Dallin Oaks: Apóstolos Censuram pela Fé

O Apóstolo Dallin Oaks admitiu, em entrevista pessoal, que uma das funções de um Apóstolo d’A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias é evitar que alguns fatos históricos, mesmo que verídicos, sejam conhecidos por membros da Igreja.

Dallin H Oaks

Em 1984 as historiadoras SUD Valeen Tippetts Avery e Linda King Newell publicaram uma excelente biografia acadêmica sobre a primeira esposa de Joseph Smith, Mormon Enigma: Emma Hale Smith, oferecendo uma visão ímpar do Profeta através dos olhos de sua mulher.

Enquanto a biografia recebeu vários prêmios de excelência, como o Prêmio Melhor Livro da Associação de História Mórmon, o Prêmio Melhor Livro da Associação Histórica John Whitmer, e o prestigioso Prêmio Evans para Biografias, as Autoridades Gerais da Igreja imediatamente instruíram líderes locais a proibir que as duas autoras, Avery e Newell, falassem em reuniões formais ou informais da Igreja.

Leia aqui sobre a importância da obra e os esclarecimentos de uma das autoras quase três décadas depois.

Quando uma das autoras foi, finalmente, entrevistada com seu marido pelos Apóstolos Dallin Oaks e Neal Maxwell sobre a publicação da biografia e sua censura oficial pelas autoridades, Oaks lhe explicou sua motivação pessoal:

“Meu dever como membro do Conselho dos Doze é proteger o que é mais original sobre a Igreja SUD, ou seja, a autoridade do sacerdócio, o testemunho a respeito da restauração do evangelho, e a missão divina do Salvador. Todo o resto pode ser sacrificado, a fim de se manter a integridade desses fatos essenciais. Assim, se Mormon Enigma revela informações que sejam prejudiciais para a reputação de Joseph Smith, então é necessário tentar limitar a sua influência e a de suas autoras.”

Oaks não foi o único Apóstolo a confessar que é preferível esconder verdades históricas para se manter a fé. Packer famosamente defendeu essa ideia diversas vezes (ver aqui, aqui, e aqui). Embora haja alguns que defendam maior transparência, alguns ainda mantêm-se firmes na ideia de que é melhor “proteger testemunhos” do que encarar verdades históricas.

Dos atuais Apóstolos, quais além de Oaks preferem esconder ou mentir para proteger a fé dos membros? E quais preferem ser mais transparentes e honestos com o passado da Igreja SUD?


Referência:
Newell, Linda K. “Epilogue: The Aftermath of the Biography of Emma Hale Smith” em ‘1992 Pacific Northwest Sunstone Symposium‘, áudio #J976.

7 comentários sobre “Dallin Oaks: Apóstolos Censuram pela Fé

  1. Ele disse: “o que é mais original sobre a Igreja SUD”

    Bem, não há nada de original na SUD, apenas um monte de mentiras e plágios que até eles estão precisando assumir agora mais do que nunca. Não são esses os líderes tão “inspirados” que adoram serem chamados de perfeitos, e que todos devem seguir o exemplo deles?!

Deixe um comentário abaixo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.