O que faz as pessoas se afastarem da Igreja?

Discutindo o assunto da baixa taxa de retenção de membro na Igreja SUD no Brasil, recebi os seguintes comentários de um amigo.

Comentários, não. Desabafo!

Eu gostaria de compartilhar publicamente essa carta que, ao meu ver, expressa bem algumas frustrações comuns entre SUDs no Brasil. Além disso, é honesta, bem humorada, positiva, e excelente início para uma discussão franca.

Ele apenas solicitou que lhe protegera a identidade, não por si, mas para evitar o risco de ferir os sentimentos dos membros de sua Ala ou Estaca.

PORQUE SE AFASTAM?

Alexandre Silva Mil
(pseudônimo)

O que faz as pessoas se afastarem da Igreja?

Esse é um tópico da maior importância, pois ao aborda-lo, talvez nos capacitemos a melhor ajudar outras pessoas.

A pergunta “o que faz as pessoas se afastarem da Igreja” é tão ampla que fica difícil eleger apenas uma resposta.

Coloco aqui algumas considerações pessoais, inteiramente baseadas nas minhas próprias impressões e na minha experiência anedotal. Não presumo expor considerações acadêmicas ou baseadas em pesquisas ou estudos sociológicos.

Primeiramente, noto que a Igreja apresenta-se mais como “empresa” que como entidade “espiritualista”. No dia que a Igreja mudar esse ar corporativo e passar a fornecer alguma coisa realmente espiritual para os membros, ao invés de ficar com esse número infindável de reuniões (focadas em análises de números e estatísticas) que mais parecem reuniões de “marketing-de-rede”; no dia em que a Igreja deixar de ser a Igreja da “diplomacia” e dos “delegados”, com certeza as pessoas não vão querer se afastar tanto.

A pergunta que se deve fazer aqui é o que as pessoas que deixam de ir a Igreja estão procurando lá fora e não encontraram aqui dentro? Com o quê elas se decepcionaram na Igreja?

É incrível como entra ano, sai ano, a inatividade na Igreja aumenta e os métodos continuam os mesmos! Não é preciso fazer um estudo muito aprofundado para se intuir o por quê das pessoas se afastarem, pelo ao menos aqui no Brasil. Basta frequentar uma capela por uns três meses que a maioria das pessoas vai, eventualmente, se desiludir.

A Igreja hoje não oferece espiritualidade em uma época em que as pessoas estão sedentas por espiritualidade. O cidadão entra pra Igreja, começa a frequentar aquele monte de reuniões chatérrimas, que só falam de números, que parecem reuniões de empresa, e junto a isso recebe um pacotão de tarefas que inclui: almoço para os missionários, limpeza das capelas, visitas de mestre familiar, e outros bônus mais. Daí um tempo ele começa a sacar, e aí vem a diplomacia que citei acima, uma ou duas famílias, usualmente as mais antigas na Igreja, se encarregam de ajudar os membros novos a se afastar. Uma ou duas famílias, lá do púlpito, começam a falar com voz mansa que temos que fazer isso, temos que fazer aquilo, temos que fazer mais aquilo outro, que o Senhor esta vendo tudo, e Ele vai cobrar um dia, etc., e além desses membros “antigos” não “pegarem no pesado”, começam com aquela estória de que desde que eles entraram para a Igreja “não sei quantas pessoas entraram e saíram”, mas eles e suas famílias ficaram firmes, e os “fracos” não aguentaram e se afastaram! E aí, tudo que parecia lindo e perfeito começa a cair por terra: você vê que a família do Presidente da Estaca é mais desorganizada que a sua, e mesmo assim os “líderes” delegam. É a Igreja dos “delegados e diplomatas”. Não raro em reuniões de liderança ouvi-se o seguinte: Olha, dá esse cargo para tal pessoa, que é membro novo, por que ele é “sangue novo” e ainda tá animado…

Não tem nada de sangue novo, é que o cara ainda tá fascinado com a imagem dos missionários, e ele demora um pouco pra sacar a jogada. Um pouco de gente dá um monte de ordens, faz um monte de reuniões, uma atrás da outra, manda o cara preparar reunião de integração, visitas isso e aquilo. É claro, somos uma Igreja que prometemos nada mais, nada menos que a eternidade da família. Claro, desde que o indivíduo goste de sua família e queira passar a eternidade com ela.

Uns demoram mais, outros demoram menos, mas cedo ou tarde percebem que toda essa “atividade” (já que a palavra aqui é “inatividade”) faz mais mal do que bem. O cara percebe que o Bispo, além de pedir o dízimo, pede também para ajudar a financiar a missão de alguém, e dai em pouco ele percebe que está sendo completamente sugado, não tem tempo de ficar com sua família, os membros de sua família que não são da igreja se tornam uma espécie de “os outros”, ai ele começa a ter algum problema, conversa com o Bispo e a receita é sempre a mesma: Quando não fala que ele é um portador do Sacerdócio e, portanto, tem que “aguentar firme ” por que alguém não sei onde e não sei quando caiu de uma carroça, morreu, foi atacado pelos índios, e que esses são os pioneiros e que ele também deve ser valente como os pioneiros; ou então manda ele orar, jejuar, e ler as escrituras. Então ele vê aquele líder, que lhe pediu dar do seu dinheiro pra financiar a missão de alguém, usar de alguma forma o dinheiro da Igreja e a “diplomacia” da Igreja para, com o dinheiro da Igreja, pagar um curso de inglês para um filho, arrumar uma bolsa na BYU pra outro filho, e o coitado do membro-novo não tem um Sábado pra passar com a família por que, quando não é missionário, é visita de mestre familiar, é limpeza de capela, é reunião de treinamento, etc. Ufa, eu já estou até cansado só de pensar em toda essa atividade!

E ainda nos perguntamos por que as pessoas se afastam da Igreja. Ainda temos a coragem (principalmente entre os membros antigos) e a covardia de falar que fulano saiu por que é fraco. Que aquela menina que ficou esperando 10 longos anos por um portador do Sacerdócio digno, e se casou fora da Igreja, fez isso por que não tem fé, por que não é fiel!

Sinceramente, esse assunto é muito serio e é cruel a maneira com a qual a liderança de diplomatas e delegados tratam essas pessoas. É por isso que as outras igrejas como a Batista, a Quadrangular, a Renascer, a Universal, o Espiritismo estão cada vez mais cheias. As pessoas chegam, ouvem que Jesus as ama, que a maldição da vida delas vai ser retirada AGORA, e não num futuro distante, numa eternidade incrivelmente inatingível. O cara não precisa entrar nessa espécie de “Big Brother”, no que a nossa Igreja se tornou, onde os próprios membros se encarregam de eliminar uns aos outros, onde a lista infindável de tarefas como Sacerdócio, missão, cargo, casamento no templo, visitas, etc., são pontos que contam pra você vencer o jogo!!!

Eu, como Mórmon, fico preocupadíssimo. Nossa Igreja tem que repensar varias coisas. Líderes da Igreja no Brasil, onde estão? Alguém aqui, por favor, pode repassar essa mensagem para a liderança da Igreja no Brasil, para que possam pensar e refletir em quais mudanças poderiam ser benéficas para a Igreja.

Todo mundo aqui sabe que a nossa Igreja não é uma Igreja de amor, não é uma Igreja de espiritualidade. Muitas vezes você chega em casa pior do que foi. Eu, que sou nascido na Igreja, e passei a minha vida inteira na Igreja, já encontrei maior espiritualidade em visitas a reuniões da Seicho-No-Ie, de igrejas evangélicas, e de igrejas espíritas, do que encontro todo Domingo nas minhas reuniões dominicais. Hoje em dia, você não encontra nenhuma espiritualidade numa reunião da Igreja Mórmon.

Será que precisamos, realmente, perguntar por que as pessoas se afastam???


Leia também

Conheça o luxuoso Shopping da Igreja Mórmon.

Entenda o processo inglês contra o Presidente Monson.

O que os Profetas e Apóstolos ensinaram sobre Sexo Oral?

Saiba como a Igreja Mórmon discrimina contra famílias LGBT.

Por que líderes  estão preocupados com a deserção dos jovens?

Quantos SUD há no Brasil? Como realmente cresce a Igreja SUD?

Resultados da pesquisa sobre membros de Igreja SUD que “perdem a fé”.


415 comentários sobre “O que faz as pessoas se afastarem da Igreja?

  1. A questão inicial é o que faz as pessoas se afastarem da igreja?

    Em minha humilde opinião são diversos os motivos:

    1- A igreja se proclama a única igreja verdadeira sobre a face da terra, entretanto oculta em inverdades sua própria história. (Isso surpreende e decepciona)
    2- Lideres que se proclamam profetas para o mundo, porem vemos erros primários e condenáveis para qualquer pessoa que se proclame representante de D’us… Como por exemplo desposar mulheres casadas, caso de Joseph Smith, que ninguém refutou neste portal… (Isso é uma infeliz descoberta, não que desejemos ser puritanos, mas porque arranha a imagem que se tenta manter de conduta irrepreensível diante de D’us)
    3- Porque muitos lideres tem conhecimento “zero” de escrituras e nas conferências de estaca submetem seus ouvintes a histórias pessoais horripilantes (não que causem arrepios por causa da espiritualidade, mas causam arrepios devido a falta de veracidade muitas das vezes.) Isso ocorre também nas aulas da escola dominical em algumas alas… As pessoas simplesmente “acham” que as pessoas vão lá para ouvirem historias pessoais ridículas. (Isso chega a ser hilario e desolador, as pessoas vão a igreja para ouvirem doutrina, não histórias pessoais)
    4- Muitos membros têm atitudes muito ruim… Um caráter fraco e um puxa saquismo profuso principalmente sobre os mais abastados… (Desculpem a chuleza da afirmação, mas muitos ficam disputando qual testículo irão apalpar.) Muita gente ao ver pessoas simples nas ruas sequer cumprimentam… Nas reuniões não falam com as pessoas, e quando viram estatística de afastamento, fazem aquele mutirão de visita para reativar o membro… (Não seria muito mais fácil cuidar na época correta?)
    5- Boa parte dos membros não tem uma educação refinada, não gostam de limpar a capela, gostam de comer, de limpar não… Logicamente para membros mais refinados isso pode ser altamente motivador para afastamento porque quem gosta de ficar perto do quem é gulosinho e sugismundo?
    6- Minha grande cruzada é contra quem não prepara aulas para ED… (ou discursos) … E ainda usa a desculpa de que todos são voluntários na igreja… Perfeição é mandamento… E não me venham com a história de que as pessoas se afastam por falta de testemunho… O testemunho é minado a cada reunião por membros que se acham salvos… Membros que não conhecem absolutamente nada da história da igreja…
    Eu poderia citar muito mais exemplos de motivadores de afastamento… Mas minha conclusão principal reside no fato de a igreja ocultar sua história…
    Shalom a todos

  2. Qual e a igreja verdadeira do cordeiro de Deus? pela definicao dada pelo propio Senhor em D&C, a verdadeira Igreja somos nos, todos nos filhos de Deus quando arrependemos e somos santificados pelo Espirito. ” Eis que essa e a minha doutrina: Aquele que se arrepende e vem a mim, ESSE e a minha IGREJA” (D&C 10:67) Fica claro que se uma pessoa frequenta a igreja nao verdadeira, ou seja o edificio, o predio, a casa, o templo etc… e nao se arrepende e vem ao Senhor ela nao e a verdadeira igreja do Cordeiro independente de onde se reune, por outro lado se uma pessoa nao frequenta os edificios religiosos sejam eles qual forem mas em seu coracao ela se arrepende e vem a Cristo, ela passa a ser a Verdadeira Igreja. Isso que os Profetas tem tentado ensinar por toda a historia da humanidade. Quando Lehi tirou sua familia da terra de Jerusalem, as pessoas estavam consumidas com religiao, elas seguiam os rituais e ordenancas de acordo com a lei de Moises mas haviam deixado de ser a verdadeira Igreja ha algum tempo.

  3. o reino celestial a pra todos. mais nem todos são para esta no reino celestial com a pai celestial, nem todos são dignos pra esta lá.

    • Sabe irmã eu acho indigno escrever errado, mas as vezes escrevo, creio que as pessoas notam um esforço quando desejamos e buscamos fazer coisas corretamente…
      Agora quem a colocou como juíza dos outros? Ou a irmã faz parte do grupo que acredita ter mais dignidade que outros? Porque estou perguntando isto? (Porque pode parecer que estou julgando a irmã)… (Ou que sou perfeito e não faço julgamentos) Nenhuma coisa nem outra… Mas a sua opinião colocada desta forma dá a entender que as pessoas que se afastam são menos dignas e por isso não mereçam o reino dos céus… Pois é esta a temática que estamos discutindo aqui…
      As pessoas se afastam até por opiniões como esta…
      Na igreja alguns que já se julgam salvos, sabe-se lá porque, talvez porque vão ao templo todos os meses, porque tem um cargo de destaque na ala ou estaca, porque tem mais condições financeiras e por isso são mais paparicados para cargos e posições de destaque… Pois estes mesmos às vezes ofendem, posicionam-se como carteiraços, acham que estão acima da lei…
      O ofendido as vezes se afasta, e mais tarde fazem uma reunião tentam reativar, porque o reino do céus é para todos… Mas como aquele pobre manteve consigo a ofensa, nele permaneceu o pecado maior e por isso talvez não seja digno de entrar no reino… O ofensor muitas vezes sequer pede desculpas por sua ofensa (afinal cabe ao ofendido testar sua fé e perdoar) este pousa de Salvo dos Últimos Dias, quem irá questionar, afinal está no templo todos os meses, paga o dizimo, tem uma boa posição social e financeira, aos olhos dos homens tem uma conduta ilibada e nós reputamos como o fazem os protestantes que seja digno e abençoado… (E como os protestantes vendo seus bens materiais acreditamos que sobre estes estão as bênçãos e a graça de D’us) [nota: os protestantes acreditam que as pessoas são salvas pela graça e uma evidência da graça é se a pessoa tem bênçãos materiais, por isso tanto banqueiros apoiaram o Calvinismo], mas não somos protestantes e ato continuo não deveríamos pensar como eles. Isso (essa forma de pensar) também pode potencialmente ser vetor de afastamentos, entretanto dizemos que aquele que se afasta não tem fé ou testemunho, consequentemente se afasta e por uma lógica insana que não tem dignidade e como não tem dignidade não pode entrar no reino dos céus.
      Triste isso não acha? Porem o Cristo no qual a maioria dos mórmons acredita diz que deveríamos dar vida aos homens, [“Indo estes, entraram num povoado samaritano para lhe fazer os preparativos; mas o povo dali não o recebeu porque se notava em seu semblante que ele ia para Jerusalém. Ao verem isso, os discípulos Tiago e João perguntaram: ‘Senhor, queres que façamos cair fogo do céu para destruí-los? ’ Mas Jesus, voltando-se, os repreendeu, dizendo: ‘Vocês não sabem de que espécie de espírito são, pois o Filho do homem não veio para destruir a vida dos homens, mas para salvá-los’; e foram para outro povoado” (Lc 9:51-56)]
      Triste porque me parece que pelo ensinado em Lc 9:51-56 nós deveríamos dar vida a estas pessoas, restaurar-lhes a dignidade que supomos não possuírem… Formando desta maneira um arcabouço de obras, pois sem obras nenhum de nós vai ao reino dos céus.

      Shalom

      • silvionu, sobre os seus comentários acercar do Calvinismo, sugiro que se informe melhor. O fato de o calvinismo valorizar, sim, o trabalho árduo, não quer dizer que o cristão pode simplesmente ficar juntando dinheiro em casa e ostentando. Como explica o pro´prio Calvino num sermão baseado em Deuteronômio 24.19-22:

        “Da mão de Deus tens tu o que possuis. Tu, porém, deverias usar de humanidade para com aqueles que padecem necessidades. És rico? Isso não é para teu bel prazer. Deve a caridade faltar por isso? Deve ela diminuir? Não está ela acima de todas as questões do mundo? Não é ela o vínculo da perfeição?”

        Ou ainda neste trecho de um sermão baseado em Amós 8.5:

        “Condena o Profeta a estes ladrões e assaltantes que lhe parecia deterem o poder de oprimir a gente pobre e o pequeno trabalhador, uma vez que eram eles que tinham grande abundância de trigo e grãos;… é o mesmo como se cortassem a garganta dos pobres, quando os fazem assim sofrer fome.”

        Assim sendo, respeito totalmente o seu direito de criticar qualquer coisa no Calvinismo, nas igrejas reformadas e no que mais quiser criticar. Mas, em nome de Jesus, vamos fazer isso com o mínimo de embasamento.

  4. Sintomas de Síndrome do pânico

    O ataque de pânico começa de repente e, na maioria das vezes, atinge seu ápice dentro de 10 a 20 minutos. Alguns sintomas podem continuar por uma hora ou mais. Um ataque de pânico pode ser confundido com um ataque cardíaco.
    Adam Pânico pode ser confundido com ataque cardíaco

    Os ataques de pânico podem incluir ansiedade por estar em uma situação da qual seria difícil escapar (como estar no meio de uma multidão ou viajando em um carro ou ônibus).

    Uma pessoa com síndrome do pânico muitas vezes vive com medo de ter outro ataque e também pode ter medo de estar sozinho ou longe da ajuda médica.

    As pessoas com síndrome do pânico têm pelo menos quatro dos seguintes sintomas durante um ataque:

    Dor no peito ou desconforto
    Tontura ou desmaio
    Medo de morrer
    Medo de perder o controle ou de uma tragédia iminente
    Sensação de engasgar
    Sentimentos de indiferença
    Sensação de estar fora da realidade
    Náuseas ou mal-estar estomacal
    Dormência ou formigamento nas mãos, nos pés ou no rosto
    Palpitações, ritmo cardíaco acelerado ou taquicardia
    Sensação de falta de ar ou sufocamento
    Suor, calafrios ou ondas de calor
    Tremores

    Os ataques de pânico podem alterar o comportamento em casa, na escola ou no trabalho. As pessoas com a síndrome do pânico muitas vezes se preocupam com os efeitos de seus ataques de pânico.

    As pessoas com essa síndrome podem ter sintomas de:

    Alcoolismo
    Depressão
    Abuso de drogas

    Os ataques de pânico não podem ser previstos. Pelo menos nos estágios iniciais do transtorno, não há nada específico que desencadeie o ataque. Lembrar de um ataque anterior pode desencadear ataques de pânico.

  5. Que menesagem fantástica! De verdade!!!

    Quero deixar agora minha opinião pessoal do motivo dos nossos queridos irmãos deixarem de frequentar nossas alas e ramos:

    O Salvador ensinou que há 3 grupos de inativos:
    1. O Grupo da Centésima Ovelha: aquela que afastou-se porque considerou que haviam pastagens mais verdes e nutritivas em outro lugar, pode ser o caso do fabuloso texto acima, as pessoas se afastam por sentirem ausência de espiritualidade na Igreja.

    2. O Grupo da Dracma Perdida: aquela que afastou-se por descuido da mulher, pela falta de zelo cuidado seu valor juntou-se a poira dos cantos escondidos de sua casa.

    3. O Grupo dos Filhos Pródigos: aqueles que por sua decisão deviaram-se, são inteligentes, astutos e instruídos, porém são orgulhos, não voltam por causa de visitas ou convites, eles não querem ser esclarecidos, nem voltar atrás em suas decisões, o Salvador disse que voltaram para casa sozinhos depois de comerem a lavagem dos porcos.

  6. Texto muito bom, Mas só pra lembrar além dito que foi dito ser verdade, Jesus Cristo ensinou que que essas coisas aconteceriam, Isso é fato, 1 Néfi 14:12 E aconteceu que vi a igreja do Cordeiro de Deus e seu número era apequeno, por causa das iniqüidades e abominações da prostituta que se assentava sobre muitas águas; não obstante, vi que a igreja do Cordeiro, que eram os santos de Deus, estava também sobre toda a face da Terra; e seu domínio sobre a face da Terra era pequeno, devido à iniqüidade da grande prostituta que eu vi.E em Mateus 7:14 E porque estreita é a porta, e apertado o caminho que leva à vida, e poucos há que a encontrem.
    Então olhando através dessa ótica é mais compreensível entender o que acontece em nossas alas hoje, Um monte de abestado como se diz aqui no Ceará, querendo ensinar o que eles talvez precisem mais do que nós, gosto muito dos ensinamentos da igreja, Principalmente no que se refere a familia, Já fui empolgado com as atividades da igreja, Hoje ainda sou, só que de outra maneira, trato da melhor maneira e forma possível minha esposa e meus filhos, Sou gentil com os membros, tanto os “Dinossauros” da igreja como “Os bebês”, Tenho uma posição firme em relação a Igreja como sendo a única igreja verdadeira, Quanto a relação de sentir o espirito nas reuniões, Podemos ajudar outras pessoas a se familiarizarem mais com os sussurros do Espírito ao compartilharmos o testemunho da influência do Espírito Santo em nossa vida.Não sei se isso acontece com vocês, Mas de vez em quando, uma vez ou outra, escuto de alguém que é tão bom conversar comigo a respeito de assuntos do Evangelho, Não estou afirmando que estou a ponto de ser transladado, Mas como eu enxergo a vida positivamente, Quantos aos líderes o Salvador escolheu o mais brabo de todos, Onde a delicadeza e a educação passava era longe dele, Mesmo assim ele o transformou em seu sucessor. O marco é cristo, “abestados” e defeitos vamos ver isso em todo lugar, Mas o que vai contar no último dia será como nos suportamos essas coisas. Adorei esse blog. Continue escrevendo mais assuntos para refletirmos.

  7. Sei com perfeito conhecimento, pois fui missionário. Que ninguém se filiou a esta igreja ou batizou-se nela. Sem o fazer, por livre escolha. Pelas suas próprias bocas! Testificaram crer na restauração do evangelho por meio de Joseph Smith na veracidade do livro de Mormon enfim. E principalmente, que foi dado instrução de orar e perguntar a Deus com firme propósito se estas coisas não são verdadeiras. E que se eles perguntassem, com um coração sincero e humilde, Deus os faria saber a verdade dessas coisas por meio do Espirito Santo. Logo, se hoje alguém crê é por estes princípios e se não o crê é porque não compreendeu, esta doutrina e confessou falsamente na entrevista do batismo. De qualquer forma, foi por escolha ninguém é forçado a crer nesta restauração. (Pelo menos este é o método de Jesus Cristo) . Agora, sei também que nem todos que são chamados são escolhidos. E porque não o são escolhidos? Porque os seus corações estão nas paixões e glórias do mundo… (fixos) Acho que o engano é os membros pensarem que pelo simples fato de serem batizados e receberem o Dom do Espirito Santo já estão prontamente qualificados para exaltação e vida eterna, testemunho e perfeição. Gosto muito de uma passagem de Joseph Smith que ele falou -“Se um homem diz que conhece o que não tocou , fala falsamente…” Qual seria então o propósito? -“Conhecer a tí como único e verdeiro Deus e a Jesus Cristo a quem enviaste…” Este é o trabalho de nosso Pai Celestial. Eu confesso, errei muitas vezes… caí no engano, tive que me levantar sacudir as sujeira dos joelhos e recomeçar a caminhar… Sou grato por saber o que Deus me permitiu saber, mas ainda tenho muito para aprender sobre a sua doutrina…

    • Irmão a igreja precisa de pessoas cumpridoras do evangelho…use a sua missão para suas experiências pessoais…existem vários outros que não o testemunho que faz alguém se batizar e se vc fez missão sabe disso melhor que eu

  8. Sabemos que a Igreja é para nos fortalecer e edificar na fé em Jesus Cristo, assim como na vida temos muitas obrigações e deveres diariamente para podermos desfrutar de nossos resultados, também na Igreja é a mesma coisa, acordamos cedo, levamos as crianças na escola, preparamos nossas refeições , vamos as compras, estudamos, trabalhamos, nos reunimos, fazemos exercício , etc, etc, podemos fazer o melhor ou não, ter bons resultados vai depender de nossa capacidade e esforço , é uma constante batalha, assim é também na Igreja, não podemos só ir aos domingos e ficar sentados escutar um sermão e pronto, cader a oportunidade para crescer e desenvolver ? E na vida se fosse assim também ? Todas as reuniões, tarefas, é para nosso crescimento, amo meu Salvador e tenho a Igreja como meu porto seguro, sou membro a 35 anos, ex missionário, casado a 30, 3 filhos lindos, uma casada no templo, sou muito feliz com minha família , constumo dizer, que é mais fácil viver nessa terra sendo mormon , sei que Cristo vive e sua Igreja está estabelecida na terra, A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

  9. Sou membro da igreja a muito anos e percebo no blog e em muitos comentários, total falta de espírito.
    É um termômetro: se tenho o espírito, sou positivo, faço acontecer, visito, ajudo a limpar capela, participo de reuniões que visam o bem estar dos demais e realmente, é muita coisa, porém, como tudo isso faz bem.
    Sou bispo, tenho 3 filhos, passeio e viajo com minha família, trabalho muito, faço mestrado, visito, limpo capela, etc. – Administração do tempo.
    Não entendi muito bem se o editor e frequentadores do blog são membros ativos da igreja – mais parece que não – e se são, é bem provável que em breve não serão.
    Opinião pessoal, o blog não edifica e não fortalece. Você aprende nas reuniões com o espirito que vai 0 o que vai buscar. Da mesma forma uma faculdade, escola ou curso – se vou sem desejo, só fico ouvindo, não faço nada para contribuir, vou achar uma chatice e logo vou desistir/parar.

  10. Eu me batizei na Igreja a 16 anos, passei mais ou menos 2 anos ativa e comecei a sofrer perseguição de uma moça da Igreja por ela ter ciumes do namorado, mas eu nem olhava pra ele, falei com minha amiga que havia me levado e ela com a presidente da sociedade de socorro e a garota não parava, um dia me cansei e parei de ir, passei 7 anos afastada, mas sempre tinha o desejo de voltar, assim voltei casei com o meu companheiro, tive meu bb estava me preparando para ir ao templo, mas tive que mudar de estado e fiquei morando em uma cidade que não tinha nem um ramo, passei 4 anos afastada, voltei a minha cidade e voltei para a igreja, não pretendo me afastar, pretendo seguir firme, mas encontro os mesmos problemas de antes, olhares distantes, antipáticos e comportamento ríspido, porque meu filho não tem o costume de estar na igreja, ainda esta em adaptação a todas as regras, mas sinceramente algumas pessoas agem sem amor para ensinar ou falar o que é necessário. 😦

Deixe um comentário abaixo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.