igreja é verdadeira, gosto do evangelho e ele faz diferenças em minha vida, mas não fecho meus olhos pra essas coisas porque sei que acontecem, infelizmente temos muitos líderes que não honram o evangelho e colocam máscaras. E se algum fato desse tipo ocorrer eu não culpo a igreja pq a mesma é perfeita e sim os líderes que querem fazer de tudo para manter as aparências e que se dane a vítima.

  8. Engraçado, os mil fatos da igreja católica e demais religiões, ninguém faz essa patifaria né não? Cada um tem sua opinião sobre o fato. Mas visto que vocês devem cuidar de coisas mais importantes da vidinha de cada um de NÓS. Toda igreja tem sua forma de tratar sobre estes casos. Já PRESENCIEI um caso deste dentro da igreja Mormon, e nada foi coberto por ninguém. Como foi dito nos comentários a cima. Os homens são imperfeitos mas só o EVANGELHO é perfeito. O profeta não tem que responder por ninguém. A salvação é individual, cada um tem seu livre arbítrio. Agora, parem de apontar para o líder maior da igreja, e achar que todos são assim. Que a justiça seja feita, e que Deus condene os que estão errados. Porque nós não somos ninguém para julgar alguma pessoa deste mundo.

    • Benedy,
      No caso que você presenciou, o acusado foi denunciado às autoridades (por exemplo, foi feito B.O., a pessoa foi presa, etc.)?

Deixe um comentário abaixo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s