Fui Estuprada e a Igreja Mórmon Mandou Arrepender-me

Um amigo me deu uma “droga do estupro” e eu engravidei. Minha Igreja me ordenou a arrepender-me.

Após anos de silêncio, eu não tenho mais medo.

Droga do Estupro

Eu fui criada como uma mórmon. A maior parte do tempo eu era uma garota decente. Fui à igreja todos os domingos e participava das atividades semanais com outros jovens mórmons.

Durante minha adolescência, às vezes, eu escorregava e aprontava. Sem problemas – eu confessava ao bispo, recebia a proverbial palmatória, e seguia adiante com a minha vida.

Contudo, em 2004, fiquei grávida. Eu tinha 17 anos e estava no último ano no colégio, a apenas algumas semanas da minha formatura.

Foi muito pior do que apenas isso.

Antes de engravidar, um amigo meu me deu uma carona a uma festa do ensino médio que duraria toda a noite. Ele me ofereceu algumas pílulas de cafeína, prometendo que iria me dar energia suficiente para ficar acordada a noite toda e me divertir. Tomei-os sem nem pensar duas vezes. Eu não tinha idéia que eram, na verdade, Klonopin®, uma droga usada para o tratamento de convulsões e pânico.

Klonopin® também é comumente usado como uma droga de estupro.

Aparentemente, eu passei a noite andando e falando antes de deixar a festa, que teve lugar na escola secundária. A festa fora acompanhada por professores e pais voluntários. Supostamente era para ser um espaço seguro para os formandos. Então o que aconteceu?

Eu não sei. Eu não me lembro. Eu completamente apaguei.

De alguma forma, eu consegui chegar em casa. No dia seguinte, eu acordei na minha cama, mas eu sabia que algo estava errado. Eu estava com medo de ser punida, então eu fiquei quieta.

Semanas mais tarde, descobri que estava grávida. Eu não contei a ninguém, exceto à minha melhor amiga. Era para eu ir para a BYU, uma universidade da Igreja Mórmon, dali alguns meses. Eu sabia que se o meu segredo viesse à tona, eu perderia minha matrícula na faculdade.

Eventualmente, eu tive que contar a meus pais. Eu nunca tinha sido boa em manter segredos, e uma gravidez na adolescência era a mãe de todos os segredos. Além disso, eu tinha muitas náuseas matutinas e foi ficando cada vez mais difícil explicar os vômitos constantes. Um detalhe levou a outro, e logo toda a história veio vertendo para fora de mim, incluindo a forma de como eu tinha tomado comprimidos e apaguado e pensado que talvez eu tivesse feito coisas que não deveria ter feito naquela noite.

Já mencionei que o cara que me drogou era um amigo mórmon? Bom, ele era. Sua família vivia a poucas ruas de nós e pertencia à nossa congregação. Nossas famílias jantavam juntos. Ironicamente, ele foi uma das poucas pessoas em quem meus pais confiavam para ficar comigo a sós.

Minha mãe ligou para sua mãe, e os dois vieram para uma longa conversa. Ele admitiu que tinha me drogado com Klonopin®, porque ele achou que seria “engraçado”. Mas ele insistiu que não tinha feito sexo comigo. Ele disse que perdeu a noção de onde eu estava durante a festa, e achado que eu tivera acabado recebendo uma carona para casa com outra pessoa. Um monte de perguntas sobre o que aconteceu comigo naquela noite não estavam recebendo nenhuma resposta.

A situação foi ficando cada vez mais complicada, por isso a minha mãe pediu ao bispo para vir ajudar. Olhando para trás, um líder de igreja deveria ter me fornecido conforto e orientação e me explicado que não fora culpa minha. Ao invés disso, fui pressionada a confessar os meus pecados. Consultas regulares foram agendadas para mim para que eu me encontrasse com o bispo, para que pudesse começar a me arrepender.

Quando a BYU soube que eu estava grávida, como imaginara, eu fui expulsa. Sob nenhuma circunstância eles iriam permitir que uma adolescente grávida solteira fosse uma de suas alunas. Minha mãe insistiu com eles ao telefone, tentando explicar as circunstâncias, mas eles se mantiveram firmes. Estar grávida significava que eu tinha tido sexo antes do casamento, e isso significava que eu tinha quebrado o seu Código de Honra.

Fui chamada diante de um conselho disciplinar para ser julgada por meus pecados. Um conselho disciplinar é composto de portadores do sacerdócio. Você tem que ser um homem para portar o Sacerdócio na Igreja Mórmon. Eu fui deixada sozinha em uma sala cheia de homens adultos, e eles decidiram o meu destino.

Para meu alívio, não foi excomungada. Contudo, eu passei por um processo de arrependimento horrível e humilhante, que durou tanto tempo quanto a minha gravidez. Passei a maior parte desses nove meses sozinha no meu quarto, chorando sobre as páginas do Livro de Mórmon e orando a Deus que me perdoasse.

Depois de colocar o meu bebê para adoção, eu finalmente recebi o selo do perdão. Mas havia uma ressalva: Disseram-me para não discutir as minhas transgressões, porque, como meu bispo me disse, falar sobre um pecado é o mesmo que repetir um pecado.

Então eu fiquei em silêncio. E tentei ser uma boa garota mórmon.

Eventualmente, conheci um rapaz mórmon e tivemos um casamento mórmon. Eventualmente eu me senti segura o suficiente com o meu novo marido para lhe contar o que tinha acontecido comigo.

Ele ficou bravo.

Eu esperava essa reação.

O que eu não esperava era que não era comigo que ele estava chateado. Ele estava irritado com a Igreja Mórmon por me tratar como a autora do crime. Isso me chocou. Todo esse tempo, eu estava convencida de que eu era a única culpada.

Juntos, meu marido e eu finalmente deixamos a Igreja Mórmon.

Nossa saída parece hoje inevitável, mas para mim, o que me acordou de verdade foi o apoio da Igreja Mórmon à Proposição 8 na Califórnia. Eu não estava de acordo com as suas políticas antigay, então saí. Foi surpreendentemente simples assim.

Deixar o mormonismo finalmente abriu os olhos para a injustiça que havia sido feito contra mim anos antes. Eu percebi que não havia sido culpa minha. Eu não era uma pessoa má.

Agora, eu sou a pessoa com raiva. Estou com raiva porque a cultura de estupro e a acusação de vítimas ainda é um problema em nossa sociedade, e não sei o que vai fazê-lo melhorar.

Eu gostaria que alguém tivesse me defendido anos atrás, quando era uma adolescente grávida e solitária. Talvez eu possa ser essa pessoa para os outros. Eu vou compartilhar a minha história. Eu vou fazer o que for preciso para ser ouvida.

Depois de anos de silêncio, eu já não tenho mais medo.


Jayme AllenJayme Allen é uma escritora e comediante de Chicago. Atualmente está em tour pelos EUA com seu show de stand up entitulado “Não Há Café No Céu“.

Artigo publicado originalmente aqui. Traduzido e reproduzido com permissão.

42 comentários sobre “Fui Estuprada e a Igreja Mórmon Mandou Arrepender-me

  1. Juliana, a igreja de facto é de Cristo e não dos homens, porém a definição de igreja para Cristo não é a mesma que é para os homens. Os homens acham que a igreja de Cristo seja a instituição ou a corporação no caso da igreja SUD, para Cristo e para os verdadeiros Profetas tanto na Bíblia como no Livro de Mórmon e também para Joseph Smith, a igreja de Cristo são as pessoas que se arrependem e seguem Jesus Cristo independentemente de qual instituição elas pertencem. (Ver D&C 10:67-68) No Livro de Mórmon há várias escrituras onde o Senhor e seus servos definem a igreja como sendo nada mais nada menos que um grupo de pessoas que acreditam em Cristo. A sua ideia de defender a instituição não tem fundamento escrituristico. Sim, os líderes locais são na maioria pessoas boas e voluntários com boas intenções mas no topo da igreja , líderes vivem uma vida com grande conforto e privilégio sustentados com o dinheiro do dízimo, algo que por sua vez é condenado no Livro de Mórmon.

  2. Olha já fui membro e não vou a cerca de 3 anos e já vi historias parecidas e essa é obvio esta mal contada.
    A igreja mórmon já mais obrigaria ela a por a criança a adoção lembrando que qualquer pessoa que fosse submetida a uma oferta dessas imediatamente entraria com ações judiciais contra a igreja.
    Obvio que ela não teve culpa do estrupo e é obivio que a palavra de sabedoria fala pra não usar nada que contenha cafeína por isso muitos nem coca cola tomam e muitos tomam pq cada um é dono do seu nariz.
    Exemplo vou a casa de uma amiga mórmon e ela me oferece um copo de café? Opa isso me leva a pensar será que é um membro fiel?
    Bom ela mesmo revela já ter dado varias escorregadas oque significa não ser a primeira vez que decide descumprir doutrinas da igreja que servem apenas para proteger membros de situações de risco.

    Muitos ai estão falando mais um mórmon retardado né.
    Bom eu passei por um processo muito semelhante ao dela

    Eu e mais uma moça da igreja passamos por isso pois quebramos a lei da castidade por se manter em um quarto fechado sozinhos coisa que a igreja tambem diz não ser muito bom

    Resumindo não seguimos um dos conselhos da igreja oque resulto na quebra de um dos maior mandamento delas e sim a igreja seguiu com o seu processo de arrependimento com nos dois e tanto eu quanto ela achamos justo pois nos submetemos a cituaçoes que facilitaram a quebra da castidade sabíamos q tínhamos errado e de fato tinhamos .

    Agora eu pergunto e se eu e ela não ficasse trancado no quarto sozinhos como a igreja ensina teríamos quebrado a lei da castidade ali e na quele momento?

    E se a moça que aceitou um comprimido de cafeína que membro fiel não toma se perguntasse devo quebrar a palavra de sabedoria ?

    Devo quebrar esse mandamento só porque um outro membro tambem quebra?

    Sera que na quele momento ela seria estrupada?

    De fato eu digo que se tivesse seguido os conselhos da igreja na quele momento ela dificultaria tal estrupo e provávelmente o evitaria.

    E ter aceitado não a faz culpada do estrupo nunca e jamais faria mas foi o aceitar quebrar a palavra de sabedoria que fez ela passar por tudo isso. o tal amigo dela nunca falaria pra ela tomar algo que iria facilitar o estrupo com ela sabendo oque era então ofereceu algo que acreditava que ela aceitaria mesmo sendo contra os mandamentos.

    Não vi ela se pronunciar ao punimento do rapaz mas a posto que o mesmo sofreu tambem um conselho recebendo uma ponição e espero que o mesmo tenha sido escumungado.

    Devo ressaltar que no processo meu e da Moça frequentemente nos encontrávamos com os lideres para falar com eles e saber como estava sendo nosso processo de arrependimento nunca fomos desrespeitados e a igreja nunca nos desamparou, nunca fomos julgados como membros infiéis e pecadores e sim como ser humanos que erram e aprende com os erros e se arrepende e se tornam cada vez melhores ou piores de pende de cada um né.

    Relato de um ex membro
    Que usa todos os ensinamentos bons da igreja de Jesus cristo dos santos dos últimos dias ou mórmons ou sud como voces conhecerem uso todos esses ensinamentos em minha vida particular fora da igreja pois todos julgo importante pra preservar minha integridade e de minha família

    Lembro a vocês que não vou a igreja a cerca de 3 anos e parei de ir por não cumprir tudo que a igreja aconselha
    Acho melhor não me rotular como mormo pois não sigo a risca oque um mormo fiel deve seguir e lembro a vocês que membros infiéis existem em todas a igrejas no mundo e todos sabem que até padre estrupador existe nesse caso devemos nos perguntar é a igreja católica que ensina isso a tais padres ou um erro individual do padre que cometeu o estrupo?

    Os membros lideres que participaram do processo aplicado na jovem agiram certo? Obviamente não se o relato for verdadeiro e o ocorrido for exatamente assim mas isso faz da igreja errada ? Acredito que essa historia esta longe de estar bem contada

    A moça que passou pelo processo comigo fez missão tem familia firme na igreja e são grandes amigos meu ela e o novo marido dela mesmo eu nem sendo mais um membro

  3. Fábio só sabe das estórias que são contadas na internet sobre a igreja. Magnólia o que a Juliana disse não é um clichê. Sou membro a 23 anos e minha crença é que a igreja SUD é a igreja de Cristo. Digo por vivência e não por pesquisa. Estudo sobre Cristo nos evangelhos, e posso garantir que não existe nada escrito que não venha a nos ensinar e a nos aconselhar a servir ao próximo. Aprendemos esse principio ensinado por Cristo desde pequenos, pois estudamos sobre Cristo durante a semana, nos reuniões nos finais de semana como muitos cristãos tomamos o sacramento, para relembrar o seu sacrifício. Somos convidados a seguir a Cristo, sendo amorosos, bondosos, honestos e virtuosos. Temos projetos humanitários em nossa comunidade, projetos nacionais, apoiamos instituições internacionais como a Cruz Vermelha, entre outros. Estamos sempre nos esforçando para servir como Jesus pregou. Convido todos a assistirem uma reportagem que a TV Bandeirantes fez sobre a igreja, são 5 episódios, estão disponíveis no Youtube e todos poderão ver que amamos a todos independente de sua religião, poderão ver para onde realmente vai nosso dízimo. Nós já ajudamos a reformar igrejas católicas através do projeto mãos que ajudam, nossa são tantas coisas que eu podia escrever um livro. Eu amo esse evangelho, que me ensina a servir como Cristo serviu! Posso sentir a presença do Espirito Santo fortemente quando estou servindo e orando. Procurem conhecer realmente a igreja SUD, mesmo que vocês não venham a filiar-se, conhecerão a verdade sobre nós e poderão nos ajudar nesse trabalho grandioso de ajudar e amar ao próximo.

    • Jyany nao entendi bem seu comentario, mas o meu comentario anterior foi sobre o fato de as escrituras tanto D&C e o Livro de Mormon ensinarem que a verdadeira igreja de Cristo nao e a instituicao e sim qualquer grupo de pessoas ou uma comunidade que segue a Cristo, isso e comprovado varias vezes no LM e revelado pelo proprio Senhor em D&C10:67-68. Todas as outras coisas que vc falou em seu comentario sobre a Igreja SUD as outras igrejas tambem fazem, de fato ha outras institucioes nao religiosas que tambem ajudam muito pessoas necessitadas em todo mundo. Voce afirma sentir o Espirto fortemente quando esta servindo o proximo e orando, evidentemente que qualquer pessoa que sirva o proximo e ore a Deus ira sentir o Espirito fortemente independente de que religiao eles pertencem, O Espirito Santo nao esta limitado a nenhuma religiao e nenhuma religiao e dona da franquia do Espirito Santo, ele pode se manifestar a qualquer pessoa em qualquer lugar, no Livro de Mormon vemos varios exemplos disso, mesmo quando nao havia nenhuma igreja estabelecida. Joseph Smith teve visoes e revelacoes mesmo antes da igreja ser estabelecida, os membros que recebem um testemunho sobre a restauracao atraves do Espirito Santo recebem antes de se batizarem, isso prova que o Espirito Santo nao pertence a nenhuma organizacao. Os projetos humanitarios e as doacoes da igreja ja foram discutidas aqui, ja foram publicadas pela propria igreja e pela midia Americana e infelizmente os numeros nao sao favoraveis a igreja, ela doa muito pouco(menos de 1% de sua arrecadacao) em relacao ao quanto recebe, nao ha como argumentar contra esses fatos. Para concluir, nao creio que nenhum artigo publicado aqui tenha acusado ou indicado que a igreja nao faz nada para ajudar ninguem ou que os membros sao pessoas que nao ajudam ninguem, o problema e que no seu desespero em defender rapidamente a instituicao, voce falhou em ler e compreender o artigo ou os comentarios.

  4. Sou membro ativo, já fui inativo também, minha opinião sobre esse assunto é a seguinte : OS LÍDERES ERRARAM FEIO, ERRARAM DEMAIS!!! seu eu fosse o líder dela, não teria deixado chegar num ponto desses… não teria exposta a menina a um conselho disciplinar… Cristo consolou a adultera! pq Ele não consolaria uma vítima de estupro!?

    Mas as atitudes de líderes não pode afetar a imagem da mensagem da restauração! ou será que o fato de Pedro ter negado Cristo 3 vezes, ou Judas tê-lo traído com um beijo, torna a mensagem de Cristo menos pura? menos válida?

    Conselho que eu dou para aqueles que pecaram (ou no caso da moça, que sofreu as consequências do pecado de terceiros) RESOLVAM COM DEUS, TUDO QUE PUDEREM RESOLVER! evitem envolver bispos e lideres em geral em suas vidas pessoais, o bispo só vai saber oq vc contar pra ele!!! Eu passei por um conselho disciplinar, que teve tapas na mesa, gritos, ameaças de fogo do inferno, não me ajudou em nada, me afastei da igreja, quase perdi meu testemunho, a igreja é de Cristo, mas os líderes são tão falhos como nós! Deus te escuta, fale com ele, e não use meu conselho como uma desculpa pra pecar, mas se pecarem, resolvam com DEUS, poucas vezes vi um conselho disciplinar ajudar as pessoas…. se essa moça fosse minha filha, a levaria a um psicólogo e não ao bispo. Eu leria as escrituras com ela, pra ela entender o amor de Cristo, pra que ela soubesse que eu estava do seu lado!

  5. Recentemente, soube de um “caso” entre 2 membros, ele casado, ela solteira, adivinhem qual dos 2 foi excomungado?

    Ela é claro, mas vejamos, ele por portar o sacerdócio, casado, tendo quebrado todas as regras, não teria que ser excomungado também?

    Deveria sim, mas não foi.

    E é esta discriminação agressiva e xiita contra as mulheres que se opõe totalmente ao verdadeiro Cristianismo.

    Jesus jamais pregou tal discriminação, logo isto não é de Cristo, não mesmo!

    • Evandra conheci vários que batiam nas esposas desde que me batizei, e a liderança sabia de tudo e eles nunca foram excomungados e nunca serão, enquanto elas….

      • Isso é muito triste…
        No “Sempre fiéis” (um dos livros preparados para servir como referência nos ensinamentos da igreja de Jesus Cristo dos Santos dos últimos dias) está escrito claramente “[…] Constituem violação das leis da sociedade e estão em total oposição aos ensinamentos do Salvador. O Senhor condena o comportamento abusivo em qualquer de suas formas—física, sexual, verbal ou emocional. Tal comportamento pode levar a pessoa à ação disciplinar da Igreja.” E também diz,que se caso a pessoa abuse ou maltrate alguém,deve “[…]arrepender-se desses pecados. Peça ao Senhor que lhe perdoe. Peça perdão àqueles a quem você prejudicou. Converse com o seu bispo ou presidente de ramo para que ele possa ajudá-lo no processo de arrependimento e, se necessário, para ajudá-lo a receber mais aconselhamento e ajuda. (ver Abuso ou maus-tratos).
        Isso que estão fazendo “apenas ignorando” não está de acordo.

  6. Gostaria de saber mais sobre a doutrina mórmon, sou membro da igreja mórmon, pra ser sincera eu não sinto nada o que o povo disse sobre os sussurros do espírito, sinto-me um peixe fora d,”água.

    • Eu comecei a frequentar a igreja com 7 anos, e já me batizei com 8 anos. Depois de um tempo,me sentia também um peixe fora d’agua,as meninas todas,faziam discurso do seu testemunho,falava sobre a presença do espírito santo,eu achava maravilhoso,mas ainda não tinha sentido aquilo,depois de um tempo minha mãe se afastou da igreja,e eu continuei indo,todavia,continuei com esse sentimento de “vazio’.
      Eu era fascinada pela missão,e queria muito ser uma Sister,mas… Eu não sabia mais o que fazia lá,e pensei “se for pra ser,Deus proverá,mas agora eu só vou me afastar”,isso eu tinha 13 anos. Parei de frequentar a igreja. Agora com 17 anos,por acaso,visitei e estou voltando frequentar e a tentar viver os mandamentos,ler as escrituras,realmente tentar. Tenho muitas dificuldades, já wueinha fé diminuiu muito nos últimos tempos por estar afastada.
      Estou frequentando,me sinto ainda um peixe fora d’água, mas penso que se eu continuar fervorosamente, uma hora eu consigo, é tudo no tempo de Deus.
      Acho que quando eu for para a missão eu terei meu testemunho, forte como eu nunca tive antes.
      E agora frequentando,percebo que a minha família está mais unida,principalmente por conta das noites familiares (minha mãe também voltou a frequentar).
      Acredito que você “vai se encaixar” (visitar outras alas, e conhecer novas pessoas dessas alas pode chegar a ajudar).
      Assim como eu ainda não me sinto “encaixada”,mas acho que uma hora eu me encaixo kkk
      Só peço que não desista de Deus,pois ele não desistiu e nem desistirá de você.
      Beijo

  7. Vocês deveriam ter vergonha de inventar tantos absurdos sobre a Igreja De Jesus Cristo Dos Santos Dos Últimos Dias .
    Logo se vê que deve ser membro afastado ou de uma outra denominação.
    Toda verdade o Senhor revela e revelará . Arrependam-se de tamanhas apostasias

  8. Nunca vi site mais apostata e mentiroso quanto esse. Quem publica essas coisas é realmente uma pessoa digna de pena…

Deixe um comentário abaixo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.