O que faz as pessoas se afastarem da Igreja?

Discutindo o assunto da baixa taxa de retenção de membro na Igreja SUD no Brasil, recebi os seguintes comentários de um amigo.

Comentários, não. Desabafo!

Eu gostaria de compartilhar publicamente essa carta que, ao meu ver, expressa bem algumas frustrações comuns entre SUDs no Brasil. Além disso, é honesta, bem humorada, positiva, e excelente início para uma discussão franca.

Ele apenas solicitou que lhe protegera a identidade, não por si, mas para evitar o risco de ferir os sentimentos dos membros de sua Ala ou Estaca.

PORQUE SE AFASTAM?

Alexandre Silva Mil
(pseudônimo)

O que faz as pessoas se afastarem da Igreja?

Esse é um tópico da maior importância, pois ao aborda-lo, talvez nos capacitemos a melhor ajudar outras pessoas.

A pergunta “o que faz as pessoas se afastarem da Igreja” é tão ampla que fica difícil eleger apenas uma resposta.

Coloco aqui algumas considerações pessoais, inteiramente baseadas nas minhas próprias impressões e na minha experiência anedotal. Não presumo expor considerações acadêmicas ou baseadas em pesquisas ou estudos sociológicos.

Primeiramente, noto que a Igreja apresenta-se mais como “empresa” que como entidade “espiritualista”. No dia que a Igreja mudar esse ar corporativo e passar a fornecer alguma coisa realmente espiritual para os membros, ao invés de ficar com esse número infindável de reuniões (focadas em análises de números e estatísticas) que mais parecem reuniões de “marketing-de-rede”; no dia em que a Igreja deixar de ser a Igreja da “diplomacia” e dos “delegados”, com certeza as pessoas não vão querer se afastar tanto.

A pergunta que se deve fazer aqui é o que as pessoas que deixam de ir a Igreja estão procurando lá fora e não encontraram aqui dentro? Com o quê elas se decepcionaram na Igreja?

É incrível como entra ano, sai ano, a inatividade na Igreja aumenta e os métodos continuam os mesmos! Não é preciso fazer um estudo muito aprofundado para se intuir o por quê das pessoas se afastarem, pelo ao menos aqui no Brasil. Basta frequentar uma capela por uns três meses que a maioria das pessoas vai, eventualmente, se desiludir.

A Igreja hoje não oferece espiritualidade em uma época em que as pessoas estão sedentas por espiritualidade. O cidadão entra pra Igreja, começa a frequentar aquele monte de reuniões chatérrimas, que só falam de números, que parecem reuniões de empresa, e junto a isso recebe um pacotão de tarefas que inclui: almoço para os missionários, limpeza das capelas, visitas de mestre familiar, e outros bônus mais. Daí um tempo ele começa a sacar, e aí vem a diplomacia que citei acima, uma ou duas famílias, usualmente as mais antigas na Igreja, se encarregam de ajudar os membros novos a se afastar. Uma ou duas famílias, lá do púlpito, começam a falar com voz mansa que temos que fazer isso, temos que fazer aquilo, temos que fazer mais aquilo outro, que o Senhor esta vendo tudo, e Ele vai cobrar um dia, etc., e além desses membros “antigos” não “pegarem no pesado”, começam com aquela estória de que desde que eles entraram para a Igreja “não sei quantas pessoas entraram e saíram”, mas eles e suas famílias ficaram firmes, e os “fracos” não aguentaram e se afastaram! E aí, tudo que parecia lindo e perfeito começa a cair por terra: você vê que a família do Presidente da Estaca é mais desorganizada que a sua, e mesmo assim os “líderes” delegam. É a Igreja dos “delegados e diplomatas”. Não raro em reuniões de liderança ouvi-se o seguinte: Olha, dá esse cargo para tal pessoa, que é membro novo, por que ele é “sangue novo” e ainda tá animado…

Não tem nada de sangue novo, é que o cara ainda tá fascinado com a imagem dos missionários, e ele demora um pouco pra sacar a jogada. Um pouco de gente dá um monte de ordens, faz um monte de reuniões, uma atrás da outra, manda o cara preparar reunião de integração, visitas isso e aquilo. É claro, somos uma Igreja que prometemos nada mais, nada menos que a eternidade da família. Claro, desde que o indivíduo goste de sua família e queira passar a eternidade com ela.

Uns demoram mais, outros demoram menos, mas cedo ou tarde percebem que toda essa “atividade” (já que a palavra aqui é “inatividade”) faz mais mal do que bem. O cara percebe que o Bispo, além de pedir o dízimo, pede também para ajudar a financiar a missão de alguém, e dai em pouco ele percebe que está sendo completamente sugado, não tem tempo de ficar com sua família, os membros de sua família que não são da igreja se tornam uma espécie de “os outros”, ai ele começa a ter algum problema, conversa com o Bispo e a receita é sempre a mesma: Quando não fala que ele é um portador do Sacerdócio e, portanto, tem que “aguentar firme ” por que alguém não sei onde e não sei quando caiu de uma carroça, morreu, foi atacado pelos índios, e que esses são os pioneiros e que ele também deve ser valente como os pioneiros; ou então manda ele orar, jejuar, e ler as escrituras. Então ele vê aquele líder, que lhe pediu dar do seu dinheiro pra financiar a missão de alguém, usar de alguma forma o dinheiro da Igreja e a “diplomacia” da Igreja para, com o dinheiro da Igreja, pagar um curso de inglês para um filho, arrumar uma bolsa na BYU pra outro filho, e o coitado do membro-novo não tem um Sábado pra passar com a família por que, quando não é missionário, é visita de mestre familiar, é limpeza de capela, é reunião de treinamento, etc. Ufa, eu já estou até cansado só de pensar em toda essa atividade!

E ainda nos perguntamos por que as pessoas se afastam da Igreja. Ainda temos a coragem (principalmente entre os membros antigos) e a covardia de falar que fulano saiu por que é fraco. Que aquela menina que ficou esperando 10 longos anos por um portador do Sacerdócio digno, e se casou fora da Igreja, fez isso por que não tem fé, por que não é fiel!

Sinceramente, esse assunto é muito serio e é cruel a maneira com a qual a liderança de diplomatas e delegados tratam essas pessoas. É por isso que as outras igrejas como a Batista, a Quadrangular, a Renascer, a Universal, o Espiritismo estão cada vez mais cheias. As pessoas chegam, ouvem que Jesus as ama, que a maldição da vida delas vai ser retirada AGORA, e não num futuro distante, numa eternidade incrivelmente inatingível. O cara não precisa entrar nessa espécie de “Big Brother”, no que a nossa Igreja se tornou, onde os próprios membros se encarregam de eliminar uns aos outros, onde a lista infindável de tarefas como Sacerdócio, missão, cargo, casamento no templo, visitas, etc., são pontos que contam pra você vencer o jogo!!!

Eu, como Mórmon, fico preocupadíssimo. Nossa Igreja tem que repensar varias coisas. Líderes da Igreja no Brasil, onde estão? Alguém aqui, por favor, pode repassar essa mensagem para a liderança da Igreja no Brasil, para que possam pensar e refletir em quais mudanças poderiam ser benéficas para a Igreja.

Todo mundo aqui sabe que a nossa Igreja não é uma Igreja de amor, não é uma Igreja de espiritualidade. Muitas vezes você chega em casa pior do que foi. Eu, que sou nascido na Igreja, e passei a minha vida inteira na Igreja, já encontrei maior espiritualidade em visitas a reuniões da Seicho-No-Ie, de igrejas evangélicas, e de igrejas espíritas, do que encontro todo Domingo nas minhas reuniões dominicais. Hoje em dia, você não encontra nenhuma espiritualidade numa reunião da Igreja Mórmon.

Será que precisamos, realmente, perguntar por que as pessoas se afastam???


Leia também

Conheça o luxuoso Shopping da Igreja Mórmon.

Entenda o processo inglês contra o Presidente Monson.

O que os Profetas e Apóstolos ensinaram sobre Sexo Oral?

Saiba como a Igreja Mórmon discrimina contra famílias LGBT.

Por que líderes  estão preocupados com a deserção dos jovens?

Quantos SUD há no Brasil? Como realmente cresce a Igreja SUD?

Resultados da pesquisa sobre membros de Igreja SUD que “perdem a fé”.


400 comentários sobre “O que faz as pessoas se afastarem da Igreja?

  1. por que se afastam?
    Resposta: porque acreditam nas indagações de todos os apostatas da igreja que mostram a doutrina de cristo como duvidosa e diferente do pensar filosofico e cientifico, isto é, nao tiram a trave do proprio olho antes de publicar algum artigo.

    Quero ver se vocês vão entrar em Sião no ano 2035! u.u

  2. Caros irmaos.
    O texto acima e relevante, porem o irmao xolocou slgumas coisas confusas.
    1 A igreja presera a familia, esse e o primeiro ponto
    Para maiores explicacoes, leia regras de fe e proclamacao a familia

    2 primeiro familia, depois trabalho, depois emprego
    3 reunioes sao necessarias
    4 ao servirmos estamos cumprindo um requisito doutrinario que sao as nossas obras
    5 ajudar alguem com sua missao e um ato de caridade, pois a experiencia que um jovem tem jamais dinheiro nenhum o fazera.
    6 quanto a usar dunheiro para pagar ingles do filho, existe uma auditoris trimestral para que nao ocorra isso e se o irmao tem CERTEZA deve denunciar
    7 a igreja tem um fundo que psga ate 30.000’00 para qualquer membro fazer faculdade, qualquer duvida procure na internet FUNDO PERPETUO DE EDUCACAO LDS
    8 sobre espiritualidsde, ficamos 3 horas na igreja recebendo conhecimento, servindo, compartilhando nosso testemunho e desenvilvendo nosso talento, como professor, falando em público em discursos, aprendendo a liderar, etc.
    10 algumas pessoas com o decorrer do tempo se transformsm, pois ao servir na igreja, alem do espiritual, se torna uma grande inclusao social.
    11 nas segundas feiras somos aconselhados A ficarem com nossas familias, falsndo do evangelho, demostrando amor, brincar com os filhos, conversar com todos sem tecnologia
    12 na sexta ou outro dia da semana, somos aconselhados a dar atencao total a nossa esposa
    13 alem do servico de visitas que e Yuri ma grande caridade
    14 e se estudam as escrituras, verao que o texto e apostasia pura
    15 se quiserem continuar com esses comentarios, fatalmente entrara na estatisticas de membros afastados

    Passei por coincidencia, nao visito eese tipo de site, espero ter exckarecido algumas coisas, porem somente atraves da leitura oracao terao esse testemunho

    Um grande abraco

  3. Na verdade o alto número de inativos nada tem a ver com falta de espiritualidade, mas sim de atitudes frias de muitos membros que não estão ligando para outros membros. Os membros, especialmente os mais novos, precisam de força e apoio dos membros para terem confiança em você. Se você usa palavras como:

    “Ah não é comigo, fala com Bispo”

    “Ah vai lá falar com João pois ele fala Inglês”(considerando uma situação que você fala português e o cara finge que não te entende ou quer excluir você).

    “Eu entendo que seu pai morreu, mas vamos jogar bola e comer bolo?”

    “Não seria melhor você cair fora do Brasil?” (considerando uma situação a qual o membro já falou diversas vezes os motivos de estar no país e ainda assim o membro inssistir em desanimar você).

    “Desculpa não podemos nos intrometer em seus problemas._Mas bispo é só uma assinatura, ela não vai comprometer a fama da igreja e não vai deixar a igreja em problemas, com assinatura ela vai poder ficar no país._Desculpa, não podemos. (Situação onde o membro é sincero e já tem demonstrado isso já a anos e mesmo assim o bispo trata como se fosse um estranho).

    Enfim, são várias frases e palavras que membros usam que muitas vezes deixam o membro a pensar:

    “Pensei que estava entrando em uma religião onde as pessoas ajudavam um ao outro. Então aquelas palavras do bispo na pia batismal era somente palavras jogadas no ar?”

    “Então já que não querem me ajudar, então vou trabalhar no domingo para conseguir dinheiro extra para conseguir o que quero. Patrão até tinha me convidado e acho que vou aceitar.”

    Simplesmente pensem e parem de fazer perguntas como se não soubessem das razões disso ocorrer. Muitas pessoas sairam da igreja por atitudes desrespeitosas contra elas. “Ah mas a igreja é verdadeira e os membros imperfeitos”. Certo, mas também lembrem que os que saem também não são perfeitos e não são obrigados a aturar ou perder tempo com pessoas que nem estão ligando para elas. Elas também tem seus afazeres e você tem que respeitar. Se você caro membro está preocupado com a frenquência, então pare de justificar seus erros e saiba pedir desculpas e respeitar.

    • Muito bom seu comentário, eles sempre dizem que a igreja é perfeita e os membros não apenas para justificar tudo de errado que acontece lá dentro, eles querem que o povo frequente e se cerque daquelas pessoas que só desrespeitam elas e não tem nenhuma caridade por ninguém, só sabem mandar rezar, sentir um calorzinho e pronto, tudo para eles se resolve, mas caso continue a culpa é só sua, você não tem fé. Cada dia que passa percebo que essa igreja passa longe dos ensinamentos que diz pregar. Todos só querem saber de se dar bem em cima dos outros e o mais forte sobrevive.

  4. Blog mixuruca de pessoas que não tem força espiritual para guardar os mandamentos por isso tentam colocar a culpa na igreja ou em outras pessoas. Querem barbada vão para a católica. Depois no último dia veremos quem estava certo.

    • André Meneses, que bom que você tem força espiritual certo?
      Se você gosta de ser humilhado, desrespeitado, e ser alvo de chacota por demais membros, então sinta a vontade de ficar ai. Infelizmente ou felizmente outros não tem esse “dom” de ser paciente com pessoas ignorantes e preferem seguir a Deus a sua maneira.

      Se você está satisfeito em ver a igreja SUD estagnada e sem real progresso, então fique a vontade de permanecer nesse pensamento. Enquanto isso os “fracos” como vocês chamam vão conseguindo seus objetivos e progredindo.

      abraços!

      • Nós não devemos seguir DEUS à nossa maneira, mas sempre “seguir à DEUS Á MANEIRA DE DEUS”

      • Ananias,

        Sinto muito tranquilo no que falo e comento. Cada um sabe o que quer da sua religião. Como já disse, se você sente feliz em ver a igreja SUD estagnada e sem crescimento espiritual e física, então tudo bem. Não há necessidade de se incomodar com nossos comentários. abs!

    • Ananias; enquanto pessoas continuarem a pensar que os que se afastaram são fracos e sem fé, a igreja SUD continuará estagnada por um bom tempo. Mas, se você gosta de manter seu orgulho acima da razão, então fique a vontade de pensar assim.

      • Irmão Hico.
        Eu não somente acredito, mas eu SEI que a Igreja é de Jesus Cristo e se há falhas e com certeza há muitas, são “nos homens” que não querem colocar a vontade de Deus acima de todas as coisas( inclusive acima de suas próprias vontades.

  5. Irmão Hico.
    Eu não sou um membro movido pelo entusiasmo, mas tenho uma história de escrutínio e muita ponderação racional acerca do evangelho tanto na Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Ultimos Dias como em várias outras denominações evangélicocristãs ou não cristãs. Eu sei discernir entre os frutos do Espírito Santo e simples imitações de nosso inimigo comum, e também consigo discernir ou diferenciar os frutos do Espírito Santo de minhas emoções humanas. Espero ter sido claro e oro pelo seu esclarecimento.
    Com amor seu pequeno irmão, Ananias

  6. Meu amigo, se você frequenta as reuniões da igreja e não encontra espiritualidade, reveja a forma como você vai à igreja pois dificilmente estará buscando a espiritualidade, não tem como encontrar aquilo que não se procura, eu encontro espiritualidade a cada reunião, o espírito está presente mas quem não está próximo a ele ou busca escutar seus sussurros nunca vai encontrá-lo, eu sei que essa é a Igreja de Cristo, não é uma igreja de domingo, ela nos mostra o padrão de vida que o Seu nos ensinou e que o Pai Celestial quer de nós, o presidente Monson falou em seu discurso que devemos buscar o caminho estreito e difícil ao invés do largo e fácil, não estamos aqui para não realizar nenhuma obra, a fé sem obras é morta. Se o bispo da sua ala usa indevidamente o dinheiro da igreja, passe a situação para o presidente da estaca, em minha ala só vejo o dinheiro sendo usado para ajudar os membros e não membros necessitados, tudo que é utilizado deve ter a prestação de contas feita.

  7. Vou lhes dizer o que vi duas vezes qdo visitei uma Capela no RJ, na região lá da Costa Verde. E vou dizer-lhes tb o que uma pessoa sensata, enfastiada de tanto ver mesmices e os absurdos dentro dos caixões evangélicos (que se dizem ‘espertamente’ cristãos, mas seguem mesmo é o farsesco ‘paulo’ ) espalhados pelo Brasil. Na primeira não era dia de domingo, apenas o portão estava aberto, e entrei para ver a arquitetura da capela e falar com alguém, já que havia carros no pátio. Ía saindo qdo um carro estacionou; saíram um rapaz, uma mocinha, e uma pessoa adulta. Não pareciam Mórmons, mas gente crente, o jeito ressabiado era todo desse pessoal evangélico, não propiciavam bem-estar como gente. Não sorriram, não perguntaram nada, e incrivelmente até se afastaram, visivelmente não cordiais, e COM MEDO, e por certo com uma ponta de desdém; que se revelou quando me dirigi ao grupo e pedi uma informação (trajava roupa muito simples, estava vindo de um supermercado perto de casa). Então aqui vai uma dica: Mórmons não são ‘evangélicos’, são Santos dos Últimos Dias; portanto, cabe terem noção disso, e não temerem à toa as pessoas; pois supõe-se que no mínimo tenham o que se chama ‘espírito santo’. Ademais, não cabe se sentirem ‘protegidos’ por ‘cãmeras’; qualquer instalação Mórmon tem proteção potentíssima de um Anjo, que é o mesmo que anunciou sobre a Igreja SUD na sua fundação. Deparar-se com Mórmons com o ‘formato’ horrível dos crentes é uma decepção, é desalentador. Na segunda era dia de domingo. Aí sim, vesti-me desarrumado, de propósito (pois já havia sido barrado em um caixão evangélico lá pela cidade do RJ — onde até identidade foi requerida, não sei pra quê quereriam um número de identidade de uma pessoa que teve o infortúnio de bater na porta de uma igrejaula). Mesmo assim não sou o tipo que assusta, é notável em mim um ar de cordialidade (só facínoras temem a seriedade natural de um homem simples). Desta vez até que o adulto de idade foi educado, e dispôs a entrada no hall maior de reuniões (pois há salas ajeitadas de bonitas na Capela — que vi pelo lado de fora, pelas vidraças laterais). Sentei-me lá no último banco e notei poucos lá (é até agradável isto, pois sente-se conforto em não estar em um ambiente abarrotado de gente). Mas não sei por que razão o microfone não funcionava, e não se ouvia praticamente NADA do que se dizia, nem o que uma moça disse (parecia emocionada), etc. Mas o negão lá sentado perto do púlpito com aquele olho de soslaio era de afugentar qualquer visitante; pior é que o mesmo ‘ilustre’ foi o único audível pra falar de quê? Do raio do dízimo e de um tal ‘pacote’ pra enfiar dinheiro, se fazendo bastante ‘informativo’; “enfático”. Seria apropriado que a Liderança Mórmon instasse aos seus dirigentes e assessores que só tratassem sobre dízimo nas salas próprias aos membros e não em recinto em horário de visita. É deselegante, impróprio mesmo. E, caros Mórmons, a Igreja Mórmon não é lugar de ‘politicagem correta’, e sim, pelo que leio, é lugar de ‘inspiração’, ou seja, não se ocupa cargo sem a pronta inspiração divina. Aquele Anjo que guarda a Igreja — acho que o nome dele é Moroni — com certeza tem zelo ao cuidar disso. O escurão sorumbático lá estava jogando contra, e fazendo um belo serviço pras igrejaulas da vizinhança da cidade (teria ele a ver com aquele outro ‘mano’ — tingido à rigor — que se apressou a entrar trajando calça preta e gravata vermelha?). O ‘formato’ e a ‘intenção’ de sujeitos enfronhados na Igreja não torna os SUDs admiráveis como são pra ser. Mórmons, Mórmons, tomem tento, esta Igreja não é qualquer lugar .. Tomem tento os que estão pisando aí com miolo distorcido, e fingimento de coração .. Esse é um lugar Celestial.

Deixe um comentário abaixo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.