Facebook Revela Apóstolos Favoritos?

Os perfis no Facebook dos 15 líderes máximos d’A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias constituem uma amostra de sua popularidade entre membros ao redor do mundo. Ainda que existam membros SUD sem acesso à internet e outros que, mesmo possuindo uma atividade online cotidiana, não se interessam em curtir as páginas das Autoridades Gerais, o números de curtidas de cada página não deixa de ser representativo da popularidade de tais líderes entre mórmons.

A foto de capa nos perfis dos membros da Primeira Presidência

A foto de capa comum aos perfis dos membros da Primeira Presidência

O campeão de curtidas na rede social é o Presidente Thomas Monson, com mais de meio milhão de seguidores. Enquanto a mais elevada posição na Igreja mórmon atrai mais usuários, a fila hierárquica é “furada” pelo segundo colocado em popularidade: a página do Apóstolo Dallin Oaks ultrapassa as dos conselheiros da Primeira Presidência Henry Eyring e Dieter Uchtdorf.

As páginas menos populares são as dos três mais recentes membros do Quórum dos Doze: Dale Renlund, Gary Stevenson e Ronald Rasband, ingressos ao apostolado em outubro de 2015. No entanto, a relação entre senioridade e número de seguidores no Facebook não é constante. David Bednar, ordenado Apóstolo em 2004, ultrapassa o Presidente do Quórum e primeiro na linha de sucessão à Presidência, Russel Nelson (Apóstolo desde 1984), bem como os veteranos Russell Ballard e Robert Hales, membros do Quórum desde 1994.

Eis o ranking de curtidas no Facebook [em ordem de mais popular para menos popular]:

O que você acha que tornaria Oaks mais popular do que Eyring e Uchtdorf? Ou Bednar mais popular do que Nelson? E, supostamente com quase 16 milhões de membros mundo afora, menos de 600 mil (3,7%) “curtindo” o Profeta não seria um número baixo demais? Mesmo levando em conta a pequena parcela de membros sem acesso à internet, especialmente considerando que há 1,7 bilhão de usuários ativos (com acessos mensais, 1,1 bilhão com acessos diários) no Facebook?

6 comentários sobre “Facebook Revela Apóstolos Favoritos?

  1. Interessante o Profeta sempre é o mais popular. Agora o segundo lugar me surpreendeu. Apesar de gostar da maioria dos discursos do Elder Oaks, imaginava Badnar ou Holland na popularidade por seus discursos mais “queimantes”. Nelson se se tonar o presidente da Igreja sua fama aumentará mais no face.

    Penso que muitos dos que curtem é por associar nomes mesmo. Uma frasezinha bonitinha é um compartilhamento e por aí vai…

  2. Eu não curto nem um desses caras aí! Sou um membro ativo, pratico minha religião “cristã-morma” rs, mas não compartilho dos mesmos pensamentos dos líderes da IJCSUD! eles são muito século 19!

  3. Queridos amigos da ABEM, quem sabe algum dia vocês consigam chegar em 60 mil curtidas (isso, mesmo, 60, nem passou pela minha cabeça uma cifra mais alta do que esta)… Pela qualidade do que vocês tem publicado ultimamente isto está ficando cada vez mais difícil de acontecer.

    • Você acha que “qualidade” de conteúdo é o que gera popularidade entre mórmons, Fábio? Ou mesmo entre brasileiros?

      Você acha que um site dedicado a estudos, ao hábito de ler, e aos rigores de raciocínio crítico espera popularidade de uma enorme parcela da população?

  4. Está claro que os critérios são melhor oratória e tempo.

    Conta-se nos dedos de uma mão os bons discursos de Nelson, Ballard. Hales coitado, falar não é um dom que ele possui.

    O presidente Monsom além de antigo sempre foi bom com as frases de efeito.

    Uma boa maneira de avaliar seria pegar os calendários das estacas da Aula de quarto Domingo. Olhei os últimos 3 anos, Uchtdorf, Eyring, Rolland, Bednar tiveram cadeira cativa. Oaks ficou de foram no segundo semestre de 2015.

    Monsom também sempre presente, inclusive com um discurso de 10 linhas, guarda os mandamentos.

  5. A popularidade de Presidente Monson está claramente ligada à sua posição na igreja, tendo em vista que seu nome é o mais frequentemente lembrado em discursos, aulas, testemunhos, etc. Seus conselheiros provavelmente colhem frutos de popularidade por motivos semelhantes, e também por dirigirem as conferências gerais. Talvez o mérito por qualidade e/ou conteúdo de seus discursos seja de Oaks, que aborda assuntos mais relevantes e de maneira diferente de seus companheiros de apostolado. Eu pessoalmente gosto muito de Hales pelo conteúdo de seus discursos e por sua postura humilde e sincera, sem floreios ou afetação.

Deixe um comentário abaixo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s