Mórmons Leem As Escrituras?

Reagindo às notícias do vazamento, da reação oficial da Igreja SUD, e das reações de outros Mórmons, sobre a nova política da Igreja discriminar contra crianças em famílias LGBT, muitos membros da Igreja abriram as escrituras para defender a posição oficial da Igreja.

Citando passagens de escrituras, esses membros SUD se propõem a demonstrar que a discriminação institucionalizada com essa nova medida está em linha com o comportamento esperado de um discípulo de Cristo.

Nem todos os Mórmons creem que Jesus chama para si as criancinhas

Nem todos os Mórmons creem que Jesus chama para Si as criancinhas

O que nos leva a indagar: Será que Mórmons leem as escrituras?

Eis aqui dois exemplos ilustrativos.

O primeiro exemplo é um clássico Cristão, sendo utilizado e repetido centenas de vezes todos os dias por apologistas de discriminação contra LGBT, e não original a Mórmons.

“Mas nenhuma igreja deve aceitar o que está escrito na Bíblia que é abominação: Com homem não te deitarás, como se fosse mulher; abominação é; Levítico 18:22 (obviamente o contrário).”

A passagem em questão diz:

“Nenhum homem deverá ter relações com outro homem; Deus detesta isso.”

Contudo, o que esses Mórmons ignoram, quando citam essa passagem de escrituras, são as outras passagens imediatamente próximas à ela, que perfeitamente contextualizam-na.

No mesmo capítulo:

Levítico 18:19

“Não tenha relações com uma mulher durante a menstruação.”

(Afinal, mulheres mestruando são espiritualmente impuras!)

Levítico 18.8

“Não tenha relações com qualquer outra mulher que pertença ao seu pai. “

(Afinal, poligamia! E mulheres são objetos de posse!)

No capítulo seguinte:

Levítico 19.20

“Se um homem tiver relações com uma escrava que já foi prometida para ser a concubina de outro homem, mas que ainda não foi comprada, nem posta em liberdade, o homem e a escrava serão castigados, mas não serão mortos, pois ela ainda não estava em liberdade.”

(Afinal, escravidão humana e estupro de escravas é aceitável!)

Levítico 19:27

“Não cortem o cabelo dos lados da cabeça, nem aparem a barba.”

(Afinal, homens sem barba, ou com barbas aparadas, desagradam a Deus!)

Levítico 19:19

“Não vistam roupas feitas de tipos diferentes de tecidos.”

(Afinal, Deus abomina as modas modernas de tecidos mistos! O que diria Ele dos Garments de tecidos mistos?)

O contexto para a passagem que indica que Deus deseja que nós discriminemos contra homossexuais é óbvio para qualquer leitor atento.

Mas Mórmons leem as escrituras?

O segundo exemplo é ainda mais icônico para Mórmons, pois não apenas cita uma escritura exclusivamente nossa, não compartilhada pelo resto do Cristianismo, mas porque ignora uma das maiores contribuições Mórmons para o cânone religioso.

2 Néfi 9:28

Oh! Quão astuto é o plano do maligno! Oh! A vaidade e a fraqueza e a insensatez dos homens! Quando são instruídos pensam que são sábios e não dão ouvidos aos conselhos de Deus, pondo-os de lado, supondo que sabem por si mesmos; portanto, a sua sabedoria é insensatez e não lhes traz proveito. E eles perecerão.

Tenho pena de vocês que são contra as novas diretrizes!

O mesmo Livro de Mórmon, de onde membros da Igreja citam essa passagem para se vangloriarem que eles, e apenas eles, são o povo escolhido de Deus porque obedecem sem questionar o que a liderança da Igreja lhes determina, diz, em umas das passagens mais icônicas na literatura Mórmon, isso:

Alma 31:8-25

“Ora, os zoramitas… pervertiam os caminhos do Senhor de muitos modos… Pois haviam construído no centro de sua sinagoga um local para ficarem de pé, que ficava mais alto que a cabeça, em cuja parte superior só cabia uma pessoa. Portanto, quem desejasse adorar devia subir nessa plataforma e estender as mãos para o céu e clamar em alta voz, dizendo: ‘Santo, Santo Deus; cremos que és Deus e cremos que és santo…tu és o mesmo ontem, hoje e para sempre; e elegeste-nos para sermos salvos, enquanto que todos ao nosso redor foram escolhidos para serem, pela tua ira, lançados no inferno; por essa santidade, ó Deus, agradecemos-te; e também te rendemos graças por nos haveres elegido… E novamente te rendemos graças, ó Deus, por sermos um povo eleito e santo.’ Ora, esse lugar era por eles chamado Rameumptom, que quer dizer púlpito sagrado. Ora, quando viu tudo isso Alma ficou triste, porque percebeu que eram um povo iníquo e perverso… viu também que, por causa de seu orgulho, seu coração estava ensoberbecido e eles vangloriavam-se.”

Além de ignorar os conselhos do Profeta Joseph Smith, que publicamente se opôs ao conceito de obediência cega, Mórmons que se vangloriam que outros Mórmons estão abandonando a fé em protesto contra discriminação de crianças por se sentirem “especiais” ou “escolhidos” ao aceitar, ou ser coniventes, com isso, tampouco se lembram desses ensinamentos atribuídos diretamente a Jesus:

Lucas 15:1-4

“Mas os fariseus e os mestres da lei o criticavam: “Este homem recebe pecadores e come com eles”. Então Jesus lhes contou esta parábola: “Qual de vocês que, possuindo cem ovelhas, e perdendo uma, não deixa as noventa e nove no campo e vai atrás da ovelha perdida, até encontrá-la? … Eu lhes digo que, da mesma forma, haverá mais alegria no céu por um pecador que se arrepende do que por noventa e nove justos que não precisam arrepender-se.”

Mateus 19:13-15

“Depois trouxeram crianças a Jesus, para que lhes impusesse as mãos e orasse por elas. Mas os discípulos os repreendiam. Então disse Jesus: “Deixem vir a mim as crianças e não as impeçam; pois o Reino dos céus pertence aos que são semelhantes a elas”.”

Esses Mórmons ou decidiram ignorar, ou simplesmente não leem, as escrituras.

Mórmons leem e estudam as escrituras? Ou apenas os manuais da Igreja, limitando-se a meros relances em passagens mencionadas?

Quais escrituras você acha que são relevantes nesse debate?


Muitos Mórmons insistem no argumento de que devemos seguir o “modelo bíblico de família”, citando Adão e Eva como a primeira família e citando as passagens bíblicas mencionadas acima.

Qual é o “modelo de família” descrito na Bíblia?

Estes são os ensinamentos das escrituras bíblicas sobre casamento e família. Esse é o “modelo bíblico de famílias”.

E esse o tipo de família que queremos incentivar hoje? Ou é simplesmente um caso de Mórmons que não leem a Bíblia? Que não sabem ou entendem o que lá está escrito? Que não sabem por quem foi escrito ou por quê foi escrito?

21 comentários sobre “Mórmons Leem As Escrituras?

  1. As razões pelas quais as uniões homossexuais não são aceitas não se restringem aos preceitos bíblicos. Há toda uma visão sociológica, teológica e antropológica que sustenta sua negativa.

  2. Como em toda religião, temos os “bons” e os “maus” fiéis, respectivamente, aqueles que buscam entender o quê conseguem a fundo e criar uma ideia baseada no bom senso e aqueles que por preguiça mental só fazem questão de aprender o quê lhes é ensinado, esquecendo o bom senso para discernir se o quê aprenderam está certo ou não. O segundo tipo por causa desse comportamento adora criticar aos demais, se posicionando sempre como exemplo perfeito a todos.

    Engraçado que antes de sair do Brasil, admito que por um preconceito besta meu, pensava que não veria tanto o segundo tipo em Utah MAS para a minha surpresa, é um dos tipos que mais vejo por aqui.. E pior aqui eles são muito mais radicais, no sentido de julgarem mais aos demais irmãos e se posicionarem como certos 😦

  3. É muita coisa pra ler, os que ainda não se afastaram vão lendo partes da tríplice (LdM, D&C, PdGV) mais os manuais, podem ver que só os mais velhos e ex missionários entendem de Bíblia.

    Outra coisa: a conversão é muito rápida, pra não dizer quase forçada, não dá tempo de ter conhecimento, basta ser considerado digno ( não fumar, não fornicar, não beber álcool e café) que já enfiam o cara dentro da pia batismal. Depois vem as obrigações… (me dá sono de pensar e nem café posso tomar pra ficar desperto)

    Eu culparia a conversào muito rápida, as metas dos missionários tem que ser atingidas e eles viram batizadores. Se os elders e sisters ficassem pelo menos 1 ano cuidando do progresso de seus discípulos na mesma ala, não haveria tanta gente se batizando e saindo, ou ficando e pagando mico na internet, falando coisas sem conhecimento, xingando.

    Aqui poucos leem, diferente de outros países, vão ler apenas o que for mais “urgente” (Liahonas pra discurso, Manual do Sacerdócio…etc.) A escritura de Lucas que vocês citaram é ótima, mas com tanta coisa pode nem dar tempo de alguém (pelo menos com pouco tempo de igreja ou jovem) chegar nela.
    Pra quem ficar, a igreja pode se tornar um clube, apenas isso, aí adeus escrituras.

  4. Ah, me esqueci de um exemplo: na minha ala, tem um irmão, com 34 anos de igreja, pai de uns dez filhos mais ou menos, um homem culto (aparentemente), mas em quase todas as reuniões do sacerdócio, aquela, sabe, que é a última, que só participa homens maiores de 18 anos (viu? Eu nem sei direito, foi tudo tão rápido) esse irmão fala: “a família está sendo atacada como nunca!”. Eu sei por onde ele vem, deve ser por beijos gays em novelas, declarações de políticos ou até em discursos que ele viu que fala isso. Depois de uma reunião, eu conversei com ele dizendo que “a família é atacada não pelos gays, mas pela cultura de ‘homens gostosões’ que a mídia insiste em mostrar como a ideal, o sujeito sem cultura e estudo acha que aquilo é o certo, faz filhos em mulheres diferentes, não sustenta e as famílias ficam destruídas, sem educadores, com crianças jogadas por aí”, ele apenas baixou a cabeça. O cara não sabe direito o que está dizendo, apenas repete, ele não parou pra pensar o que é realmente um ataque à família.

    As pessoas não se informam, como as sisters que disseram que é mentira que a igreja tem um shopping, inclusive quem me disse que “é mentira”, mora em Provo, perto de Salt Lake, e já esteve lá.

    Pensar dá muito trabalho… é melhor que façam isso por nós… não deixem a luz na nossa cara, deixem a gente dormir em paz…

  5. Lamentável que na ilustração acima não haja nenhuma criança negra junto ao Salvador!!! Penso que tudo vai depender do hábito, da cultura , da prática de leitura do sujeito. Uma leitura, pra mim, nada interessante é o Livro de Mórmon, eu o lia, mas nunca foi aquela leitura que me fez querer mais e mais. Atualmente estou lendo a Bíblia Sagrada traduzida do Grego, tem sido pra mim, um encontro significativo com Deus. Foi lendo Levitico há algum tempo atrás que encontrei uma escritura pouco mencionada como do Antigo Testamento, eu compartilho-a, pois acho relevante para esse debate:
    “Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Eu sou o Senhor” (Lev. 19:18)

    • Estou lendo a Bíblia tambén dá uma paz… os quatro evangelhos são uma obra de arte. Se o pessoal lesse, jamais agiriam como alguns agem, feito gado cego e agressivo.

      • Tiago, tua referência ao “gado” me fez lembrar de uma música do Zé Ramalho, que eu gosto muito: “Admirável gado novo”, Vocês que fazem parte desta massa, que passa os projetos do futuro.É duro tanto ter que caminhar e dar muito mais que receber. E ter que demonstrar sua coragem à margem do que possa parecer. E ver que toda essa engrenagem, já sente a ferrugem lhe comer. Ehh ôô vida de gado, povo marcado ê… povo feliz (…) O povo foge da ignorância, apesar de viver tão perto dela e sonham com melhores tempos idos, contemplam essa vida numa cela. Esperam nova possibilidade de verem esse mundo se acabar. A arca de Noé, um dirigível, não voam nem se pode flutuar, não voam nem se pode flutuar!” Minha sincera homenagem a todos que só limitam-se aos meros relances de escrituras mencionadas.

    • Quantos não-Mórmons você acha que reclamariam que citar Brigham Young defendendo escravidão humana seria “tenta[r] destrui[r]” a “[sua] fé”?

      Não se acanhe. Comentários similares a esse recebemos aos montes na nossa página no Facebook. Se preferir, podemos trocar essa por outra de lá, que não mudará absolutamente nada o artigo.

  6. Não importa se se as pessoas leem as escrituras sagradas, o mais importante é ter poder de entender elas. Pelo que noto, a grande maioria só fala as coisas baseado no que outro falou, mas na realidade nunca param para pensar no que falam e opinam. O homem pode ler 20 vezes as escrituras, mas se não entender elas, isso é o mesmo que nada. Conheço um que lê escrituras todos os dias, mas rouba, faz tranquibiques, e engana outros e mesmo assim o lider religioso acha ele um membro sensacional, fabuloso, um exemplo na sociedade. Dai se percebe do porquê de muitos afastarem dessa crença, se o próprio lider acha maravilhoso isso, então não há sentido para os que sofrem isso continuarem.

  7. Infelizmente, é difícil concordar mas … A grande maioria dos Mórmons (no Brasil), não fazem das escrituras sua refeição principal. Fazem a TV sua refeição mais importante. As reuniões da igreja como escola dominical, auxiliares, reunião sacramental são aperitivos somente. Conferencia de estaca? Sessão de sábado a noite?? Meia dúzia de gatos pingados! Conferencia Geral? A grande maioria ficam em casa pois consideram a conferencia “Folga da igreja” e se comparecem, comparecem em uma única sessão e saem de lá felizes por dizer: Eu assistia Conferencia Geral!
    Conheço membros antigo que nunca leram o LM. O parco conhecimento que tem é adquiridos nas 3 horas semanais que vão a igreja. É desanimador!

    • Ligia, acrescentaria no teu comentário em que “a grande maioria dos mórmons daqui não fazem das escrituras sua refeição principal,” a liderança do sacerdócio. É notória a falta de conhecimento escriturístico e dá pra perceber pelas próprias escrituras, que não são manuseadas com frequência, pois as mesmas permanecem com páginas limpas, sem marcações. Ainda há membros que demonstram isso, quando não sabem localizar a escritura, se a mesma é no LM, D&C, Bíblia. Mas quanto à Conferência Geral, não é preciso ir à igreja, pois hoje se tem acesso à internet, dá para assistir no conforto de casa, nós aqui fazíamos isso, tomando um gostoso chimarrão. Tem membros que preferem ir à capela, porque acreditam que lá o “Espirito é mais forte”, pra mim, não faz diferença, se ele confirmar na minha mente e coração, não importa, “pois se dois ou mais estiverem reunidos em meu nome, ali estarei eu no meio deles”, eu creio nestas palavras de Jesus Cristo, com certeza!

      • É verdade Lisiane, é notório a falta de conhecimento escriturístico de alguns membros em geral. Nossa cultura contribui muito pra isso!
        Agora minha amiga, assistir a Conferencia Geral na minha casa sentada no sofá eu confesso que não terei o mesmo desempenho que na capela. Da última vez que tentei assistir na minha casa eu tive que puxar uma cadeira e permanecer nela o tempo todo porque o sofá é um instrumento dos inferno nesta ocasião rsrsrsrsrsrsr. Se eu tomar um chá, aí que durmo mais rápido, se bem que o chimarrão é um excelente estimulador mental, pena que aqui no sudeste não temos esta tradição.

  8. Esse site está cada vez mais fraco em suas argumentações…. Qualquer estudando mediano da escola dominical sud ou mesmo de outras denominações sabe que não nos guiamos mais pela letra da lei de Moisés e sim pela graça do evangelho de Cristo.Todas essas passagens e essas argumentações mencionadas estariam corretas se vivêssemos debaixo da lei mosaica. Tanto o livro de Mórmon quanto o novo testamento ensinam isso amplamente. Mais uma vez digo que os escritores desse site parecem não conhecer a Bíblia e se a conhecem não a compreendem nem minimamente. Pois bem, vamos então ao novo testamento que apresenta o evangelho de Cristo pelo qual todos os cristãos( mórmons, protestantes, católicos…) se guiam:

    De igual modo, os homens também abandonaram as relações sexuais naturais com suas mulheres e se inflamaram de desejo sensual uns pelos outros. Deram, então, início a sucessão de atos indecentes, homens com homens, e, por isso, receberam em si mesmos o castigo que a sua perversão requereu. ( Romanos 1: 27,28)

    I Coríntios 6, 9-10 – Acaso não sabeis que os injustos não terão parte no reino de Deus? Não vos iludais: nem fornicadores, nem idólatras, nem adúlteros, nem EFEMINADOS, nem sodomitas, nem ladrões, nem gananciosos, nem ébrios, nem maldizentes, nem rapaces terão parte no reino de Deus.

    Essas passagens são tão básicas, mas tão básicas que mesmo um católico não muito praticante as conhece , no entanto, os autores do VM parecem não conhecer… lamentável…

    • Muito interessante o seu comentário, José Carlos.

      Ressalvas para alguns erros seus:

      1) “Qualquer estudando mediano da escola dominical sud ou mesmo de outras denominações sabe que não nos guiamos mais pela letra da lei de Moisés e sim pela graça do evangelho de Cristo.”

      E, não obstante, os “estudandos” continuam citando a Lei de Moisés para “provar” que Deus condena homossexuais.

      A culpa aqui é parcialmente nossa. Parecia-nos óbvio, no artigo, para qualquer pessoa alfabetizada que estávamos usando exemplos que são comuns entre Mórmons, e Cristãos em gerais. Achávamos que era óbvio para “estudandos” que esses exemplos acima foram literalmente copiados de argumentos de Mórmons enviados para nós como defesa das políticas homofóbicas da Igreja.

      Deveríamos ter deixado isso mais claro, talvez. Estamos discutindo a possibilidade de montar desenhos lúdicos para explicar os nossos textos.

      2) “Todas essas passagens e essas argumentações mencionadas estariam corretas se vivêssemos debaixo da lei mosaica. Tanto o livro de Mórmon quanto o novo testamento ensinam isso amplamente. Mais uma vez digo que os escritores desse site parecem não conhecer a Bíblia e se a conhecem não a compreendem nem minimamente.”

      Isso é totalmente culpa nossa. Parecia-nos óbvio, no artigo, para qualquer pessoa alfabetizada que tratava-se de uma crítica a pessoas que usam a Lei de Moisés para determinar a “vontade de Deus”.

      Naturalmente, nós não fomos claros o suficiente, pois você não compreendeu isso.

      Talvez isso lhe ajude a compreender o texto do artigo acima: Nós não advogamos usar a Lei de Moisés para determinar quais mandamentos Deus exige de Cristãos hoje. Nós estamos demonstrando a ironia de Mórmons, e demais Cristãos, ao usarem alguns pontos na Lei de Moisés ignorando quase todos os outros seletivamente para justificar preconceito e discriminação e abrogar para si as determinações bíblicas que não lhes convém.

      Realmente deveríamos ter deixado isso mais claro. Você acha que desenhos lúdicos explicando o texto teriam lhe ajudado?

      3) “Romanos 1: 27,28” “I Coríntios 6, 9-10” “Essas passagens são tão básicas, mas tão básicas que mesmo um católico não muito praticante as conhece , no entanto, os autores do VM parecem não conhecer… lamentável…”

      Como havia lhe explicado acima: “Nós estamos demonstrando a ironia de Mórmons, e demais Cristãos, usarem alguns pontos na Lei de Moisés ao usarem alguns pontos na Lei de Moisés ignorando quase todos os outros seletivamente para justificar preconceito e discriminação e abrogar para si as determinações bíblicas que não lhes convém.”

      Bom, onde estava escrito “Lei de Moisés”, na verdade deveria ler-se “Bíblia”. (Ou mesmo “obras padrão”!) E é justamente isso que você está fazendo aqui. Porquanto você rapidamente defende essas mandamentos do Novo Testamento que condenam homossexualidade, você ignora mandamentos do Novo Testamento que não lhe convém:

      * Mulheres não devem falar em público;

      * Mulheres não podem chefiar ou liderar homens em quaisquer capacidades, no lar ou fora do lar;

      * Mulheres devem ser completamente submissas e obedientes a seus maridos, mesmo aos que sequer são bons Cristãos;

      * Discípulos fieis devem abandonar (e até trair) seus familiares, seus pais idosos, seus filhos pequenos, seus cônjuges, seus irmãos e irmãs, em nome da fé;

      * Escravidão humana é normal e aceitável, e escravos devem aceitar sua escravidão como um chamado divino;

      * Celibato é o estado civil ideal;

      * Mulheres que divorciam-se não podem se casar novamente com outro homem, nunca, jamais;

      * Cristãos não devem receber em casa ou mesmo cumprimentar pessoas que não teem as mesmas crenças.

      Bom, 8 exemplos bastam para ilustrar o quanto você está escolhendo ignorar, ou realmente ignora sem dar-se conta, do Novo Testamento. Poderíamos listar mais dezenas de exemplos, mas não precisamos ser exaustivos, apenas demonstrativos.

      O que é realmente lamentável, José Carlos, não é que em todo o seu comentário, você demonstrou-se incapaz de levantar um argumento inteligente ou logicamente válido.

      O que é realmente lamentável é que você demonstrou-se incapaz de compreender o cerne do artigo acima e exibiu, com o seu comentário, um perfeito exemplo da ignorância bíblica que estamos aqui criticando. E isso nos entristece pois demonstra que o nosso artigo não foi competente o suficiente para lhe conscientizar e incentivar a estudar para superar essa sua incompetência básica.

      E isso é culpa nossa.

      De verdade, você acha que os desenhos lúdicos ajudariam?

  9. Sabemos que neste sítio há fortes apologistas a união homoafetiva e ao movimento LGBT, que são homossexuais assumidos e que defendem ferrenhamente sua visão(que na minha opinião é totalmente partidária e contra ao que foi ensinado por Deus desde a pré-existência até os confins da terra e pelo seus santos profetas de todas as dispensações,incluso Cristo) e opinião sobre as “perseguições” de A Igreja de Jesus Cristo Dos Santos Dos Últimos Dias a estes.

    Mais uma vez a minha ignorância,escriturística,social,filosófica,etc(homofobia se assim quiserem taxar) e por fim talvez a minha relação com o Espírito Santo esteja aquém de maneira que não mais posso reconhecer o certo do errado, tendo a minha idoneidade comprometida pela cauterização do verdadeiro significado do amor, contudo afirmo em minha loucura que a HOMOSEXUALIDADE E TAMBÉM QUALQUER PRATICA PROFANA ADVINDA DAS RELAÇÕES SEXUAIS ENTRE UM HOMEM E UMA MULHER QUE NÃO SÃO LEGALMENTE CASADOS SÃO ABOMINAÇÃO AO SENHOR.

    Que o eterno Heloim, registre este meu testemunho neste site e me julgue e condene ao inferno(porque talvez por pensar assim não mereça um grau de glória se quer) se estiver errado.

    Espero continuar expressando livremente a minha opinião no sitio e receber criticas construtivas sobre qualquer comentário que tenha ofendido os moderadores,participantes ou a política de comentários do site.

Deixe um comentário abaixo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s