O Profeta Índio. Ou Joseph Smith?

A evolução da doutrina mórmon ao longo da história deixou muitas marcas nas obras publicadas pela Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, incluindo o próprio Livro de Mórmon. O exemplo a seguir mostra como uma profecia específica em 2 Néfi 3:24 teve sua interpretação reformulada em décadas recentes.

pexels-photo-227578.jpeg

Esquecendo os lamanitas? Imagem: John Rocha.

Numa porção do Livro de Mórmon que santos dos últimos dias acreditam se referir à restauração do evangelho original, há a menção a um personagem futuro:

E levantar-se-á entre eles um poderoso que praticará o bem, tanto em palavras como em obras, sendo um instrumento nas mãos de Deus, com fé extraordinária para operar grandes maravilhas e fazer o que é grandioso aos olhos de Deus, a fim de levar muita restauração à casa de Israel e à semente de teus irmãos.

Alguns mórmons dos séc. XIX e XX identificavam esse personagem como um futuro “profeta índio” ou “profeta lamanita”. Na edição em espanhol do Livro de Mórmon lançada pela missão mexicana em 1920, por exemplo, as notas de rodapé elaboradas por Rey Lucero Pratt, então presidente da missão, faziam questão de esclarecer aos modernos descendentes dos lamanitas que o hombre poderoso referido no versículo acima era un profeta Lamanita.

Livro de Mórmon da missão mexicana, 1920.

A interpretação acima sobreviveu por mais algumas décadas, sendo inclusive mencionada pelo então apóstolo Spencer W. Kimball em uma Conferência Geral em 1947. Falando sobre a tarefa dos santos dos últimos dias para com os povos indígenas,  Kimball menciona o futuro profeta índio:

E no dia em que seu profeta virá, um se levantará

(. . .) entre eles um poderoso (. . .) sendo um instrumento nas mãos de Deus, com fé extraordinária para operar grandes maravilhas (2 Né. 3:24).

Irmãos e irmãs, o florescimento dos lamanitas está em nossas mãos. Que não falhemos com eles, eu oro, em nome de Jesus Cristo. Amém.

Tanto  na versão impressa quanto online, a edição em inglês do Livro de Mórmon traz uma nota no versículo 24 para uma lista de referências a Joseph Smith, ligando o versículo em questão aos anteriores e eliminando o futuro personagem lamanita vislumbrado por Rey Pratt e Kimball. A mesma nota de rodapé referindo a Joseph Smith não se encontra nas edições atuais em espanhol ou português.

As edições mais recentes de publicações sobre o Livro de Mórmon  para a Escola Dominical, Seminário e Instituto de Religião não abordam especificamente o versículo 24. Uma publicação de 1989 do Religious Studies Center da BYU ainda traz, no entanto, uma referência ao discurso de Spencer W. Kimball. A interpretação de Kimbal foi até mesmo citada em uma carta a um jornal local em referência ao debate sobre imigrantes nos EUA, em 2006, mostrando a longevidade da doutrina.

A mudança interpretativa do versículo provavelmente está relacionada ao abandono da tradição especulativa mórmon existente no séc. XIX e ao mais recente e sutil abandono — ainda em processo — da própria ideia de “lamanitas” por parte da Igreja SUD. Além disso, deve ser melhor apostar que toda restauração já foi feita do que esperar por uma restauração ainda futura para povos descendentes dos lamanitas.

Há ainda, imagino, uma questão semântica em torno da palavra “profeta”. Numa igreja onde “profeta” passou a descrever um cargo na sua hierarquia, um corpo hierárquico exclusivamente branco talvez não queira alimentar esperanças de um conjunto de membros latino-americanos, majoritariamente não-brancos, ter um “um profeta” entre eles.

Agradeço a Sergio Pagaza, diretor do Museu da História do Mormonismo no México, pela foto do Livro de Mórmon acima.

 Leia também

Uma Posteridade Branca e Deleitosa: Ameríndios e as Origens do Casamento Plural

Thomas Monson Intimado em Caso de Abuso Contra Crianças Indígenas

Segundo Manuscrito do Livro de Mórmon Publicado

Spencer Kimball: O Dia dos Lamanitas

8 comentários sobre “O Profeta Índio. Ou Joseph Smith?

  1. Essa igreja sairia da obscuridade e das trevas,ainda vai levar alguns séculos para que ela saia completamente das trevas e brilhe com toda intensidade para o mundo,por enquanto temos que nos acostumar com esses deslizes históricos,economicos,filosoficos e até doutrinários.

  2. Pingback: Spencer Kimball: O Dia dos Lamanitas | Vozes Mórmons

Deixe um comentário abaixo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.